agencia

Notícias

Sábado, 24/11/2018 - 09h48

Prefeito Edivaldo acompanha atividades da Feira do Livro e recebe o carinho do público presente

Na ocasião, o prefeito Edivaldo e a primeira-dama Camila Holanda, conversaram com o público, artistas e escritores e acompanharam a programação cultural do evento que é o sexto realizado em sua gestão

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Prefeito Edivaldo visita FeliS e acompanha atividades do evento literário que tem espaço voltado para o público infantil

O prefeito Edivaldo Holanda Júnior, acompanhado da primeira-dama Camila Holanda, participou das atividades da 12ª Feira do Livro de São Luís (FeliS), na noite desta sexta-feira (23), no Multicenter Sebrae, Cohafuma. Durante a visita, o prefeito conversou com o público, interagiu com artistas e escritores, visitou estandes de livreiros e acompanhou a programação cultural. O maior evento literário do Maranhão reúne livreiros de vários estados e promove uma vasta programação educativa e cultural para todas as faixas etárias. A programação acontece das 10h às 22h, até este domingo (25).

"Esta é a décima segunda feira do livro e a sexta que temos a oportunidade de realizar. A FeliS é reconhecida não somente no Maranhão, mas em todo Brasil e a exemplo das demais edições, tem grande repercussão com a presença de palestrantes e escritores. É um evento de incentivo à produção cultural, valorização da leitura e estímulo ao turismo", disse o prefeito. O gestor reforçou que a Feira do Livro favorece a política implementada em sua gestão de democratização do acesso à cultura e de estímulo à leitura. O vereador Osmar Filho e secretários municipais também acompanharam o prefeito durante a visita à FeliS.

A cada parada do prefeito Edivaldo nos estandes, um momento para conversar com as pessoas que foram receptivas e elogiaram a organização e espaço do evento. A servidora pública Goreth Pereira, 42 anos, aproveitou a presença do prefeito e agradeceu pela oportunidade de participar da feira literária. Ela também é escritora e poeta, com quatro livros publicados e uma das expositoras da Feira. Ela agradeceu o apoio do prefeito que foi um grande incentivo para realizar o sonho de ser escritora. 

"Foi aqui nesse evento que eu tive a oportunidade de lançar meu primeiro livro e ser conhecida. Essa Feira é uma riqueza para quem gosta de ler e de escrever. Proporciona para nós o resgate da memória da nossa literatura", disse ela. A escritora acrescentou que se sente "felizarda por fazer parte desse momento e agradeço demais ao prefeito Edivaldo por manter essa Feira viva, por apoiar esse importante incentivo à leitura e espaço de divulgação do nosso trabalho".

O filho, Renato, de 10 anos, seguiu o exemplo da mãe e também se dedica às letras. Tem dois livros publicados, sendo um de cordel, exposto na Feira do Livro. "Eu sempre gostei de escrever e minha mãe me deu muito apoio. Eu estudo, brinco com meus amigos, mas escrever é uma realização para mim. Na Feira do Livro eu posso mostrar tudo que sei para as pessoas. É muito bom", disse o jovem. 

A primeira dama Camila Holanda destacou que a FeliS possibilita que o público conheça mais da arte literária maranhense, ao mesmo tempo em que permite que estudantes experimentem outro espaço de aprendizagem fora da sala de aula. "Nos alegra ver uma grande quantidade de pessoas, de todas as faixas etárias, prestigiando o evento e participando das atividades", destacou.

A FeliS representa ainda um apoio importante para o turismo pela variedade de opções na programação, reforça a secretária municipal de Turismo (Setur), Socorro Araújo, que acompanhou o prefeito durante a visita. "A Feira é importante para o turismo, pois sempre atrai visitantes. São diversas as caravanas que vêm à capital neste período e as pessoas procuram nossos produtos, serviços e querem saber da nossa história. Isso traz uma animação na cidade e quando ela está mais alegre, as pessoas gostam mais. O que temos ouvido é que é um sucesso", pontua. 

FEIRA

Nesta edição, a FeliS traz ao debate o tema 'A Brasilidade na Cultura Contemporânea', tendo como patrono o maranhense Graça Aranha. São mais de 70 estandes oferecendo mais de 500 atividades todos os dias de evento.

A FeliS possui auditórios para rodas de conversa e palestras, além de locais voltados cursos, oficinas e atividades dedicadas ao público infantil; estandes para promoção de oficinas e eventos literárias - Espaço da Juventude, Espaço Mulher, Espaço Criança Semed (Educação Infantil) e Espaço Criança Semed (Ensino Fundamental), Espaço Sesc de Leituras, Cine FeliS; além do Planetário e Carro Biblioteca, entre outros.

 

Além de Graça Aranha, a FeliS presta homenagem aos matemáticos maranhenses Joaquim Gomes de Souza e João Antônio Coqueiro. A FeliS é promovida pela Prefeitura de São Luís, por meio das secretarias de Cultura (Secult) e Educação (Semed), com correalização do Serviço Social do Comércio (Sesc) e Serviço de Apoio às Micros e Pequenas Empresas do Maranhão (Sebrae) e conta com patrocínio da Vale e Companhia Maranhense de Gás (Gasmar), apoio do Governo do Maranhão, Universidade Federal do Maranhão (UFMA), Universidade Estadual do Maranhão (Uema), Associação dos Livreiros do Maranhão (Alem) e empresa Potiguar.

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem