agencia

Notícias

Quinta-feira, 23/08/2018 - 08h48

Prefeitura vai disponibilizar vacinação contra sarampo e polio em shoppings da capital

Como parte da estratégia da gestão do prefeito Edivaldo para ampliar a cobertura vacinal, equipes estarão imunizando público-alvo da campanha sábado (25) e sexta-feira (31) nos shoppings Rio Anil e São Luís

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Pais e responsáveis devem ficar atentos e levar as crianças para serem imunizadasNa reta final da Campanha Nacional de Vacinação contra Poliomielite e Sarampo, a Prefeitura de São Luís vai aumentar a quantidade de salas de imunização e disponibilizar o serviço sábado (25) e sexta-feira (31) em alguns locais públicos, reforçando, desta forma, a estratégia colocada em prática deste o início da campanha que começou na capital 15 dias antes da mobilização nacional. Equipes de vacinadores da Secretaria Municipal de Saúde (Semus) estarão concentradas em postos instalados na Feira do bairro de Fátima, dia 25, das 8h às 12h, e nos shoppings Rio Anil e São Luís das 15h às 19h, nos dias 25 e 31, onde serão disponibilizadas as vacinas.

A iniciativa faz parte da estratégia da gestão do prefeito Edivaldo para ampliar a cobertura vacinal. A campanha segue até o dia 31 de agosto nos 63 postos de saúde do município. Com a parceria da Secretaria de Estado da Saúde e com as ações dos programas  Mais Saúde e Saúde para Todos a cobertura na capital tem sido ampliada em vários bairros. 

O foco é imunizar crianças de um ano a menores de cinco anos, público-alvo da campanha. Para garantir a participação maciça do grupo prioritário, a Prefeitura de São Luís desenvolveu diversas estratégias de atuação para intensificar os esforços na luta contra o retorno dessas doenças já erradicadas no município e aumentar a adesão à campanha.

Uma das ações executadas com esse propósito foi a realização do Dia D Municipal, um grande mutirão contra o sarampo e a pólio ocorrido no dia 4 deste mês. O Dia D Nacional de Mobilização ocorreu no último sábado (18) e teve grande adesão. Outra estratégia adotada na capital foi a antecipação da campanha, iniciando a mobilização no município para a aplicação das doses no dia 23 de julho, ou seja, 15 dias antes do início da campanha nacional que começou dia 6 deste mês.

Além dessas estratégias, a Prefeitura também disponibilizou equipes volantes de vacinação para fazer a aplicação das doses nas escolas e creches municipais, onde se concentra grande número de criança na faixa etária estabelecida pela mobilização.  

O secretário municipal de Saúde, Lula Fylho, diz que a intensificação é uma estratégia da gestão do prefeito Edivaldo para garantir o cumprimento da meta estipulada pelo Ministério da Saúde para a capital maranhense que é vacinar 95% do público-alvo total, que é algo em torno de 61.700 crianças. Até terça-feira (21), dados da Semus mostram que já foram vacinadas em São Luís mais de 35.500 crianças contra a pólio, mais de 57% da meta e 33.400, contra o sarampo, o que representa mais de 54% do público-alvo.

"Esse será o terceiro grande momento da campanha, que já teve dois sábados de funcionamento das salas de vacina das unidades de saúde, que abriram nos dias D de Vacinação. Agora vamos oferecer à população a oportunidade de aproveitar o lazer no shopping, por exemplo, para vacinar os filhos. Estamos contando com a sensibilidade dos pais para assegurar a cobertura vacinal recomendada pelo Ministério da Saúde", afirma o secretário Lula Fylho.

Até o encerramento da campanha nacional, a Prefeitura vai intensificar a vacinação nas escolas e em comunidades distantes, além de ampliar as localidades atendidas pelas equipes volantes que estão vacinando em domicílios na zona rural de São Luís. A Secretaria Municipal de Saúde recomenda aos pais que apresentem o cartão de vacinação para que os técnicos possam identificar as vacinas que devem ser tomadas pela criança.

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem