agencia

Notícias

Sábado, 30/06/2018 - 09h40

Sucesso de público, Arraial da Maria Aragão será encerrado neste domingo (1º), com show de Pinduca

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Pinduca encerrará programação do São João de Todos na Maria AragãoDepois de 17 dias de festa, com mais de 200 atrações e sucesso absoluto de público, o Arraial da Maria Aragão, que integra o São João de Todos, da Prefeitura e Governo do Estado, será encerrado neste domingo (1º), em grande estilo. As apresentações da noite terão início às 18h e a principal atração da noite será o show de Pinduca, às 22h. 

Pinduca, conhecido como o rei do carimbó, tem 36 álbuns gravados e é autor de sucessos a partir de ritmos omo o 'Serimbó', 'Lambada', 'Lári-lari' e 'Xengo-xengo'. O álbum 'No Embalo do Pinduca' foi indicado ao Grammy em 2017. As músicas mais conhecidas são 'Dança do Carimbó', 'Sinhá Pureza', ''Carimbó do Macaco' e 'Garota do Tacacá'.

Também se apresentam no palco das atrações juninas do Arraial da Maria Aragão neste domingo, o tambor de crioula de Maria Seguins, quadrilha Rosa Amarela, boi de zabumba de Mestre Basílio, grupo alternativo Baile de Caixa, grupo alternativo Companhia Marizés, boi de orquestra Brilho da Juventude e Boi de Morros (orquestra). Na Arena do Forró, terá Raimundinho e Forró Pé No Chão e Trio Poeirão.

 SÃO MARÇAL

O santo não reconhecido oficialmente pela Igreja, mas que é venerado pelos brincantes de bumba meu boi do Maranhão. Esse é São Marçal, festejado neste sábado (30) e cuja maior referência de devoção acontece no bairro João Paulo, onde existe uma imagem em sua homenagem e cuja data no calendário é destaque por conta dos desfiles de manifestações folclóricas que passam pelo local. O santo também será reverenciado pela programação do Arraial da Maria Aragão, no São João de Todos.

Segundo o padre Haroldo Passos, conhecido na cidade como Padre Boieiro, São Marçal tem uma história de vida dedicada ao evangelho e foi martirizado durante o incêndio que destruiu Roma e foi provocado pelo imperador romano Nero, que passou para a história como um dos mais cruéis perseguidores dos cristãos no século III.

"Além da cidade de São Luís, São Marçal também é conhecido em Portugal, onde nomeia uma avenida. Ele teria sido bispo de Limoges (Gália, atual França) e foi mártir no ano 64 por Nero, quando este mandou matar os cristãos em Roma. Também teria sido o menino dos cinco pães e dois peixinhos, no milagre da multiplicação realizado por Jesus", relata o padre.

Padre Haroldo conta ainda que São Marçal teria acompanhado Simão Pedro, um dos apóstolos de Jesus e o festejado São Pedro da Igreja Católica, para o auxiliar e, na idade adulta, teria sido nomeado Bispo de Limoges por sua fé e fervor na caminhada cristã. "Então não é verdade o que dizem que ele não teria existido. Marçal tem uma história bonita dentro da carreira episcopal", afirma o padre.

Neste sábado (30), das 19h às 21h50, haverá também, além das homenagens ao santo, um momento da programação dedicado a apresentações de 10 quadrilhas juninas, classificadas para o Festival Nacional de Quadrilhas Juninas, que será realizado em Brasília (Distrito Federal), de 3 a 5 de agosto, com apoio do Ministério do Esporte.

Fabio Rabelo de Carvalho, o Fábio Alta Tensão, fará show na Maria Aragão com a banda composta por 18 integrantes. No repertório, estilos variados, que misturam forró, arrocha e sertanejo. O cantor também já participou de vários grupos folclóricos antes de seguir carreira solo, como o Boi de Orquestra Brilho da Terra.

A programação conta ainda com os grupos do boi Sonho de Magnólia, boi de orquestra de São Simão, boi da baixada de Santa Fé e boi de orquestra de Nina Rodrigues. Na Arena do Forró, o comando ficará com as bandas Trio Mandacaru e Kambada do Forró.

SÃO PEDRO

E no Dia de São Pedro (29), o Arraial da Maria Aragão teve show com a cantora maranhense Tereza Canto. Nascida em São José de Ribamar, ela pisou no palco da Maria Aragão com a Bandeira Nacional e exaltando o público. Com repertório diversificado, a artista cantou toadas, quadrilhas e forrós pé de serra.

Ela também fez uma breve homenagem ao radialista Franck Matos, locutor oficial do arraial, com 30 anos de profissão e serviços prestados à cultura maranhense. "Ele é um comunicador fora de série, um ser humano muito especial", destacou Tereza Canto.

Também teve as atrações Quadrilha Junina Império, Cacuriá Estrela do São Francisco, boi Brilho de Areia Branca (costa de mão), boi Tradição de São Bento (orquestra), boi de São José dos Índios (matraca), boi de Sonhos (orquestra) e boi do Maiobão (matraca). Na Arena do Forró, o público se divertiu ao som de Andrezinho e Os Brotos do Forró e Forró Bom Demais.

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem