agencia

Notícias

Quarta-feira, 14/11/2018 - 15h41

Prefeito Edivaldo acompanha testes finais da iluminação da Praça Joãosinho Trinta

Local recebe iluminação moderna implantada pela gestão do prefeito Edivaldo em logradouro que integra o Complexo da RFFSA que está sendo reformado pelo Iphan em parceira com o Governo do Estado e a Prefeitura de São Luís

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Prefeito Edivaldo acompanha testes finais da iluminação da Praça Joãosinho TrintaO prefeito Edivaldo Holanda Júnior acompanhou os testes finais de iluminação da Praça Joãosinho Trinta, na noite desta terça-feira (13). A implantação de um sistema de iluminação moderno no local é uma nova etapa da obra que integra o Complexo Ferroviário da antiga Rede Ferroviária Federal (RFFSA), que inclui ainda as praças Gomes de Souza, Praça da Locomotiva e uma terceira com nome ainda a definir. Todo o prédio da antiga RFFSA também está em obras e os serviços integram o PAC Cidades Históricas, programa do Governo Federal, executado pelo com o Governo do Estado em parceria com o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e a Prefeitura de São Luís. Os serviços de iluminação estão sendo executados pela Prefeitura de São Luís por meio da Secretaria de Obras e Serviços Públicos (Semosp). 

"Esta é uma praça importante por fazer referência a um dos maiores artistas que o Maranhão já teve e reconhecido nacionalmente, o carnavalesco Joãosinho Trinta. Essa merecida homenagem se concretiza com a estruturação de um espaço que vai servir à população e que tem concluída mais uma etapa de sua revitalização. Brevemente, todo o complexo da qual faz parte estará em funcionamento atraindo turistas e fortalecendo este cartão postal da cidade", pontuou o prefeito Edivaldo que estava acompanhado do superintendente do Iphan-MA, Maurício Itapary e de secretários municipais.

Na praça foram instalados postes estilo decorativo com iluminação própria a praças deste porte. Com a ligação do sistema, os refletores que iluminavam a área ficarão desligados, sendo utilizados em períodos festivos como Carnaval. A Praça Joãosinho Trinta terá ainda todo o paisagismo refeito com plantio de grama com maior resistência. Das espécies de árvores algumas serão substituídas e outras recebem manutenção.

"É um sistema mais modernizado e que vai garantir a plena iluminação da praça tornando o espaço propicio para o convívio social. Essa ação integra um dos pontos importantes do projeto de revitalização do Complexo Ferroviário da RFFSA", avalia o secretário municipal de Obras e Serviços Públicos (Semosp), Antonio Araújo, que acompanhou a ligação da nova iluminação na praça.

O superintendente do Iphan-MA, Maurício Itapary, também esteve no local e ressaltou a parceria das gestões para recuperação do Complexo Ferroviário da RFFSA. "Mais um cartão postal que está sendo revitalizado com este conjunto de intervenções, valorizando um dos mais significativos patrimônios de São Luís e homenageando um de seus maiores artistas. Concluído o sistema de iluminação, essa grande obra segue seu cronograma com a revitalização de toda a área. Um ganho para a cidade e sua população", enfatiza Itapary.

A Praça Joãosinho Trinta tem área mais de 1,69 mil m². É revestida com pisos de bloquete e industrial de alta resistência; possui bancos com revestimento em concreto, lixeiras, piso com acessibilidade, rampa para cadeirantes e caminho de piso tátil para deficientes visuais, além de quiosques geminados para venda de lanches.

O espaço conta ainda com área verde e paisagismo, executada pelo Instituto Municipal de Paisagem Urbana (Impur). "Realizaremos o paisagismo com manutenção de espécies e colocação de outras, assim como de um novo conjunto de grama, melhorando o aspecto da praça", reitera o presidente do órgão, Fábio Henrique Carvalho.

ESPAÇO DE CULTURA E ARTE

O prédio da RFFSA compreende o conjunto de obras que está em curso na região. A série de obras contemplam serviços de demolição, restauração de ladrilhos, recursos de acessibilidade, elevador, novas esquadrias, pisos, recomposição de paredes, fachadas, construção de rampa, escada e mezanino, revisão e restauração de forro e teto, restauração de grades, dentre outros.

O espaço terá ambientes comerciais como cafeteria, galerias de arte e restaurante panorâmico; além de abrigar o Museu da Memória Ferroviária Maranhense, exposição de quadros, de pintura, de arte contemporânea e artesanato, além de um setor da administração estadual.

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem