agencia

Notícias

Quinta-feira, 24/05/2018 - 17h37

Estudantes do Núcleo de Altas Habilidades da Prefeitura apresentam projetos no Scratch Day

Evento é uma iniciativa da comunidade tecnológica e educacional de todo o mundo no qual estudantes mostram jogos, animações e programas interativos através da linguagem gráfica de programação conhecida como Scratch

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Alunos do Núcleo de Altas Habilidades durante apresentação dos projetosEstudantes do Núcleo de Enriquecimento para Estudantes com Características de Altas Habilidades/Superdotação (NEECAHS), comemoraram nesta quinta-feira (24), o 1º Scratch Day de São Luís. O Scratch Day é uma iniciativa da comunidade tecnológica e educacional de todo o mundo para se comemorar o aniversário do mascote Scratch. Neste mês de maio várias pessoas ao redor do mundo apresentaram nos eventos de suas cidades projetos, conhecimentos e aprenderam novas técnicas, umas com as outras.

O Scratch é software livre e gratuito desenvolvido pelo Instituto Tecnológico de Massachussets (MIT), experiente no desenvolvimento de ferramentas educativas para crianças na idade escolar e pelo grupo Kids, da Universidade de Califórnia, Los Angeles.

O titular da Secretaria Municipal de Educação, Moacir Feitosa, destacou que ações como esta fortalecem o aprendizado dos estudantes. "O Scratch ajuda os jovens a pensarem de forma criativa, a raciocinar sistematicamente e a trabalhar em sintonia com os outros colegas. No núcleo temos vários talentos e estes eventos evidenciam mais isto. Nós, educadores, devemos ter sempre um olhar sensível para perceber as habilidades específicas dos nossos alunos", disse o secretário.

De acordo com a coordenadora do Núcleo, Sandreliza Mota, a iniciativa de comemorar o Scratch Day surgiu dos próprios estudantes. "A ação é de suma importância porque estimula a criatividade com o uso da tecnologia dos estudantes e, construir a criatividade é a prática de trabalhar a inteligência de forma divertida", disse a professora.

A gestora da Unidade de Educação Básica (U.E.B.) Justo Jansen, Soraya de Fátima Nunes Pinheiro, disse que é boa a participação dos estudantes da unidade escolar. "São 15 estudantes da escola que participam do Núcleo e para eles os momentos e atividades são muito prazerosos e importantes", pontuou.

FUTUROS PROGRAMADORES

Os estudantes aprenderam a criar jogos, animações programas interativos através da linguagem gráfica de programação conhecida como Scratch. O software ainda possibilita a interação de diferentes áreas do conhecimento, mesclando com diversas habilidades, talentos e competências, além de desenvolver o raciocínio lógico.

Com a orientação dos professores do NEECAHS, todos os estudantes da oficina de lógica e matemática participaram e formaram equipes para apresentar seus trabalhos. Thiago da Silva, 13 anos, estudante do 8º ano da Unidade de Educação Básica U.E.B. Bandeira Tribuzzi participou da equipe Feras e apresentou o jogo do labirinto. "Os interessados por programação devem estudar e se dedicar pra ser um programador, é muito bom e não é difícil, o programa pode ser baixado em qualquer computador para quem quer começar a estudar. A programação vale para tudo na vida, podemos fazer jogos, sites, robôs, enfim, eu adoro estudar aqui", disse o garoto, entusiasmado.

Felipe Augusto Reis dos Santos, 13 anos, estudante da U.E.B. Justo Jansen, é componente da equipe Scratch e apresentou dois projetos para os convidados. "O que eu mais gostei de fazer foi o jogo Espaçonave, a nave fica voando no espaço e precisa destruir os obstáculos que são os meteoros. Conseguimos terminar e foi muito divertido fazer", comentou o garoto.

O jogo Snaper Zumbi, foi construído pela versão II do Scratch e criado pela equipe composta por Joaci Gabriel Ribeiro dos Santos, 10 anos, Bruno Vinicius Galdez da Silva, 10 anos, Cauã Guilherme Carvalho Pereira, 10 anos, Rayalisson Gustavo de Carvalho Coqueiro, 10 anos da U.E.B. Carlos Madeira, bairro Anjo da Guarda e pelos estudantes José Benedito Costa Perdigão, 10 anos e Wesley JauéLouzeiro Perdigão, 12 anos da U.E.B. Alberto Pinheiro, Centro. "Nosso jogo é de fases onde o jogador precisa matar os zumbis que aparecem no meio do caminho. Ainda não terminamos, mas de início eu gostei da nossa produção, quando concluir vai ficar bem legal", disse Joaci.

SCRATCH
Scratch é uma linguagem de programação criada pelo Media Lab, do Instituto Tecnológico de Massachussets (MIT) como forma de auxiliar jovens e crianças na matemática e na lógica, sem que elas tenham tido nenhum envolvimento técnico com linguagem de programação. Pode-se dizer que o Scratch é uma evolução direta do Logo, uma linguagem de programação também criada pelo Media Lab anteriormente com mesmo intuito. Um dos grandes diferenciais do Scratch é seu modelo de programação em blocos, que simplifica muito o entendimento de alguns elementos que, quando postos de forma escrita, são de difícil compreensão.

O Scratch pode ser acessado online pelo site scratch.mit.edu ou através de download para desenvolver os projetos sem a necessidade de conexão com a Internet. Trata-se de uma ferramenta de programação gratuita e de fácil acesso com uma interface gráfica que permite a criação de programas e jogos com blocos de montar.

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem