agencia

Notícias

Quarta-feira, 29/08/2018 - 15h19

Prefeitura reúne professores para formação continuada sobre a importância do brincar

O encontro da formação continuada do programa Ciranda do Aprender, feito pela gestão do prefeito Edivaldo em parceria com o Instituto Alcoa e Fundação Abrinq, reuniu educadores da zona rural da capital

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

 Educadores durante a capacitação que prima pelo lúdico na aprendizagem

A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), em parceria com o Instituto Alcoa e Fundação Abrinq, realizou, nesta terça-feira (27) e quarta-feira (28), o 4º encontro da formação continuada do programa Ciranda do Aprender. A iniciativa tem como objetivo reforçar a importância do brincar na primeira infância e incentivar a melhoria constante nas práticas pedagógicas.

O secretário municipal de Educação, Moacir Feitosa, destacou a importância da formação continuada que propõe a qualificação de práticas pedagógicas no ambiente da Educação Infantil das escolas municipais. "Estamos seguindo as orientações do prefeito Edivaldo, de buscar desenvolver ações em prol da melhoria da qualidade do ensino para os estudantes da rede municipal, o que passa, necessariamente, pela qualidade da formação dos docentes", disse o titular da Semed.

Participaram do encontro técnicas da Semed, coordenadores pedagógicos, professores e gestores das unidades básicas do Núcleo Rural das U.E.Bs. Honório Odorico Ferreira (Tajipuru); Rio Grande (Maracanã); Prof. Silvia Stella Fonseca (Maracujá); Nossos Amiguinhos (Tibiri); Primavera (Tibiri); Luzenir Mata Roma (Vila Nova); Prof. Enedir Santos Paixão (Santa Bárbara); Mindinho (Maracanã); e anexo Santa Maria (Vila Industrial) e Gomes de Sousa (Vila Maranhão).

A formadora da Instituição Abrinq, Valdete Asevedo, explicou que a capacitação, neste 4º módulo, trabalhou com o lúdico e suas diversas técnicas para contação de histórias, teatro de sombra, fantoches e dedoches com a finalidade de trazer o gosto pela leitura e afirmar que brincadeira é coisa séria. "O meu momento com as educadoras é para destacar o lúdico em suas infinitas maneiras usando a contação de história, músicas e brincadeiras. Mostrar que a criança aprende através do brincar e que ela precisa de um ambiente organizado para que ela possa manipular e experimentar tudo que está em sua volta. Às vezes, a gente pensa que não, mas a criança que não brinca sofre com doenças de adulto, como por exemplo: obesidade, estresse e até depressão" disse.

IMPORTÂNCIA DO BRINCAR

A gestora da U.E.B. Honório Odorico Ferreira, Maria dos Santos Pereira Lima, ressaltou a importância da formação continuada para educadores. "A formação continuada é fundamental, pois ela não termina nos bancos das universidades, nós professores temos que sempre continuar com cursos, palestras, seminários, congressos, para sempre estarmos atualizados, pois a Educação Infantil é muito dinâmica. Serei a multiplicadora de tantos aprendizados para minha escola", comentou a gestora.

"Está sendo bem interessante a formação porque estamos trabalhando na prática o que já temos de teoria, no que diz respeito a questão do brincar na Educação Infantil. Com novas didáticas o curso oferece um norte para que, juntos com a família, busquemos essa compreensão que a criança se desenvolve brincando. Precisamos agregar esse conhecimento para que as famílias também possam compreender o nosso trabalho", disse a professora da creche da U.E.B. Mindinho, Roselane Silva.

A técnica da Educação Infantil na Semed, Priscila Leite Costa, disse que essa formação é uma valorização profissional. "As crianças precisam ter paixão, prazer e desejo de aprender. O brincar na educação proporciona isso. Está sendo muito prazeroso trocar essas experiências com outras colegas, aprimorando os conhecimentos e levando mais qualidade na educação para o chão da escola", comentou.

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem