agencia

Notícias

Sábado, 09/06/2018 - 12h17

"Nossa meta é requalificar toda a rede municipal de ensino", diz Edivaldo durante entrega de escola

A U.E.B. Bernardina Spíndola é mais umas das 120 escolas reformadas e das 50 climatizadas pela Prefeitura de São Luís; a inauguração comprova o avanço da requalificação da rede

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Beneficiando crianças da rede municipal de Ensino, o prefeito Edivaldo tem executado um cronograma amplo de reforma e ampliação da rede escolar

O prefeito Edivaldo entregou neste sábado (8) mais uma escola municipal reformada, modernizada e climatizada. A Unidade de Ensino Básico Bernardina Spíndola é mais umas das 120 escolas reformadas e das 50 climatizadas pela Prefeitura de São Luís. Localizada na Rua Celso Magalhães, no Centro, a escola integra o programa 'Educar Mais', lançado em junho de 2017 pelo prefeito Edivaldo. O objetivo do programa é qualificar o ensino na rede municipal.  

Por meio do programa, a Prefeitura tem executado um cronograma amplo de reforma e ampliação da rede escolar. "A nossa meta é requalificar todas as unidades de ensino da rede até o final do nosso mandato" disse o prefeito durante a entrega da escola completamente reformada e climatizada. "Não tem sido fácil. Há cinco anos e meio administramos em um cenário de crise e queda de receita. Mas, mesmo diante de todas as dificuldades, estamos reestruturando a educação municipal, garantido deste modo que nossas crianças e jovens tenham a oportunidade de um futuro melhor. Já avançamos muito e vamos avançar mais", completou o prefeito Edivaldo.

O preito destacou ainda a convocação de novos professores como parte das ações da Prefeitura no sentido de garantir mais qualidade na educação municipal. Nesta sexta-feira foram convocados mais 166 candidatos aprovados no último concurso.

REQUALIFICAÇÃO 

Milhares de alunos já foram diretamente beneficiados com o cronograma de requalificação executado com recursos do Tesouro Municipal. Outra escolas já estão passando por reforma. A U.E.B. Bernardina Spíndola oferece Ensino Infantil nos dois turnos para aproximadamente 150 alunos. A unidade possui 05 salas de aula, sendo uma de recursos (AEE - Atendimento Educacional Especializado), refeitório, pátio, três banheiros, brinquedoteca, sala dos professores, da coordenação, secretaria e direção geral.

Entre os serviços realizados na estrutura interna da unidade de ensino estão a substituição do madeiramento estrutural do telhado, dos forros de pvc, de todo o cabeamento da rede elétrica (luminárias, lâmpadas e ventiladores), além da troca do antigo piso por novo piso industrial, das lousas deterioradas por novos quadros laminados, de toda a rede hidrossanitária (vasos e assentos sanitários, cubas e torneiras) e de portas.

A escola foi também climatizada. "As salas com ar fazem toda a diferença no aprendizado das crianças. Considero a obra realizada mais que modernização, demonstra o compromisso e respeito da gestão com o ensino de qualidade", disse a diretora da escola, Silvia Ferreira Fontinhas. Segundo avalia a diretora, a melhoria da estrutura da escola vai refletir diretamente no desenvolvimento e qualidade das atividades pedagógicas.

Além do conjunto de melhorias da estrutura física, a UEB Bernardina Spíndola recebeu novos materiais, mobiliário e equipamentos de informática, como computadores e impressoras. O superintendente da Semed, Carlos Alberto Costa Viégas, representando o secretário Moacir Feitosa, destacou as intervenções realizadas pela prefeitura. "O prefeito Edivaldo tem trabalhado para dar melhor a estrutura física da rede municipal e, com isso, tenhamos mais funcionalidade e capacidade de desenvolvimento integral da educação", pontuou Carlos Viégas.

A Prefeitura requalificou, ainda, a praça localizada no entorno da escola. O espaço recebeu equipamentos para desenvolvimentos de atividades esportivas, academia livre de ginástica e de convivência social. Foram executados também no local, serviços de melhorias no sistema de drenagem e a iluminação.

EDUCAR MAIS

O programa municipal de educação 'Educar Mais' está assentado em cinco pilares: ações na infraestrutura, gestão, avaliação, formação e acompanhamento. Por meio do programa, paralelamente a outras ações está sendo realizado o diagnóstico da qualidade do ensino oferecido na rede pública municipal de São Luís com o objetivo de acompanhamento, monitoramento e tomada de decisões.

O programa inclui em seu método de aplicação a criação de quatro programas para atendimento mais adequado às melhorias da infraestrutura física. São ações de manutenção preventiva e corretiva; reforma e ampliação; construção e terraplenagem; e implantação do Programa de Modernização da Administração Tributária e da Gestão dos Setores Sociais Básicos (PMAT). O PMAT é destinado para apoio a projetos de melhoria da eficiência, qualidade e modernização de setores da administração pública.

Dentro desta macropolítica está o Sistema Municipal de Avaliação Educacional de São Luís (Simae), método de avaliação da aprendizagem dos alunos em larga escala. Por meio do Simae, aproximadamente 45 mil alunos da rede pública municipal foram participaram em 2017. Os estudantes do 1º, 2º, 3º, 5º, 7º e 9º anos do Ensino Fundamental foram avaliados nas áreas do conhecimento de língua portuguesas e matemática.

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem