agencia

Notícias

Quarta-feira, 08/05/2019 - 14h10

Prefeitura de São Luís apoia campanha Maio Roxo que alerta para Doenças Inflamatórias Intestinais

Para chamar a atenção da população para a causa, em 19 de maio, Dia Mundial da Doença Inflamatória do Intestino, a gestão do prefeito Edivaldo iluminará diversos prédios da capital com a cor da campanha

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Sede da Prefeitura foi iluminada para a campanha Maio Roxo que alerta para Doenças Inflamatórias IntestinaisUma programação extensa tem sido colocada em prática durante a campanha Maio Roxo, que objetiva alertar e difundir informações para a sociedade sobre o combate a Doenças Inflamatórias Intestinais (DII), como colite ulcerativa e doença de Crohn, entre outras. A campanha tem apoio da Prefeitura de São Luís e para marcar a ação, o prefeito Edivaldo Holanda Junior determinou que o Palácio La Ravardière, sede da Prefeitura, fosse iluminado com a cor roxa. O Dia Mundial da Doença Inflamatória do Intestino é 19 de maio e neste dia, importantes prédios públicos da capital também serão iluminados pela Prefeitura com a cor da campanha.

Em São Luís, a campanha iniciou no sábado (4) com uma caminhada com saída do Parquinho da Avenida Litorânea. O encerramento será no dia 26 de maio na Feirinha São Luís, no Centro Histórico.  A Feirinha já recebeu, no último domingo (5), equipes de saúde que ocuparam um estande no local para repassar informações sobre a campanha. As atividades devem se repetir no local no próximo domingo (12), a partir das 8h. No dia 18, entre as 10h e 21h e dia 19, entre 14h e 21h, será realizado um workshop de conscientização sobre a doença no São Luís Shopping, no bairro Jaracati.

 

"A programação conta ainda com panfletagem no núcleo do fígado e Ceuma. No dia 21 estaremos reunidos com representantes da Secretaria Estadual de Saúde e no dia 24 numa solenidade que a OAB vai promover para os pacientes com DII", explica a vice-presidente da Associação Maranhense de Doenças intestinais inflamatórias (AMADII), Sandra Oliveira.

A programação do Maio Roxo tem participação de clínicas e outras entidades dedicadas ao atendimento de pacientes com doenças do aparelho digestivo. As enfermidades podem se manifestar de outras formas como problemas oculares, articulares, de pele, aftas orais, de vias biliares e fígado. Em pacientes diagnosticados, há o risco de câncer colorretal. Daí a recomendação médica de realização periódica de colonoscopia.

DOENÇA

As doenças inflamatórias intestinais não têm cura e suas origens não estão esclarecidas. São geralmente diagnosticadas a partir dos 30 anos e em ambos os sexos. Os pacientes podem ter limitações temporárias ou definitivas de suas rotinas de trabalho, bem como de convivência social e familiar. Conforme o caso, o paciente poderá apresentar abalos de imagem, com dificuldades para ganho de peso, aparecimento de fístulas, interferindo inclusive na vida sexual.

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem