agencia

Notícias

Terça-feira, 04/12/2018 - 10h04

Prefeitura e parceiros promovem ações educativas e formação de laço humano em alerta contra a Aids

Atividades seguem até o dia 11 de dezembro com aconselhamento, rodas de diálogo, palestras e testes rápidos em ações nas universidades, escolas e instituições da capital; semana integra a política de saúde da gestão do prefeito Edivaldo

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Semana de combate à AIDS da Prefeitura e parceiros inicia com ações educativas e formação de laço humano

A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semus), iniciou nesta segunda-feira (3), as atividades alusivas à Semana de Combate à AIDS que prossegue com programação até o dia 11 de dezembro. No Campus da Universidade Federal do Maranhão (UFMA) foram realizadas ações educativas de prevenção, que tiveram como marco a formação do laço humano. A gestão do prefeito Edivaldo Holanda Júnior faz constantes investimentos nas ações de combate às Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs/AIDS), mantendo serviços em todas as unidades básicas de saúde da rede que estão aparelhadas para realizarem a testagem rápida para diagnóstico precoce.

A programação segue nesta terça-feira (4), quando serão desenvolvidas atividades na Universidade Estadual do Maranhão (Uema), das 8h às 17h. No local também haverá, às 16h, formação do Laço Humano. Na quarta-feira (5), no Colégio Sousândrade, Centro, terá oficinas e rodas de diálogo com jovens, das 14h às 16h.

O tratamento está disponível nos Centros de Testagem e Aconselhamento (CTA) do Lira e Anil, para pessoas assintomáticas; e no Serviço Especializado do Centro de Saúde de Fátima, onde uma equipe multiprofissional acompanha os pacientes sintomáticos. Além disto, as unidades de urgência e emergência atendem os portadores do HIV no tratamento das doenças intercorrentes.

O secretário municipal de Saúde, Lula Fylho, ressalta a abrangência da assistência oferecida pela rede. "A gestão do prefeito Edivaldo reorganizou os serviços, reformou os CTAs, ampliou a testagem, e assim, vem reduzindo o número de óbitos e aumentando a conscientização para termos um controle mais efetivo da infecção pelo HIV", disse.

A Semana de Prevenção à Aids conta com as parcerias institucionais da UFMA, Uema, Instituto Brasileiro de Políticas Públicas e Secretaria Estadual de Saúde e apoio do Fórum Maranhense das Respostas Comunitárias de Luta Contra as IST/AIDS e Hepatites Virais, Rede Nacional de Pessoas Vivendo com HIV e AIDS (Núcleo Maranhão) e o Instituto Brasileiro de Políticas Públicas (Ibrapp), entre outros.

PALESTRA 

Nesta segunda-feira (3), primeiro dia da programação que se estende até o dia 11 de dezembro com atividades variadas, a plateia formada por estudantes, lideranças comunitárias e profissionais de saúde, prestigiou a roda de diálogo de abertura, realizada na UFMA e proferida pelo influenciador digital maranhense Francisco Garcia, que é pessoa vivendo com HIV e que integra o projeto "A Vida Continua", uma iniciativa do Ibrapp.

Na ocasião, ele contou sua história após descobrir ser portador do vírus. Ele, que tem mais de 200 mil seguidores e já realiza palestra de alerta aos jovens, falou sobre a importância do diagnóstico precoce, que é fundamental para iniciar o tratamento e controlar a doença, zerando a carga viral. "Eu via a AIDS e o HIV como algo que nunca ia acontecer comigo, e quando tive o diagnóstico decidi que eu ia viver e fui buscar informações. Além de cuidar de mim, estou tentando combater o preconceito e conscientizar outras pessoas, especialmente os jovens", declarou.

A Semus também disponibilizou à comunidade universitária teste rápido, distribuição de preservativos, aconselhamento e rodas de diálogo. Outra atividade foi a formação do laço humano com os usuários do SUS, profissionais e gestores, que vestidos de vermelho, reproduziram o símbolo mundial da luta contra a AIDS.

PROGRAMAÇÃO

No dia 6, no Viva Bairro de Fátima, haverá mobilização com distribuição de preservativos e orientações na feira do bairro, às 16h. Neste mesmo dia, às 14h30, no auditório do Hospital do Servidor, mesa redonda sobre o cenário epidemiológico de São Luís e outra abordando a Profilaxia Pós-Exposição do HIV e Hepatite B. Ainda no dia 6, das 14h às 17h, no Ceuma Renascença, haverá teste rápido, aconselhamento, rodas de diálogo e palestra. A programação prossegue das 18h às 19h30, no bairro João de Deus, com aconselhamento, rodas de diálogo e palestras. Dia 8, da 8h às 12h, no Senai, Vila Esperança com ação social alusiva ao Dia Mundial de Luta Contra a AIDS.

No dia 11, fechando a programação, no auditório do Tribunal Regional do Trabalho (TRT), das 8h às 12h e das 14h às 17h, serão oferecidos teste rápido, aconselhamento, rodas de diálogo e palestra. À tarde, haverá ainda mesa redonda sobre o tema 'AIDS no Mercado de Trabalho'.

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem