agencia

Notícias

Segunda-feira, 15/10/2018 - 14h48

Prefeitura realiza mutirão de ações preventivas contra o câncer de mama no Residencial Paraíso

Ação integra a campanha Outubro Rosa, que visa combater o câncer de mama; programação tem sido intensificada pela gestão do prefeito Edivaldo neste mês e se estenderá a outros bairros

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

 Mulheres são estimuladas a fazer o autoexame das mamas por meio de demonstrações práticas

Como parte das atividades alusivas ao Outubro Rosa, a Prefeitura de São Luís realizou, nesta segunda-feira (15), um mutirão de ações preventivas de saúde voltado às mulheres no Centro de Saúde do Residencial Paraíso, na região Itaqui-Bacanga. A iniciativa tem como objetivo intensificar as ações preventivas contra o câncer de mama - mote da campanha - e levar às mulheres da comunidade orientações sobre o problema e incentivá-las a buscar o diagnóstico precoce. O mutirão, que acontecerá também em outras unidades de saúde, tem a coordenação da Secretaria Municipal de Saúde (Semus) e segue orientação do prefeito Edivaldo.

Durante o mutirão no Centro de Saúde do Residencial Paraíso, realizado das 8h às 16h, foram ofertados às mulheres palestras educativas sobre o câncer de mama, consultas médicas, serviços de enfermagem, testes rápidos de HIV e hepatites, serviços de coleta de exames preventivos do câncer do colo do útero (Papanicolaou), além de distribuição de preservativos e atividades de valorização da mulher.

"Nosso objetivo é aproximar das comunidades as ações de saúde preventiva voltadas ao público feminino, para intensificar, durante o Outubro Rosa, o trabalho que a gestão do prefeito Edivaldo já desenvolve na rotina das unidades básicas de saúde. São ações de extrema importância para a prevenção, alerta sobre o problema e orientação sobre o câncer de mama, um dos que mais mata mulheres em todo mundo, mas que pode ser tratado se observado precocemente", afirmou o secretário municipal de Saúde, Lula Fylho.

Ainda entre as ações desenvolvidas no mutirão, destaque para o 'Cantinho do Autoexame'. Intitulada "o reflexo da mulher que se cuida", a atividade realiza com as mulheres demonstrações práticas do autoexame das mamas, oportunidade na qual, de frente para um espelho, elas recebem orientações de como fazer em si própria o toque nas mamas para verificação de anormalidades e conhecimento do próprio corpo.

"Orientamos na prática como fazer o autoexame, que é tão importante para a detecção precoce de nódulos ou outras deformidades. Entretanto, deixamos claro que o autoexame não substitui a realização regular de mamografias, a partir dos 40 anos ou dos 35 anos, se a pessoa tiver histórico familiar da doença", afirmou a diretora geral do Centro de Saúde do Residencial Paraíso, Josélia Seixas de Moraes. Também como parte da programação, foram realizadas palestras com gestantes para orientá-las acerca das etapas do pré-natal e, ainda, palestras sobre violência doméstica.

Moradora do residência, a estudante Mayana Marques, 26 anos, aproveitou o mutirão para fazer a coleta de exame preventivo ginecológico e participar de outras ações ofertadas na unidade. "Também aprendi a fazer de forma mais correta o autoexame das mamas. Isso é muito importante porque pode ser a primeira forma da mulher perceber se há algo de errado e, assim, procurar o mais cedo possível atendimento especializado", disse ela.

Telma Cristina Mendes fez consulta e pegou requisição para fazer a mamografia

A dona de casa Telma Cristina Mendes, 46 anos, também participou do mutirão e considerou providencial a iniciativa desenvolvida pela Prefeitura de São Luís na sua comunidade. "Aproveitei para fazer a consulta e pegar a requisição para fazer minha mamografia. Já estava na hora mesmo de fazer e aqui consegui ser atendida rapidamente", observou.

AÇÕES

Mutirões similares serão realizados também nos Centros de Saúde do São Cristóvão, do Turu I e no Socorrinho do Cohatrac.  Já no Centro de Saúde Clodomir Pinheiro Costa, no Anjo da Guarda, será promovido o Dia D de Prevenção Contra o Câncer de Mama, no próximo sábado (20), voltado para as agentes comunitárias de saúde e as agentes de endemias. No local, além das ações de saúde preventiva, serão realizados ainda procedimentos de acupuntura e criados espaços para atividades de embelezamento e estúdio de fotos, entre outras atividades.

A Unidade de Saúde da Família, em Pedrinhas, também será um dos pontos a receber a equipe da saúde para a realização de exames preventivos, palestras, testes rápidos, aferição de pressão arterial e atividade valorização da mulher. 

PREVENÇÃO

O Outubro Rosa é um movimento internacional que visa ao estímulo à luta contra o câncer de mama. A ação iniciou em 1997, nos Estados Unidos, tem como objetivo conscientizar acerca da importância do diagnóstico precoce da doença. Detectado precocemente, a possibilidade de cura da doença chega a ser em torno de 95% dos casos, segundos dados de institutos especializados no assunto.

Conforme orientam especialistas na área, o câncer de mama é assintomático, inicialmente. A doença é diagnosticada por meio de exames como mamografia, ultrassom ou ressonância magnética. O exame de toque também é importante. Ao notar qualquer alteração na mama, é recomendado realizar imediatamente uma consulta médica.

Algumas alterações físicas das mamas podem ser indícios de câncer de mama. Quando há presença destes indícios, é possível que a doença esteja em um nível avançado. Entre os sintomas mais comuns do problema estão a dor ou inversão do mamilo, vermelhidão ou descamação do mamilo ou da pele do seio, aparecimento de nódulos (caroços) no seio ou nas axilas, podendo apresentar dor ou não; serem duros e irregulares ou macios e redondos.

A presença de secreção sanguinolenta ou não pelo mamilo também é um indício da doença, assim como também inchaço irregular em parte da mama, que pode ficar quente e vermelha; irritação ou retração na pele ou aparecimento de rugosidade semelhante à casca de laranja. Nos casos mais adiantados da doença, é possível aparecer ulceração na pele com odor desagradável.

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem