agencia

Notícias

Quinta-feira, 14/06/2018 - 19h04

Prefeitura investe em políticas públicas voltadas à garantia de direitos da pessoa idosa

Com ações integradas nas áreas da assistência social, saúde, esporte e lazer, a gestão do prefeito Edivaldo possibilita mais qualidade de vida à terceira idade

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Idosos são estimulados à prática esportiva em programa da Semdel Acolher, informar e promover atividades de interação social para os idosos como parte de uma política participativa, inclusiva e que respeite as peculiaridades deste público. Neste caminho, a gestão do prefeito Edivaldo desenvolve programas voltados para pessoas da terceira idade primando a interação com as demais faixas etárias. Neste conjunto, destaque para as ações votadas para as áreas da assistência social, saúde, esporte e lazer. Além de possibilitar a convivência social, as ações somam para sensibilizar a sociedade no combate às diversas formas de violência contra a pessoa idosa, referindo ao que propõe o Dia Mundial de Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa, lembrado nesta sexta-feira (15).

A data foi instituída em 2006, pela Organização das Nações Unidas (ONU) e pela Rede Internacional de Prevenção à Violência à Pessoa Idosa (INPES). O trabalho da Prefeitura vai ao encontro da Política Nacional de Saúde da Pessoa Idosa (PNPSI), do Ministério da Saúde, que propõe ações para um envelhecimento ativo e saudável, por meio de atividades integradas.

Integram as iniciativas da gestão municipal programas como São Luís Saudável e Vida Ativa, voltadas às práticas esportivas; o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV), que presta assistência social a quem precisa; e o Centro de Atenção Integrada à Saúde do Idoso (Caisi), com serviços de saúde à terceira idade.

Somente na área da saúde totalizaram, entre janeiro e março deste ano, mais de 30 mil atendimentos especializados para este público na rede municipal. Os dados são da Secretaria Municipal de Saúde (Semus). Os serviços incluem atendimentos em acupuntura, fisioterapia, nutrição, psicologia, terapia de família, terapia ocupacional, fonoaudiologia, assistência social, educação física, entre outros.

"A Prefeitura realiza um conjunto de programas e ações envolvendo os idosos e que possibilitam a interação social. Esta política parte do princípio que devemos inserir e agregar, respeitando limites e considerando suas necessidades. A gestão do prefeito Edivaldo vem avançando com essas ações, com fins a alcançar cada vez mais pessoas da terceira idade com ações inclusivas e grande amplitude para uma vida mais saudável e de qualidade", pontua o secretário municipal de Saúde (Semus), Lula Fylho.

A Semus coordena ainda as ações do Centro de Atenção Integrada à Saúde do Idoso (Caisi), no Filipinho, que atende público com idade a partir de 60 anos. O espaço conta com equipe multidisciplinar formada por 85 profissionais das áreas de geriatria, fisioterapia, fonoaudiologia, nutrição, psicologia, educação física, terapia, clínica geral e serviço social. O trabalho do Caisi é desenvolvido em conjunto com o Conselho Municipal do Idoso, Promotoria do Idoso e Defensoria Pública. Em 2017, foram mais de 41 mil atendimentos no local.

FORTALECIMENTO DE VÍNCULOS

Buscando fortalecer as relações familiares e comunitárias, promover a integração e a troca de experiências entre os participantes, a Prefeitura disponibiliza também aos idosos as ações do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV). A ação atende mais de 60 bairros e conta com apoio de uma rede socioassistencial constituída por diversas entidades parceiras.

O serviço tem caráter preventivo e base na defesa e afirmação dos direitos como forma de enfrentamento para a vulnerabilidade social, pontua a secretária municipal da Criança e Assistência Social (Semcas), Andréia Lauande. É desenvolvido nos Centros de Referência e Assistências Social (Cras), os Centros de Convivência da Vila Luizão, Casa do Bairro e Circo Escola e por meio de instituições conveniadas.

"Pensar esse serviço de convivência à pessoa idosa é possibilitar a esse segmento experiências ainda não vivenciadas. É tornar possível um melhor convívio social e na família, prevenir situações que venham a precisar de acolhimento e estreitar laços para que se sintam parte da sociedade. Esse serviço possibilita o enfrentamento a diferentes formas de violência e para que possam exercer seus direitos", avalia Andréia Lauande. O serviço promove em média oito encontros por mês e totaliza mais de mil atendimentos.

ESPORTE E LAZER

Por meio do programa São Luís Saudável, mantido pela Secretaria Municipal de Desporto e Lazer (Semdel), os idosos contam com 11 núcleos que atendem mais de mil pessoas com atividades físicas, recreativas e de lazer, combatendo assim o sedentarismo. Bairros como Cohab, Barreto, Centro, Bairro de Fátima e Parque dos Sabias possuem núcleos com aproximadamente 100 idosos participando regularmente das atividades que são semanais.

"Sabemos da necessidade de atividades físicas nesta idade. Contamos com profissionais especializados e que trabalham semanalmente com esse público. A tendência é que o número de núcleos cresça ainda mais e que possamos conseguir atender mais idosos", destacou o secretário da Semdel, Rommeo Amin. Nos espaços públicos disponíveis em cada bairro, são promovidas atividades de incentivo a prática esportiva, recreativa e cultural, enfatizando a importância da manutenção da saúde.

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem