agencia

Notícias

Domingo, 15/07/2018 - 10h51

Prefeitura capacita agentes de saúde em Libras e reforça atenção à pessoa com deficiência auditiva

A capacitação, oferecida pela Prefeitura de São Luís, integra o cronograma de cursos da Escola de Governo e Gestão Municipal (Eggem)

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

O objetivo é possibilitar que os agentes aprendam a língua de sinais e possam se comunicar com pessoas com deficiência auditiva

Agentes comunitários de saúde da rede municipal participam de curso para o aprendizado da Língua Brasileira de Sinais (Libras). Esta é a terceira turma de Libras, solicitada pelos agentes e que atraiu grande número de servidores. O objetivo é possibilitar que aprendam a língua de sinais e possam se comunicar adequadamente com este público, durante os atendimentos das ações de rotina. A capacitação oferecida pela Prefeitura de São Luís integra o cronograma de cursos ofertados pela Escola de Governo e Gestão Municipal (Eggem) e integra a política de valorização do servidor colocada em prática na gestão do prefeito Edivaldo. 

A Prefeitura mantém o cronograma de capacitações oportunizando aos servidores o aprendizado em áreas de interesse e que agregam ao trabalho que desempenham, pontua o secretário municipal de Saúde (Semus), Lula Fylho. "Todo o processo é elaborado em parceria com os servidores, e os agentes de saúde identificaram essa oportunidade de aprender e melhorar a atividade que desenvolvem no atendimento a pessoas com deficiência auditiva. A formação dos servidores é umas das prioridades da gestão do prefeito Edivaldo e tem o objetivo de qualificar para ampliar o conhecimento pessoal e o trabalho desempenhado", reitera.

A solicitação para o curso partiu de demanda dos próprios agentes de saúde, explica a presidente do Sindicato dos Agentes Comunitários de Saúde do Município de São Luís (Sindacs), Elissandra Melo. "Os agentes nos relataram dificuldades em repassar informações no atendimento a este segmento. Então, aproveitamos a grade de cursos da Prefeitura para que nossos agentes sejam adequadamente qualificados e tenham condições de prestar um atendimento correto a estas pessoas", disse.

São repassados aos alunos conhecimentos sobre o conceito da língua de sinais, parâmetros de configuração/ponto de articulação, soletração em Libras (dactilologia), atividades práticas para treino do aprendizado, Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (1996), entre outros. O curso de Libras Básico tem duração de 40 horas.

Trabalhando como agente comunitário de saúde há mais de 15 anos, Francisco Solano Viégas, 57 anos, destacou que o aprendizado vai tornar possível a comunicação com este público. "Já tive situações que precisei e senti dificuldades, mas sempre havia alguém acompanhando e conseguia passar a mensagem. Agora, com este conhecimento, posso atender melhor esse público e, sem dúvidas, é um conhecimento muito importante para nós. Vou continuar o curso e ver outras opções de capacitação", disse.

"Eu aprendi termos simples que fazem toda a diferença para a comunicação com este público. Poder nos comunicar a partir deste novo conhecimento mostra nossa preocupação em prestar um serviço melhor. Gostei demais e vou ampliar o que aprendi com os cursos mais avançados. Capacitação é importante e esta oportunidade que a Prefeitura nos dá temos que aproveitar", completou a agente Marlieth Cutrim Gonçalves.

As aulas foram realizadas na sede do Sindacs, na Rua 18 de Novembro, Canto da Fabril. Participaram da turma 25 agentes de saúde, que encerram esta primeira etapa na quarta-feira (11). Outras duas turmas estão em andamento, sendo uma com início dia 17 e outra em formação prevista para início de agosto.

Os interessados podem fazer a pré-inscrição no endereço https://goo.gl/8jaVeD, onde terão acesso à grade de cursos. "Quando elaboramos a grade de capacitação temos como base demanda do nosso público, que são os servidores municipais. Estamos bastante satisfeitos com a procura e vendo o interesse pelas capacitações. É uma ação da Prefeitura para melhor qualificar os servidores, que podem nos procurar e se inscrever", pontua a diretora da Eggem, Maria Eugênia Branco.

CRONOGRAMA

Os servidores podem se inscrever para capacitação nas áreas de educação, administrativo, gestão e tecnologia de informática, entre outros. "A grade contempla formações atualizadas, cujas competências são demanda regular do mercado de trabalho e foram definidas a partir de consulta com os servidores", reitera Maria Eugênia.

Para participar o candidato precisar ser servidor municipal na ativa. Além da pré-inscrição no site, os servidores podem obter mais informações na sede da Eggem, Rua das Sucupiras, Renascença. O atendimento é realizado de segunda a quinta-feira, das 13h às 19h; e na sexta-feira, das 8h às 14 horas. As capacitações são gratuitas e conferem certificado aos participantes.

OPORTUNIDADES

Os cursos com inscrições abertas para julho são Turismo de Eventos (23 a 25), Gestão na Era Exponencial (17 e 19), Marketing Pessoal (16, 18 e 20), Planejamento e Gestão Governamental: Monitoramento e Avaliação (16 a 30), Gestão Pública de Tecnologia da Informação e Comunicação (17 a 31), Liderança para Resultados: Liderança Estratégica (17 a 31) e Direito Administrativo no Âmbito Municipal (16/07 a 08/08).

Para agosto, são oferecidos os cursos O Futuro do Trabalho (06 e 08), Etiqueta Profissional (07 e 09), Feedback: um instrumento para maior integração e produtividade (14 e 16), Excel Avançado (06 a 29), Libras Avançado (06/08 a 05/09), Formação para Secretárias (os) no Serviço Público: Assessoramento (06 a 29) e Educação Financeira (07 a 21).

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem