agencia

Notícias

Sexta-feira, 22/02/2019 - 09h56

Mostra fotográfica sobre dança popular entra em cartaz quinta-feira (28) na Galeria Trapiche

Exposição 'Entre Passos', dos artistas Edi Bruzaca e Emanuely Luz, fica em cartaz até o dia 5 de abril e retrata brincantes de tambor de crioula, cacuriá e dança do lelê

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Uma das imagens que integra a exposição na Galeria TrapicheCorpos que se movimentam ao som da cultura eternizados em fotografias. Esse é o teor da mostra Ocupação Trapiche com o tema 'Entre Passos', dos artistas Edi Bruzaca e Emanuely Luz, que entra em cartaz na quinta-feira (28), às 18h30, na Galeria Trapiche. A exposição traz registros de brincantes de tambor de crioula, cacuriá e a dança do lelê, com destaque para o movimento de saias e pés, giros e ritmos proporcionados por essas manifestações culturais maranhenses. A Galeria é um equipamento da Prefeitura de São Luís, administrado pela Secretaria Municipal de Cultura (Secult), que fica localizado na Praia Grande, em frente ao Terminal de Integração. A mostra e fica em cartaz até o dia 5 de abril.

"Essa é a primeira Ocupação Trapiche de 2019, evento que acontece desde 2016 e foi criado para dinamizar a Galeria e para que o processo de ocupação seja mais transparente e democrático. A exposição 'Entre Passos' traz fotografias com as temáticas dança, corpo e movimento, além de incluir rodas de conversa", explica a diretora da Galeria Trapiche, Camila Grimaldi.

MOVIMENTO

A exposição tem como objetivo enaltecer o ato de se movimentar, enfatizando que o movimento é uma forma que o ser humano tem para se manifestar, expressar ou se sentir livre. "Compreende-se a fluidez das brincantes rodopiando em seu próprio eixo deixando seu corpo ser impactado pelo compasso sonoro dos tambores. Assim, acredita-se que através da captação das imagens, os visitantes da exposição sejam capazes de perceber o envolvimento dos brincantes, a sua entrega ao ritmo e a sua liberdade de expressar com o corpo", explica Edi Bruzaca.

Formado em Arte Visuais pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA), Edi Bruzaca é maranhense e iniciou suas atividades com fotografia por curiosidade de registrar a arte urbana, em 2012, e se apaixonou por registrar momentos da vida. Também maranhense, Emanuely Luz começou na fotografia em 2013 e as suas imagens refletem as vivências e experiências do dia a dia. Tem formação em Turismo pela UFMA e Administração pela Universidade Estadual do Maranhão (Uema). Atualmente, dedica-se a retratar a cultura popular maranhense.

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem