agencia

Notícias

Sábado, 16/03/2019 - 10h21

Prefeitura promove ação em homenagem ao Dia Internacional da Mulher para as agentes de limpeza

A ação, que contou com apresentação teatral e uma roda de conversa, faz parte da política de capacitação e valorização das profissionais do Sistema de Limpeza Urbana de São Luís colocada em prática pela gestão do prefeito Edivaldo

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Rodas de conversa e apresentações culturais fizeram parte da programação da ação em homenagem às mulheres que integram o sistema de limpeza

Agentes e outras profissionais do serviço de limpeza urbana da capital participaram de uma ação, promovida pela Prefeitura de São Luís, em homenagem ao  Dia Internacional da Mulher. A atividade, que aconteceu na sexta-feira (15), foi coordenada pelo Comitê Gestor de Limpeza Urbana e contou com apresentação teatral e uma roda de conversa com o tema "Autonomia Feminina". A ação faz parte da política de capacitação e valorização dos profissionais do Sistema de Limpeza Urbana de São Luís,  colocada em prática na gestão do prefeito Edivaldo Holanda Júnior, e desta vez foi voltada apenas para as mulheres, já que em março celebra-se o Dia Internacional da Mulher (08) e Dia da Mulher Maranhense (10). O Sistema de Limpeza Urbana de São Luís conta com mais de 130 mulheres que ocupam funções administrativas e operacionais.

A primeira-dama de São Luís, Camila Holanda, participou do encontro das mulheres da limpeza urbana e falou da importância da ação. "É uma alegria muito grande poder conhecer um pouco de cada uma das mulheres que trabalham na limpeza urbana da nossa cidade e poder conversar com elas, compartilhando nossas trajetórias de vida e desafios que cada uma de nós mulheres enfrentamos com muita fé e perseverança. Essa é uma oportunidade também para poder parabenizá-las pela importante contribuição que dão para São Luís", disse.

A presidente do Comitê Gestor de Limpeza Urbana, Carolina Moraes Estrela, destacou que o objetivo do encontro foi promover a reflexão das profissionais da limpeza urbana sobre temas importantes para as mulheres na atualidade. "É fundamental repassarmos a todas as mulheres uma mensagem que fale de empoderamento, de empatia feminina, quebrando os tabus e estereótipos existentes sobre as mulheres. Mais que um encontro de agentes de limpeza urbana este é um momento de troca de vivências entre mulheres para que todas entendam que juntas somos mais fortes", disse.

PROGRAMAÇÃO

A programação realizada na Casa do Maranhão começou a partir das 15h com uma recepção feita pelo grupo maranhense Xama Teatro, seguido da apresentação do espetáculo "Mulheres de Oslo", uma performance poética com textos de Leminski, Cecília Meireles, Eduardo Galeano que conta a história de uma mulher que esteve nas neves do norte de Oslo (Noruega) e em uma noite conhece outra mulher que canta e conta. Entre canções e canções, essa mulher conta boas histórias e as conta espiando papeizinhos, como quem lê a sorte de soslaio.

Em seguida aconteceu a roda de conversa com o tema "Autonomia Feminina" onde foram debatidos temas como a participação feminina no mercado de trabalho, direitos das mulheres, empoderamento feminino, sorororidade, etc. Este foi o momento em que as profissionais do Serviço de Limpeza Urbana de São Luís puderam compartilhar suas histórias de vida, falar das suas dificuldades diárias e, principalmente, dos objetivos que almejam.

AS PROFISSIONAIS 

Domingas Cruz trabalha na varrição de ruas e falou sobre o sentimento de invisibilidade que as profissionais da limpeza urbana enfrentam. "Não é todo mundo que fala conosco enquanto estamos nas ruas, fazendo nosso trabalho. Sou muito orgulhosa de ser agente de limpeza porque com esse trabalho eu ajudo a cuidar da cidade e garanto o sustento da minha família, mas ainda têm pessoas que precisam entender que nosso trabalho é tão importante quanto qualquer outro e que nós somos gente também", afirmou.

Já Noêmia Sousa de Lima, que também trabalha na varrição, falou que é importante reunir todas as profissionais para que elas possam falar do seu dia a dia e trocar experiências. "A gente trabalha em equipes, então, ter um momento como este é bom porque a gente pode falar dos problemas que enfrentamos e trocar experiências que podem ajudar a gente no dia a dia, melhorando o nosso serviço e até em outras questões da vida mesmo", comentou.

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem