agencia

Notícias

Quinta-feira, 04/04/2019 - 15h38

Prefeitura de São Luís leva estudantes da rede municipal ao Centro Cultural do Ministério Público

Alunos conheceram o local que abriga exposições e eventos de arte e puderam participar de oficina de pintura ministrada pelo artista plástico Fábio Vidotti

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Estudantes da rede municipal de São Luís puderam conhecer o Centro Cultural do Ministério Público A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), proporcionou aos estudantes do 5º ano do Ensino Fundamental da Unidade de Educação Básica (U.E.B.) Gomes de Sousa, na Vila Maranhão, uma visita na manhã desta quinta-feira (4), ao Centro Cultural do Ministério Público do Estado do Maranhão, no Centro. A ação integra a política de incentivo à educação da gestão do prefeito Edivaldo Holanda Júnior que, por meio do Núcleo de Educação e Cultura (NEC) da Semed e outros setores e departamentos da pasta da Educação, desenvolve projetos e programas de estímulo à arte e valorização da cultura local e nacional. Além de conhecer as exposições em cartaz no local, os estudantes puderam participar de oficina de pintura ministrada pelo artista plástico Fábio Vidotti.

O titular da Semed, Moacir Feitosa, destaca as atividades educativas e culturais realizadas pela Semed como forma de incentivo à arte e à literatura entre os estudantes das escolas públicas municipais. "Há muitos projetos desenvolvidos individualmente por nossas unidades escolares que visam o estímulo à arte, além de programas maiores, em parceria com o Governo Federal e organismos públicos e privados que estimulam as habilidades artísticas de nossos estudantes, como é o caso do Programa Dançando e Educando, o Ópera para Todos, e as oficinas de dança, música e teatro dos programas Mais Educação e Novo Mais Educação ", destaca Moacir Feitosa.

Na visita ao Centro Cultural do Ministério Público do Maranhão, os cerca de 40 estudantes da U.E.B. Gomes de Sousa conheceram o Memorial do Ministério Público, o espaço Multimídia, e o salão de exposições. Os alunos participaram de uma oficina de pintura com o renomado artista mineiro e autodidata, Fábio Vidotti. "Os alunos fizeram muitas perguntas e estavam ansiosos por participar da oficina e conhecer de perto o artista Fábio Vidotti. Essa ação é integradora, inclusiva e socializadora; muito importante para o desenvolvimento de nossos alunos", disse a professora do 5º ano Risolange Oliveira.

A professora Leir Pinheiro do Nascimento, gestora da U.E.B. Gomes de Sousa, parabenizou a Secretaria Municipal de Educação pelos diversos programas e projetos de incentivo à arte e à cultura que vem realizando na gestão do prefeito Edivaldo. "Para os estudantes da zona rural, então, esses projetos são essenciais, pois a maioria de nossas crianças e adolescentes que moram na zona rural não têm acesso a teatro, cinema, exposições e outras formas de expressão artística. Parabéns pela iniciativa", disse Leir Pinheiro.

A coordenadora do NEC/Semed, Joseana Lisboa do Rosário, informa que a Secretaria de Educação de São Luís mantém uma parceria com o Ministério Público. "O objetivo é promover as ações de fortalecimento da Educação na capital maranhense, tanto voltadas para os estudantes quanto para a formação e capacitação de professores". 

Fábio Vidotti é detentor de nove premiações regionais, já tendo feito mais de 50 exposições individuais de pintura e escultura. Ele usa várias técnicas para produzir seus trabalhos: escultura em metal e pintura com espátula, pincel, giz de cara e pintura a dedo são alguns exemplos. Com estudantes, ele prefere utilizar a técnica do giz de cera, pois é mais simples e acessível. E, assinala, "não vim ensinar ninguém a desenhar, mas a lidar melhor com o giz de cera, que já é uma realidade de muitos estudantes. Quero repassar o que aprendi e que isso sirva para o crescimento de cada estudante".

As alunas Beatrizze da Silva Pacheco, 9 anos, e Yasmin Vitória Ferreira Diniz, 10 anos, estavam entre as participantes da oficina de pintura com Fábio Vidotti. "Gosto muito de desenhar flores, casa e a minha família, mas acho que não sei pintar muito bem. Creio que aqui vou aprender algumas boas técnicas", disse Beatrizze. "O que eu mais gosto de desenhar e pintar são cabelos de bonecas, e também casa e coração. Espero aprender a pintar melhor", falou Yasmin, destacando que gostou muito do passeio e da visita ao Centro Cultural do Ministério Público.

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem