agencia

Notícias

Sexta-feira, 22/02/2019 - 17h42

Prefeitura define estratégias para o trabalho nas escolas da rede municipal em Jornada Pedagógica

Encontro que reúne educadores em todas as escolas da rede pública municipal de ensino, estimula o planejamento para o próximo ano letivo

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Professores se reúnem em Jornada Pedagógica na escola Luiz Viana, AlemanhaAs Unidades de Educação Básica (U.E.Bs.) da rede pública municipal de São Luís encerra nesta sexta-feira (22), o ciclo de debates, palestras e planejamento que marcam o início do ano letivo com a Jornada Pedagógica. Trata-se de um momento de avaliação das ações realizadas no ano anterior, com revisão do Projeto Político Pedagógico, avaliação institucional, resgate das melhores atividades, escolha dos gêneros literários a serem utilizados no novo ano letivo e dos projetos didáticos (temáticos), além de esboço do plano de ação da escola – instrumento que vai orientar o trabalho a ser desenvolvido no decorrer do ano letivo.

"A jornada pedagógica é um momento extremamente importante para a definição de estratégias que irão nortear o trabalho nas nossas unidades de ensino. São várias as pautas levantadas para discussão, que levam em conta tanto o trabalho da gestão escolar, quanto de coordenadores, professores e demais servidores, além do fortalecimento de parcerias e do relacionamento da escola com a comunidade na qual está inserida. A Semed, por meio das suas superintendências e da Coordenação de Formação dos Coordenadores Pedagógicos, sugere a pauta da Jornada às escolas, e estas, por sua vez, fazem a devida adequação à sua realidade. O calendário de eventos também deve ser construído com base no calendário oficial da Prefeitura de São Luís, enviado às escolas pela Semed", explica o secretário municipal de Educação, Moacir Feitosa.

Seguindo recomendação da Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), algumas escolas, do calendário 1, fizeram uma semana inteira de Jornada Pedagógica - de segunda (18) a sexta (22); e as demais, do calendário 2, realizaram o encontro em dois dias - quinta (21) e sexta (22).

Na Unidade de Educação Básica (U.E.B.) Luís Viana, localizada no bairro Alemanha, aconteceram esta semana três encontros específicos de trabalho voltados para a realização da Jornada Pedagógica. Um deles reuniu, no auditório da U.E.B., os professores e coordenadores pedagógicos da própria unidade de ensino; o outro envolveu a Escola Municipal Integral Bilíngue Libras/Língua Portuguesa Escrita; e o terceiro grupo de trabalho reuniu educadores de oito escolas de Educação Infantil da zona rural de São Luís que realizaram sua jornada pedagógica.

ZONA RURAL 

A sala de aula da U.E.B. Luís Viana utilizada pelos professores da Educação Infantil da zona rural ficou lotada. A professora Maria da Conceição de Castro, gestora da U.E.B. Infantil Mário Pereira (Vila Sarney), foi uma das organizadoras da Jornada Pedagógica que reuniu as escolas da zona rural, entre elas Meus Amiguinhos, Rio Grande, Gomes de Sousa, Cleonice Lopes, e anexo Santa Maria da U.E.B. Mindinho.

"A Jornada Pedagógica reflete o pensar em unidade na rede municipal. É um momento de avaliar e planejar o que faremos no decorrer do ano letivo. A Base Nacional Comum Curricular para a Educação Infantil foi um dos pontos mais destacados, pois a mesma precisa ser aplicada nas escolas até 2020", esclareceu a gestora Maria da Conceição de Castro.

Os professores da Educação Infantil da zona rural receberam os educadores e palestrantes Antonio Rocha e Genilson Chagas, que falaram sobre 'As 10 competências gerais à luz da BNCC para a Educação Infantil'. Os palestrantes utilizaram exemplos práticos e lançaram ideias de como os professores podem trabalhar as competências gerais utilizando as metodologias ativas (Sócio emocionais, Cognitivas, de Autoconhecimento, e de Responsabilidade e Cidadania).

"As metodologias ativas incentivam a participação dos estudantes, coloca-os como protagonistas e desenvolve o saber fazer, que é hoje um princípio básico da educação", disse a gestora Maria de Castro. A professora Layna Kariny Freire Azevedo, da U.E.B. Meus Amiguinhos, destacou que a jornada "é um estímulo para o trabalho que será desenvolvido durante o ano letivo".

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem