agencia

Notícias

Quinta-feira, 27/09/2018 - 16h26

II Mostra Internacional de Cinema de São Luís é aberta com apoio da Prefeitura

A mostra foi aberta nesta quarta-feira (26) no Centro de Criatividade Odylo Costa, Filho, na Praia Grande e reúne uma seleção de filmes clássicos e contemporâneos

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

A II Mostra Internacional de Cinema de São Luís tem como homenageado o ator e diretor Matheus Nachtergaele

A II Mostra Internacional de Cinema de São Luís foi aberta nesta quarta-feira (26), às 19h, no Centro de Criatividade Odylo Costa, Filho, na Praia Grande. O evento exibe gratuitamente uma seleção de filmes clássicos e contemporâneos e tem como homenageado o ator e diretor Matheus Nachtergaele. A Mostra conta com o apoio da Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Cultura (Secult), do Centro Cultural da Vale e do Serviço Social do Comércio (Sesc). A programação é gratuita e ocorre no Cine Praia Grande e no Centro Cultural Vale Maranhão (CCVM).

"É um prazer apoiar eventos como a II Mostra Internacional de Cinema de São Luís, que incentiva a produção cinematográfica local e a troca de experiências com produções de outros países. A gestão do prefeito Edivaldo é comprometida com o incentivo às artes, mesmo neste período de crise econômica que reduz o orçamento. Convidamos os ludovicenses a acompanharem as exibições dos curtas e longas metragens até o dia 3 de outubro", destaca o secretário municipal de cultura, Marlon Botão.

Na mostra, foram inscritos 3.656 filmes, sendo 487 longas-metragens e 3.193 curtas. Serão exibidos mais de 50 filmes nas seções Competitiva Oficial, Guesa Errante, Homenagem, Inferno e Clássicos. Na competitiva de longas-metragens, concorrem seis filmes. Já na de curtas-metragens, 12 produções disputam. A curadoria da Mostra é formada por Raffaele Petrini, Lucas Sá, Marcos Ponts, Juliana Mendes e Ruy Castro.

O evento é coordenado pelos diretores de cinema Raffaele Petrini, Marcos Ponts e Lucas Sá. Difundir a cultura cinematográfica é o papel de toda mostra de cinema, na opinião do diretor e curador Marcos Ponts. "Nosso objetivo é fazer um panorama do cinema internacional contemporâneo, presentear a cidade com esses filmes que estão circulando em grandes festivais, que ainda não estrearam no Brasil. Isso vai ser uma grande oportunidade para quem gosta de cinema", destaca.

Para Ponts, o cinema é uma ferramenta fundamental para instrução de uma sociedade, pois alimenta o inconsciente coletivo com imagens, sons, cenas e situações. "Nós somos seres coletivos e o cinema proporciona essa fruição, construir a identidade nacional e principalmente a maranhense, porque sempre tivemos uma autoestima muito baixa. Um exemplo foi o filme Muleque Té Doido, que fez sucesso no país, mas não no Maranhão", explica.

O professor Elan Campelo, de 27 anos, veio prestigiar a abertura da Mostra e conta que sempre foi interessado em cinema. "Um evento dessa natureza aqui é uma surpresa. Conheço os organizadores e não tenho dúvidas da qualidade da seleção de filmes feita por eles. Espero que a Mostra sirva com incentivo para a realização de outros eventos similares", compartilha.

A programação completa da II Mostra Internacional de Cinema de São Luís está disponível no site www.mostrasaoluis.com

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem