agencia

Notícias

Sexta-feira, 08/06/2018 - 10h51

Prefeitura e OAB-MA firmam parceria para levar informações jurídicas para estudantes da EJA

Projeto "Educando na Cidadania" será implantado a partir da segunda quinzena de junho para estudantes da Educação de Jovens e Adultos de escolas da rede pública municipal do Núcleo Cidade Operária

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Estudantes da EJA vão receber informações jurídicas por meio da parceria entre Prefeitura e OABA Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), assinou Termo de Cooperação com a Ordem dos Advogados do Brasil no Maranhão (OAB-MA), para a realização do projeto "Educando na Cidadania". A intenção é possibilitar a formação de cidadãos conscientes, por meio de informação e orientação jurídica para os estudantes da Educação de Jovens e Adultos (EJA).

Mais de 850 estudantes da modalidade EJA de 13 escolas da rede pública municipal, do Núcleo Cidade Operária, estarão envolvidos na ação. As atividades estão previstas para iniciar na segunda quinzena de junho e vão acontecer até novembro de 2018.

Para o secretário municipal de Educação, Moacir Feitosa, essa parceria vai impactar positivamente no exercício da cidadania do estudante. "É uma parceria de mais alta relevância, pois entendemos que a OAB tem um papel fundamental na defesa da democracia. E por meio do projeto vamos fortalecer o processo de aprendizagem e formar cidadãos conhecedores de seus direitos", pontuou.

A superintendente de Área de Educação de Jovens e Adultos, Áurea Borges, frisou que esta é uma oportunidade de discutir direitos e conhecer deveres. "Ter a OAB nos ombreando, dando um corpo maior para o projeto, é muito significativo. Só temos a agradecer a disponibilidade e abertura".

O presidente da OAB-MA, Thiago Diaz, destacou a importância do diálogo. "O aprofundamento do diálogo com a Prefeitura, por meio da Semed é muito importante. Pois a proposta da OAB é manter as portas abertas para dialogar com todas as comunidades. Com este projeto temos a certeza de contribuir com a construção de uma sociedade democrática", frisou Thiago Diaz.

APLICAÇÃO

O projeto será primeiramente apresentado para todos os profissionais do Núcleo Cidade Operária (gestores, coordenadores, itinerantes e professores), em seguida será feito um levantamento do interesse dos alunos. Aí serão desenvolvidas rodas de conversa nas escolas com a temática escolhida pelos alunos, intervenção pedagógica, atendimento individualizado e atividades de culminância da escola e em espaço coletivo.

Estiveram presentes à reunião, o vice-presidente da Comissão de Defesa da Educação da OAB-MA, o advogado Roberth Feitosa, o advogado Hélio Maia, professores e os representantes do projeto "Educando na Cidadania".

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem