agencia

Notícias

Quinta-feira, 20/09/2018 - 18h24

Escolas da rede pública municipal participam de atividades comemorativas ao Dia da Árvore

Celebrada nesta sexta-feira, 21 de setembro, data é lembrada com atividades que destacam a preocupação com o meio ambiente em ações realizadas durante toda a semana nas Unidades de Educação Básica da Prefeitura

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Alunos aprendem sobre plantio e cuidado com as plantas durante ação comemorativa ao Dia da ÁrvoreEstudantes da rede pública municipal de São Luís participaram, por toda esta semana, de várias atividades alusivas ao Dia da Árvore, comemorado nesta sexta-feira (21). O combate à poluição, reciclagem, plantio de mudas e proteção das áreas verdes foram temas debatidos em sala de aula e reproduzidos em forma de cartazes, poemas, desenhos, músicas, coreografias, entre outras expressões artísticas. A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), coordenou as ações organizadas por professores, coordenadores e que também contaram com a contribuição dos pais e instituições comunitárias locais.

Para o professor Moacir Feitosa, titular da Semed, ações de sensibilização para o cuidado e proteção do meio ambiente não só produzem uma cidade mais limpa e um espaço mais saudável de convivência, mas ensinam valores de cidadania, respeito e amor ao próximo e demais seres vivos. "Vemos ações dentro de nossas escolas nas áreas de meio ambiente, sustentabilidade; o bom é vermos que todas cooperam para o desenvolvimento mais saudável dos nossos estudantes. Os professores e demais educadores estão de parabéns pelo compromisso diário que assumem com o futuro de nossas crianças e adolescentes", destacou Moacir Feitosa.

Na Unidade de Educação Básica (U.E.B.) Jackson Lago, no bairro da Cidade Operária, na manhã desta quinta-feira (20), uma atividade complementar às ações do projeto Jardim da Minha Escola, braço do programa São Luís Cidade Jardim, que tem a primeira-dama Camila Holanda como madrinha, marcou as comemorações da Semana da Árvore. Estudantes fizeram uma caminhada pelas ruas do bairro, fizeram também diversas apresentações artísticas no pátio externo da Unidade; plantaram as mudas doadas pelo Instituto Dignidade Humana e Solidariedade (Humasol); e, ao final, fizeram o 'abraço da árvore', como forma de demonstrar respeito e amor à natureza.

A festa preparada para comemorar o Dia da Árvore contou com a participação de quase todos os alunos do Ensino Fundamental do turno da manhã – cerca de 300. A professora Ana Carla Ribeiro, gestora da U.E.B. Jackson Lago, disse que o poio dos pais dos estudantes, da Prefeitura de São Luís, por meio da Semed, e também a parceria da comunidade local tem sido fundamental para o sucesso dos projetos e ações desenvolvidas na escola. "Temos cinco jardins já plantados e que são regados e limpos praticamente todos os dias por grupos alternados de estudantes. Ao mesmo que cuidam do meio ambiente, aprendem noções de cidadania e respeito", garante a gestora.

A coordenadora do do Núcleo de Educação Ambiental (NEA) da Semed, Francisca Marques, afirma que as ações de educação ambiental, tanto individuais quanto coletivas, têm o propósito de formar cidadãos conscientes do seu dever para com a preservação da vida, do meio ambiente, na sua comunidade e em todo o planeta.

A coordenadora do Humasol, Maria Alice Bogéa Praseres, disse que a doação das 60 mudas de plantas para a U.E.B. Jackson Lago surgiu de uma proposta educativa de sensibilização de toda a comunidade para as questões de proteção e cuidado com a natureza. "Já temos uma parceria antiga com a escola, por meio da qual alguns estudantes participam das oficinas de judô, flauta, violão e teatro oferecidos pelo Instituto. E, estar aqui hoje, nos honra e nos alegra", declarou Maria Alice.

Carlos Eduardo Almeida Silva, 9 anos, do 4º ano do Ensino Fundamental na Unidade, é um dos alunos da oficina de flauta no Humasol. "Combater a poluição e proteger o meio ambiente é uma questão de vida", disse Carlos Eduardo. Maria Eduarda de Almeida, 11 anos, aluna do 5º ano, estuda flauta e também de violão. "Gosto muito de música, e estou no projeto há quase dois anos. Já fizemos diversas apresentações. Mas, estamos aqui hoje para chamar a atenção para o meio ambiente, para fazermos a diferença na nossa escola e comunidade, pois isso é fundamental para a vida na Terra", declarou Eduarda.

PROTETORES DA NATUREZA

Na U.E.B. José Cupertino, no João Paulo, onde funcionam salas de aula do 1º ao 4º ano do Ensino Fundamental, as professoras estão desde o mês de agosto trabalhando temáticas relacionadas à sustentabilidade e ao meio ambiente de uma forma geral. Desenhos, músicas, vídeos e outras produções artísticas foram confeccionadas pelas estudantes.

A professora Francisca Farias, do 1º ano (Educação Fundamental vespertino), conta que todas essas ações fazem parte de um programa maior da escola, o Protetores da Natureza. A professora explica que, por conta do Dia da Árvore, as atividades em sala de aula foram intensificadas nos meses de agosto e setembro. "Para chegarmos às produções artísticas, primeiramente fizemos diversas rodinhas de bate-papo, nas aulas de ciências, para discutir sobre a importância do plantio de árvores, de colocar lixo no lixo, da reciclagem, e outras ações de preservação na natureza", conta Francisca Farias. Ela afirma que os pais também são convidados a participar das ações, e já adianta que no mês de outubro vai acontecer na escola uma oficina de brinquedos com produtos recicláveis.

Diogo Arthur de Freitas e Hudson Araújo Salgado, ambos com 6 anos, alunos da professora Francisca Farias (1º ano), participam nesta quarta-feira à tarde (19), de um bate papo sobre meio ambiente com técnicos do NEA/Semed, onde foram mostrados vídeos sobre a poluição das águas e do meio ambiente. "Muitas imagens nós já conhecíamos, pois a professora sempre fala em sala de aula para cuidarmos da água e da natureza e mostra vídeos e outras imagens pra gente", conta Diogo Arthur. "Temos que cuidar das plantas, elas não podem ser maltratadas; temos que jogar lixo no lixo e cuidar da água, pois ela é importante pra nossa vida", disse Hudson Araújo.

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem