agencia

Notícias

Segunda-feira, 25/06/2018 - 19h02

Mostra 'Ocupação Trapiche #08' entra em cartaz nesta terça-feira (26) na Galeria Trapiche

Exposição "Eu e/em meus primeiros passos", da artista Milena Vale Chiacchio fica em cartaz até o dia 20 de julho e pode ser vista de segunda a sexta, das 14h às 19h

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Um dos trabalhos em óleo sobre tela que compõe a exposiçãoUma percepção de mundo sob os olhos de uma pessoa com deficiência é a proposta da 'Ocupação Trapiche #08', intitulada "Eu e/em meus primeiros passos", da artista Milena Vale Chiacchio, que possui deficiência mental. A exposição estreia na terça-feira (26), às 18h, na Galeria Trapiche Santo Ângelo,equipamento de cultura da Prefeitura de São Luís, localizada na Praia Grande, em frente ao Terminal de Integração. A mostra fica aberta à visitação até dia 20 de julho, de segunda a sexta, das 14h às 19h.

A exposição engloba sete obras de pintura em óleo sobre tela, que exprimem as percepções da artista sobre o que lhe cerca fisicamente e emocionalmente. "Sou uma pessoa que transpõe sentimentos para telas simples, carrego emoções fortes em minhas cores, tintas e pinceladas seguras. Uso a arte como instrumento para estimular minha consciência pessoal e instigar minha interação social", conta.

Milena Vale Chiacchio tem 30 anos e há cinco começou a pintar na Morada das Artes (Centro Histórico de São Luís), sob a orientação dos progessores Luis Moraes e Willian Martins Altarquia. Já participou de mostras coletivas promovidas por seus professores na Casa do Maranhão, no Pátio Norte Shopping e atualmente na Associação Maranhense de Artistas Plásticos – AMAP (São Luís Shopping). Durante a exposição, a artista vai fazer um ateliê improvisado na entrada da Galeria e produzir novos trabalhos sobre o ambiente que a cerca enquanto ocorre o evento.

CHAMADA PÚBLICA

A mostra foi selecionada na Chamada Pública da Galeria Trapiche realizada em março de 2018, junto a outros cinco trabalhos, que serão expostos até dezembro. Os critérios para seleção das propostas foram qualidade e contemporaneidade, relevância estética e conceitual, originalidade, e adequação ao espaço físico pretendido. O principal objetivo da ocupação é o de atender à política cultural municipal que incentiva o fomento às artes visuais por meio de atividades de circulação de obras e intercâmbio do trabalho de artistas de diferentes regiões.

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem