agencia

Notícias

Sábado, 10/11/2018 - 10h33

Prefeitura capacita mulheres em vulnerabilidade social oferecendo cursos na área da construção civil

Promovido em parceria com o Governo do Estado, curso vai qualificar as participantes que poderão ingressar no mercado de trabalho gerando renda para suas famílias

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Curso vai proporcionar qualificação profissional a mulheres em situação de vulnerabilidade socialCapacitar, promover a autonomia financeira e fortalecer a autoestima de mulheres em situação de vulnerabilidade social. Com estes propósitos a Prefeitura de São Luís oferece uma série de cursos na área da construção civil, voltado para elas. A ação integra o programa Mulheres que Constroem: Mulheres Maranhenses na Construção Civil e é promovido em parceria com o Governo do Estado atendendo cadastradas em entidades de assistência social do município.

O programa de formação para mulheres no ramo da construção civil contribui para o desenvolvimento financeiro e crescimento pessoal deste grupo, gerando trabalho, renda e dignidade, pontua a secretária municipal da Criança e Assistência Social (Semcas), Andréia Lauande. "O objetivo é promover a inclusão social, o empoderamento e a autonomia econômica e financeira de mulheres em situação de vulnerabilidade socioeconômica e que sofrem violência doméstica. A partir do trabalho na construção civil, o programa promove o fortalecimento e valorização destas mulheres", enfatiza.

Andréia Lauande destaca que o programa vai além da formação profissional ao proporcionar a emancipação feminina, quebra de preconceito e valorização profissional. "As mulheres das nossas comunidades, em sua maioria, são chefes de família e lutam diariamente para prover o sustento e cuidados com os filhos. Para elas, os cursos surgem como uma oportunidade de alcançar independência financeira e a busca por um espaço no mercado de trabalho", reforça.

As participantes são capacitadas nos cursos Básico em Pedreiro; Pintura Predial Interna e Externa; Aplicação de Cerâmicas e Assemelhadas; Assentamento de Tijolos e Regularização de Paredes e Pisos; Alvenaria Estrutural; e Instalação Elétrica. São 400 vagas com carga horária de 200 horas. As primeiras turmas iniciaram na área Itaqui-Bacanga e vão beneficiar mulheres atendidas em instituições nos bairros Centro, Turu, Cidade Operária e Cidade Olímpica.

A dona de casa Francisca dos Santos participa das turmas de Aplicação de Cerâmica e Assemelhadas e está entusiasmada com os conhecimentos que vem adquirindo no curso. "Aqui nós temos a oportunidade de adquirir novos conhecimentos e nos qualificar profissionalmente. Nós mulheres estamos conquistando cada vez mais espaço nas áreas de trabalho e principalmente em atividades que eram dominadas por homens. Ainda existe muito preconceito, mas somos fortes, detalhistas, cuidadosas e vamos conquistar a construção civil também", enfatizou.

No local de execução dos cursos, as mulheres contam com área adequada para seus filhos que dispõe de cuidadora infantil. As crianças podem ficar no local até o término das aulas. Para muitas das participantes, esse espaço é fundamental para que possam participar das aulas, a exemplo dona de casa, Katileivone Vieira, que tem três filhos. "Esse curso chegou em uma boa hora na minha vida. Além de me qualificar profissionalmente, posso ter a segurança de estar com meus filhos, pois não teria onde deixa-los sem esse espaço organizado aqui. Esse é um dos motivos que me permite estar frequentando as aulas e com esse aprendizado pensar um futuro melhor para minha família", avaliou.

A Prefeitura executa os cursos do programa por meio da Semcas e apoio da Secretaria de Estado da Mulher (Semu). Participam das capacitações mulheres atendidas pelos serviços da Semcas nos Centros de Referência da Assistência Social (Cras) e Centros de Referência Especializados da Assistência Social (Creas), Casa do Bairro, Centros Pop e Unidades de Acolhimento.

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem