agencia

Notícias

Domingo, 24/03/2019 - 08h29

Prefeitura promove mais limpeza no bairro da Forquilha com coleta de resíduos volumosos e capina

Ações de bota-fora iniciaram no bairro na sexta (22) e teve como finalidade promover o descarte ambientalmente correto em consonância com a política implementada no setor pelo prefeito Edivaldo; próxima ação será no Bequimão

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Prefeitura realizou ação de limpeza no bairro Forquilha nesta sexta (22) e sábado (23) A manhã deste sábado (23) foi de ampliação dos serviços de limpeza urbana na Forquilha. O bairro está recebendo o bota-fora, iniciativa da gestão do prefeito Edivaldo Holanda Júnior que garante à população o descarte ambientalmente adequado dos resíduos volumosos, evitando, com isso, o despejo irregular de resíduos nas vias públicas da cidade. As ações de limpeza foram intensificadas no período de chuvas para coibir a proliferação do mosquito Aedes aegipty, evitando problemas de saúde pública. Dias 29 e 30 a ação ocorrerá no bairro Bequimão.

O bota-fora é uma oportunidade para o cidadão descartar corretamente os resíduos volumosos. Durante todo um final de semana a Prefeitura de São Luís dispõe caçambas que ficam passando por todas as ruas do bairro. Ao cidadão cabe colocar em sua porta tudo aquilo que deseja descartar. Para que todos fiquem bem informados dos dias e horários do bota-fora são feitas reuniões prévias com a comunidade e um carro de som circula pela área, informando os moradores sobre o recolhimento.

A presidente do Comitê Gestor de Limpeza Urbana, Carolina Moraes Estrela, informa que a ação é mais um dos serviços dispostos pela Prefeitura de São Luís com o objetivo de combater o descarte irregular e conscientizar a população para a adoção de práticas mais sustentáveis. "A responsabilidade por estes resíduos é da população, que deve levá-los voluntariamente em um dos Ecopontos da cidade. Entretanto, como há regiões onde ainda não foram implantados Ecopontos ou onde o volume do descarte irregular é elevado, nós fazemos o bota-fora para dar as condições para a população realizar o descarte correto", ressalta.

BOTA-FORA FORQUILHA

Para a Forquilha, onde ocorreu o bota-fora neste fim de semana, foi definido um raio de ação de 15 ruas. Além do recolhimento dos resíduos volumosos, foi feita a capina e roçagem das vias onde havia necessidade do serviço. Os pontos de descarte irregular pelo bairro também foram limpos por meio dos serviços de remoção manual e mecanizada. As ações de limpeza no bairro Forquilha são constantes. A coleta domiciliar é feita de forma regular toda terça, quinta e sábado no período diurno.

"Com esta ação nós entregamos o bairro limpo e organizado aos moradores. Após isso, a fiscalização na área é reforçada para que o cidadão entenda que esta é uma responsabilidade compartilhada e que é dever dele manter a limpeza da sua rua e fazer o manejo correto de todos os resíduos que ele gera. O bota-fora é uma ação de limpeza para organizar a cidade", explica Carolina Moraes Estrela.

RESÍDUOS VOLUMOSOS

Os chamados resíduos volumosos são aqueles que apresentam grandes volumes e dificuldade de manejo. São compostos principalmente por móveis, eletrodomésticos, pneus, sucatas, entulhos etc. Estes resíduos não são recolhidos pelo serviço de coleta domiciliar porta a porta, cabendo ao cidadão fazer a destinação ambientalmente adequada, conforme prevê a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) – Lei Federal 12.305/2010.

Entretanto, estes resíduos costumam geralmente ser abandonados pela população em locais públicos, provocando problemas como o entupimento de bueiros e galerias, o que compromete o escoamento da água das chuvas, formando pontos de alagamento, além de facilitar a proliferação de insetos vetores de doenças como a dengue, o zika vírus e a febre chikungunya.

Para coibir esta prática a Prefeitura de São Luís está implantando Ecopontos pela cidade. Já são 11 em pleno funcionamento. Dando continuidade à ampliação desta política 10 novos Ecopontos devem ser entregues ainda este ano. Um deles já está com as obras concluídas, aguardando a inauguração (Ecoponto Cidade Operária - Unidade 205). Outros dois já estão em obras (Ecoponto Itapiracó e o Ecoponto Centro, que será o primeiro a ter um galpão de triagem para cooperativa de catadores de materiais recicláveis). Ainda para este semestre está previsto o início das obras dos Ecopontos Sacavém e Vila Isabel.

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem