agencia

Notícias

Segunda-feira, 13/05/2019 - 15h47

Prefeitura de São Luís promoverá nesta sexta-feira (17) Dia D de Combate à Homofobia

Evento será na Universidade Federal do Maranhão com palestras, rodas de conversa e apresentação de pesquisa; data é referência ao dia em que a Organização Mundial da Saúde (OMS), em 1990, retirou a homossexualidade da Classificação Internacional de Doenças (CID)

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semus) promoverá sexta-feira (17), o Dia D de Combate à Homofobia, cujo tema é "Avanços e Desafios da Política Nacional de Saúde Integral de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais em São Luís". O evento será no Centro Pedagógico Paulo Freire (miniauditório 301 Norte) do campus do Bacanga da Universidade Federal do Maranhão (UFMA) e a programação, que acontecerá das 13h30 às 17h, integra a campanha Maio Colorido. A data é referência ao dia em que a Organização Mundial da Saúde (OMS), em 1990, retirou a homossexualidade da Classificação Internacional de Doenças (CID).

O secretário municipal de Saúde, Lula Fylho, diz que o Dia D, promovido pela Semus, vai ressaltar a importância da promoção da saúde integral de lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais. "Trabalhamos para assegurar os direitos das pessoas LGBTT, e na rede municipal de saúde temos ações permanentes de acolhimento, oferta de serviços e assistência para essa população específica", explica.

A abertura acontecerá às 13h30, e em seguida o enfermeiro da Semus, Jadilson Neto, falará sobre os avanços da política nacional de saúde integral. A programação também contempla uma roda de conversa sobre o impacto da homofobia na saúde mental da população LGBTT, coordenada pelo psicólogo da UFMA, João Cabral; e das 16h às 17h, será apresentada a pesquisa sobre acesso desse público aos serviços de saúde de atenção básica.

Para a coordenadora da Saúde do Idoso e Adulto da Superintendência de Ações da Semus, Kardene Rodrigues, o evento vai contribuir para quebrar preconceitos, romper paradigmas e entender as necessidades deste público.

Programação

13h30 – Abertura do Dia D

14h – Palestra: "Avanços e Desafios da Politica Nacional de Saúde Integral de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais em São Luís" - Jadilson Neto (enfermeiro e referência técnica das políticas de equidade em Saúde da Semus)

15h – Roda de Conversa: O impacto da Homofobia na saúde mental da população LGBTT - João Cabral (psicólogo da UFMA)

16h às 17h - Apresentação da Pesquisa: Acesso da População LGBTT aos Serviços de Saúde na Atenção Básica de São Luís: Dificuldades, Avanços e Desafios - Vanessa Linhares (enfermeira)