agencia

Notícias

Domingo, 09/12/2018 - 12h18

Prefeitura reúne cerca de 1.500 crianças e adolescentes no encerramento do 1º Festival Esportivo

Evento organizado pela gestão do prefeito Edivaldo foi realizado no Parque do Bom Menino e uniu estudantes de escolas públicas municipais, comunitárias e integrantes de instituições atendidas pela Prefeitura em uma manhã de lazer e práticas esportivas

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Prefeitura de São Luís promoveu atividades  e distribuiu kits esportivos no encerramento do Festival EsportivoMovimento, interação e socialização através do esporte deram o tom da grande festa de encerramento do 1º Festival Esportivo realizado pela Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Semdel). A culminância do evento reuniu, nesse fim de semana, no Parque do Bom Menino, cerca de 1.500 crianças e adolescentes de escolas públicas municipais, comunitárias e integrantes de instituições atendidas pelo Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV), mantido pela Secretaria da Criança e Assistência Social (Semcas), para a prática das mais diversas atividades esportivas. A ação, realizada por orientação do prefeito Edivaldo Holanda Júnior, tem como foco despertar o estímulo ao esporte e criar alternativa de diversão e promoção de cidadania. Na ocasião, a Prefeitura distribuiu kits esportivos às escolas e instituições participantes, compostos por bolas de futebol, futsal, handebol e basquete, 10 cones e pandeiros para as atividades de capoeira.

Segundo o titular da Semdel, Rommeo Amin,que esteve presente no encerramento do evento, o 1º Festival Esportivo correspondeu plenamente às expectativas da organização, em termos de número de participações e objetivo almejado. "As modalidades foram desenvolvidas por meio de circuitos não competitivos, porque a nossa intenção é trabalhar a interação, a inclusão social e os valores importantes para a construção da cidadania dessas crianças. E o nosso propósito, por determinação do prefeito Edivaldo, é expandir o projeto para podermos atender um número cada vez maior de crianças e adolescentes", ressaltou Rommeo Amin.

No encerramento, as crianças participaram de disputas nas modalidades de futebol, futsal, atletismo, basquete, capoeira, futebol de campo, handebol e voleibol. As competições foram realizadas nas diversas quadras e áreas do Parque do Bom Menino. O encerramento do evento contou ainda com atividades recreativas e educativas, orientadas por cerca de 30 monitores e sete coordenadores.

Parte dos meninos e meninas que participam do Festival é oriunda de Núcleos com atividades atendidas e conveniadas com a Prefeitura de São Luís, a exemplo do Programa Movimento e Resgate, da Semdel, que leva atividades esportivas e recreativas a crianças de vários bairros de São Luís. Todo o material utilizado no Festival para as práticas esportivas - bolas, redes, equipamentos de proteção e demais acessórios - foi fornecido pela Semdel. As crianças participantes do evento também receberam lanche ao final das atividades.

Congregando esporte, diversão e a cidadania, o 1º Festival Esportivo realizado pela Prefeitura de São Luís iniciou no dia 17 de novembro, com atividades desenvolvidas em quatro fins de semanas consecutivos. Participaram crianças e adolescentes na faixa etária dos 7 aos 15 anos. Todas as atividades desenvolvidas foram realizadas em uma perspectiva da ludicidade, da socialização e da integração, motivo pela qual não houve distribuição de medalhas e troféus. "Aqui não há vencidos, todos são vencedores. Só o fato de estarem aqui participando de uma ação esportiva, brincando e se socializando já é um grande passo que essas crianças dão", frisou Rommeo Amin.

Ainda conforme o secretário, a ação visa ainda estimular as habilidades dos participantes, oportunizando a eles experimentar as modalidades esportivas que quiserem. Foi assim que a estudante Heloísa Marques, 8 anos, uma das crianças participantes do Festival, descobriu que tem grande potencial para o atletismo. "Participei de várias atividades, mas gostei mesmo foi de corrida. Agora quero praticar mais e, quem sabe, me tornar uma corredora no atletismo", disse a menina.

Já o estudante Mateus Oliveira, 12 anos, já sabe muito bem o que quer. Futebol é a sua grande paixão e para se transformar no atleta de grande performance que pretende ser ele já pratica regularmente a modalidade no Programa Movimento Resgate. "Futebol é tudo pra mim. E eu adorei participar do Festival porque tive várias oportunidades de competir e treinar ainda mais", relatou o garoto.

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem