agencia

Notícias

Quarta-feira, 29/08/2018 - 14h38

Prefeitura promove ações em escolas da rede na Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Alunos da E.E.B. Frederico Chaves durante atividade de contação de histórias

A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), realizou nas escolas da rede pública municipal, a Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla que acontece todos os anos durante o período de 21 a 28 de agosto. O objetivo é abrir debates e fazer com que a sociedade reflita sobre o dever de agir com igualdade para promover a inclusão. A mobilização ocorreu em todas as salas de recurso das escolas da rede municipal de educação. Nos espaços foram realizadas atividades como oficina com os pais, palestras, filmes e contação de histórias.

O secretário de Educação, Moacir Feitosa, evidenciou a importância das ações para a universalização do acesso à escolaridade e destacou que a Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla abre debates para a reflexão da igualdade e inclusão social. "A realidade das pessoas com deficiência é marcada por lutas, todos têm o direito de participar plenamente da vida em sociedade. Avançar com a inclusão é cumprir com as metas dos planos Nacional e Municipal de Educação e contribuir para universalizar o acesso à escolaridade", reforçou o titular da Semed.

Professora há 11 anos de sala de recurso na rede, Ginia Kenia Machado Moreira, explicou que essa semana é marcada por atividades e debates que visam à reflexão. "A gente parte do pressuposto do direito à diversidade, as pessoas precisam ser respeitadas na sua individualidade. E na sala de recurso, nas atribuições com as pessoas que tem deficiência, trabalhamos exatamente essa perspectiva da individualidade para que essa pessoa possa ter autonomia", disse.

A mãe da estudante Keliene Bezerra Almeida, que tem Síndrome de Down, Rosilene Correa Bezerra, destacou que a filha se sente muito bem indo para a escola. "A criança se desenvolve melhor com outras crianças e isso é muito bom. Esta semana de conscientização é muito importante para tirar o preconceito porque ainda existe muito. É através da Semana Nacional da Pessoa com Deficiência, que o movimento por direitos cresce e é fortalecido. A escola está de parabéns porque vemos o comprometimento das professoras que se dedicam a ajudam a cuidar dos nossos filhos nos momentos em que eles estão na escola" ressaltou a mãe de Keliene.

VALORIZAÇÃO

Professora da sala de recurso da (U.E.B.) Frederico Chaves, São Francisco, Kátia Simone Moraes, comenta a importância de valorização dos estudantes e que o projeto abrange os alunos e a sociedade. "Trazer a família pra dentro da escola e tentar diminuir esse distanciamento foi a ideia principal. Buscamos trazer a escola para dentro da sala de recurso e mostrar como desenvolvemos nosso trabalho e como precisamos de uma sociedade mais humana e igual. O objetivo é sensibilizar a comunidade e os pais em relação às potencialidades das pessoas com deficiência e chamar a atenção para as suas necessidades" comentou.

O estudante do 7º ano e estudante da sala de recurso da (U.E.B.) Frederico Chaves, Victor Manuel dos Santos Rodrigues, 13 anos, gosta de fazer atividade de pesquisas, e as que estimulam a leitura e a coordenação motora. Victor explicou também que entre suas matérias preferidas está Português. "Gosto muito dos meus amigos e de ajudar a professora. Minha paixão são os poemas, já fiz vários, entre eles, "Todos são diferentes", mas o meu preferido é "Fernandinho e o Tesouro da Casa velha", destacou.

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem