agencia

Notícias

Sábado, 08/12/2018 - 09h59

Estudantes da rede municipal participam de ensaio geral da cantata "Mil Vozes de Natal"

Apresentação será dia 20 de dezembro, na Praça Deodoro e vai reunir aproximadamente mil estudantes da Prefeitura de São Luís; ação integra a política educacional implantada na gestão do prefeito Edivaldo e faz parte da programação natalina da capital

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

 

Estudantes da Rede Municipal realizam ensaio geral da Cantata Natalina

Estudantes da rede municipal de ensino da Prefeitura de São Luís se preparam para apresentar um belo espetáculo como parte da programação de Natal deste ano. Nesta semana as mil crianças que vão participar da cantata "Mil Vozes de Natal" se reuniram na quadra esportiva da Unidade de Educação Básica (U.E.B.) Maria Alice Coutinho, no Turu, em ensaio geral. A apresentação está marcada pra o dia 20 de dezembro, às 17h30, na Praça Deodoro, em um grande evento aberto ao público e que faz parte da programação natalina da capital. A ação integra a política educacional implantada na gestão do prefeito Edivaldo Holanda Júnior que, entre outros aspectos, estimula a arte como um importante elemento de aprendizado. 

Com mais vozes, mais músicas e a inserção de um novo elemento – coreografia, a Cantata Natalina dos estudantes da rede municipal será mais uma das grandes atrações promovidas pela Prefeitura de São Luís para as festas de fim de ano, que, além da Semed, tem o apoio da Secretaria Municipal de Cultura (Secult) e da Biblioteca Pública Benedito Leite.

"Nós já realizávamos todos os anos uma cantata com estudantes da rede. As escolas também fazem, isoladamente, dentro da comunidade onde estão localizadas, eventos festivos de Natal, com a participação dos familiares dos alunos. Mas, o projeto 'Mil Vozes de Natal' nasce numa perspectiva mais ampliada para brindar a cidade com um lindo coral, formado por crianças e adolescentes de 9 a 13 anos, que vão fazer história", assegura o secretário de Educação, Moacir Feitosa.

Participam do projeto "Mil Vozes de Natal", estudantes do 4º, 5º e 6º anos (Fundamental) das unidades de Educação Básica Esperança do Amanhã, Rubem Teixeira Goulart, Maria Alice Coutinho, e os anexos José Sarney e Luiz Pinho. "O trabalho com os alunos teve início em agosto, após apresentação do projeto às escolas e a seleção dos participantes", conta Adryanah Carvalho, assessora de Projetos Especiais da Secretaria de Educação de São Luís.

Adryanah Carvalho, também responsável pelo projeto Prefeito Criança, da pasta de Projetos Especiais, diz que não foi fácil reunir os estudantes para os ensaios da Cantata Natalina, mas afirma que a parceria das escolas – professores, gestores e coordenadores pedagógicos – foi fundamental para o resultado alcançado. "Aguardamos um grande público para o dia 20, na Praça Deodoro, certos de que demos o nosso melhor, e teremos um grande evento, de sucesso", fala Adryanah.

A assessora de Projetos Especiais da Semed assegura que, para além das brincadeiras e risadas que surgiram durante os ensaios, os quais alegraram as crianças e adolescentes, o projeto "Mil Vozes de Natal" já nasce forte e maduro, o que foi demonstrado na concentração, disciplina e desenvoltura com que os estudantes interpretaram as músicas e a coreografia. "Estou muito feliz e satisfeita com o resultado. Obrigada aos nossos grandes parceiros, os educadores", assinalou Adryanah.

Uma das professoras que muito contribuiu para o sucesso do projeto foi Adriana de Aguiar Garcês, que leciona para o 2º ano nas unidades Maria Alice Coutinho e Rubem Ferreira Goulart. Ela coordenou o projeto na U.E.B. Maria Alice Coutinho, estando à frente dos ensaios e coreografias, e apoiou as demais escolas no item coreografia. "Já havia trabalhado com grupos menores e por isso a gestora pediu para eu estar à frente deste. Vejo a coreografia, os movimentos, como parte importante da música, ajudando a passar melhor a mensagem", diz Adriana.

A professora fala ainda que a arte é um componente curricular que deve ser mais bem trabalhado e fomentado no ambiente escolar. "Na música, os movimentos chamam a atenção, dão uma sinergia a mais, e até comovem, além de todo o aprendizado que é gerado", afirma Adriana Garcês. Para o dia 20, também está programada ainda a apresentação do corpo de baile do Programa Dançando e Educando (da Semed), da cantora lírica Maria Itkovick, e de solistas da Escola Municipal de Música (EMMUS).

Gabriella Mendonça, 9 anos, da U.E.B. Esperança do Amanhã, diz que gosta muito de cantar, mas não tem preferência de estilo musical. "Gosto de todo tipo de música, inclusive das de Natal. Estou feliz de participar da cantata", comentou. Daniel Duarte Ferreira, 9 anos, do Anexo Luís Pinho, falou que teve incentivo da professora e dos pais para participar da cantata. "Minha família ficou alegre e me incentivou, pois sabem que gosto de cantar", disse Daniel.

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem