agencia

Notícias

Sexta-feira, 23/11/2018 - 15h17

Mostra de Talentos da Prefeitura valoriza comunidades e chama atenção para a preservação ambiental

Evento reúne atendidos pelo Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos e integra as políticas públicas da Assistência Social implementadas na gestão do prefeito Edivaldo

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Grupo de crianças e adolescentes durante apresentação na 5ª Mostra de Talentos da Prefeitura Música, teatro, dança, exposição e desfile com peças criadas com materiais reciclados foram algumas das expressões artísticas apresentadas por crianças, adolescentes e idosos que são atendidos pelo Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) e que participaram da abertura da 5ª Mostra de Talentos. O evento foi realizado pela Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal da Criança e Assistência Social, na Praça do Viva, no Anjo da Guarda. A ação integra as políticas públicas da Assistência Social implementadas na gestão do prefeito Edivaldo Holanda Júnior.

De acordo com a secretária da Semcas, Andréia Lauande, a mostra é um momento de coroação do trabalho realizado, que segue a orientação do prefeito Edivaldo em promover atividades que despertem a valorização cultural, o desenvolvimento de habilidades individuais e coletivas e a convivência comunitária.

"Este grande espetáculo mostra um pouco do trabalho que realizamos em nossos equipamentos sociais e reflete o compromisso da gestão do prefeito Edivaldo em proporcionar às nossas crianças, adolescentes e idosos, atividades que despertam habilidades artísticas e talentos, além do sentimento de pertencimento e valorização das comunidades. Agradeço todos os nossos parceiros e todas as instituições que fazem parte do SCFV", afirmou Andréia Lauande.

A Mostra de Talentos 2018 traz como tema central 'Meio Ambiente Sustentável uma ação de Todos' e ainda 10 subtemas: Lixo, Dengue e outras doenças, Água, Reciclagem, Reaproveitamento, Desastres Socioambientais, Ecossistemas, Consumo Consciente, Energia Limpa, Saúde e Bem Estar.

Na abertura, as crianças e idosos atendidos pelo Centro de Referência de Assistência Social (Cras) Pedrinhas e União de Moradores do Bairro Pedrinhas levaram ao público uma mensagem importante de alerta e prevenção das queimadas na esquete "O Desmatamento Ambiental".

Para o adolescente José Henrique Moreira, 11 anos, que participou da apresentação, é importante chamar atenção de todos para proteção ambiental. " A natureza é fundamental para nossa sobrevivência, temos de proteger, cuidar e levar isso para nossas casas, amigos e todos os lugares que vamos. Hoje foi muito legal falar sobre isso para tantas pessoas", disse o adolescente.

Na abertura, ao todo, foram realizadas cinco apresentações. Além da esquete sobre o desmatamento ambiental, também ocorreu a apresentação de dança com o tema 'Revivendo a Infância', do grupo de idosos do Cras Anjo da Guarda; a dança 'Maculelê Ecológico, do Cras Maracanã e Associação do Menor Carente do Rio dos Cachorros. Apresentação da peça teatral 'Meio Ambiente e Vida', do Cras Vila Nova, Associação Beneficente de Mães da Vila Nova e Instituto Filantrópico e Educacional Dayse Daniele; o musical 'O ser humano tem valor', do Cras Vila Bacanga, União de Moradores da Vila Embratel e Clube de Mães da Nossa Senhora da Vitória.

MOSTRA

A Mostra de Talentos entrou para o calendário da Semcas há três anos, como culminância das atividades do SCFV, que é desenvolvido nos Centros de Referência e Assistências Social (Cras), os Centros de Convivência da Vila Luizão, Casa do Bairro e Circo Escola e por meio de instituições conveniadas.

O objetivo é promover a integração e a valorização dos talentos individuais e coletivos, fortalecendo a troca de experiências entre os diversos grupos do SCFV, bem como valorizar as diferentes formas de expressão artística.

Além da abertura, dando continuidade à programação serão feitas mais quatro apresentações em outros pontos da cidade, sendo uma no domingo (25), na Feirinha São Luís; outra na Reserva do Itapiracó; e ainda no Circo Escola, Cidade Operária.

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem