agencia

Notícias

Sexta-feira, 11/01/2019 - 15h51

Prefeitura apresenta ao Conselho Municipal de Assistência Social avanços da gestão Edivaldo na área

Entre as conquistas apresentadas pela Semcas, destacam-se a ampliação da rede, entrega de Centros-Dia, descentralização do atendimento, entre outras medidas que impactaram positivamente a população nos seis anos de gestão do prefeito Edivaldo

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

A secretária Andréia Lauande durante apresentação dos avanços da gestão ao Conselho Municipal de Assistência SocialA Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal da Criança e Assistência Social (Semcas), apresentou ao Conselho Municipal de Assistência Social (CMAS), os avanços da política socioassistencial da gestão do prefeito Edivaldo Holanda Júnior nos seis anos que compreendem suas duas gestões, durante o painel "A Política de Assistência Social no município de São Luís: construindo um novo caminho". O evento aconteceu na Casa dos Conselhos, nesta sexta-feira (11) e faz parte de um cronograma de apresentações nos demais Conselhos de Direitos da capital.

Entre os avanços elencados na apresentação, destacam-se a ampliação da rede de unidades com 13 próprias; entrega de dois Centros Especializados para pessoa com deficiência – Centros-Dia Adulto e Infantil; revitalização do Circo Escola, instalação da Central de Atendimento e posterior descentralização do atendimento do Cadastro Único (CadÚnico) para os 20 Centros de Referência de Assistência Social (Cras), realização de concurso público para a área da assistência, mesa de negociação entre os gestores e os trabalhadores do Sistema Único da Assistência Social (SUAS) visando a criação de planos de carreira, cargos e salários e modernização de todas as unidades da secretaria com a aquisição de 250 equipamentos de informática.

A Semcas também ampliou o número de vagas no acolhimento que passou de 90 para 370 e aumentou de forma expressiva os atendimentos e acompanhamentos de famílias do Serviço Proteção e Atendimento Integral à Família (PAIF) que em 2014 foram quase 40 mil famílias atendidas e em 2017 passou para cerca de 58 mil; já entre as famílias acompanhadas, em 2014 eram mais de 2.600 e hoje é cerca 8.100.

A secretária da Semcas, Andréia Lauande ressaltou as ações da gestão na promoção das políticas de assistência em São Luís e o empenho da gestão do prefeito Edivaldo na prestação de contas com a sociedade. "Hoje apresentamos os avanços dos serviços socioassistenciais ao Conselho Municipal de Assistência Social. É um momento importante de prestação de contas, onde damos transparências às ações realizadas pelas nossas equipes técnicas e mostramos também o compromisso da gestão do prefeito Edivaldo na construção de uma sociedade melhor e mais justa para a população, com a redução das desigualdades sociais e a garantia dos direitos e proteção das famílias, crianças, adolescentes, idosos e pessoas com deficiência da nossa capital", disse a secretária.

O conselheiro Vílson Morais da Silva, destacou a importância da apresentação dos serviços no Conselho. "É fundamental trazer para o espaço do Conselho de Assistência a discussão dos avanços das políticas públicas, já que aqui é onde se fiscaliza e também fazemos a construção das políticas que garantem os direitos dos cidadãos", afirmou.

O painel sobre a "Política de Assistência Social no município de São Luís: construindo um novo caminho", elencou as principais ações de destaque da gestão nos últimos seis anos. Entre elas estão conquistas importantes como a ampliação do número de equipamentos sociais e maior qualificação na oferta dos serviços e do atendimento.

CONSELHO

O Conselho Municipal de Assistência Social tem a função de acompanhar, avaliar e fiscalizar a execução da política de assistência social na capital e também de fazer o acompanhamento e avaliação da aplicação dos recursos municipais e da gestão financeira. É composto por representantes governamentais – servidores que representam a Prefeitura e que atuam nas secretarias – e pela sociedade civil, por meio de entidades sociais que prestam serviços e defendem usuários e trabalhadores assistencialistas.

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem