agencia

Notícias

Sexta-feira, 24/05/2019 - 18h52

Atendidos por programas sociais da gestão do prefeito Edivaldo vivenciam a magia do circo em tarde de espetáculo

Participaram da atividade famílias de crianças, adolescentes e idosos de equipamentos sociais mantidos pela gestão do prefeito Edivaldo; ação foi uma parceria entre a Prefeitura e o Circo Maximus

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Prefeitura levou famílias assitidas por programas sociais para uma tarde no Circo MaximusMalabarismo, show de mágica, acrobacias e muita diversão. Assim foi a tarde de famílias atendidas por equipamentos sociais da Prefeitura de São Luís. Por meio da ação, promovida pela gestão do prefeito Edivaldo Holanda Junior na tarde desta sexta-feira (24) em parceria com o Circo Maximus, muitas pessoas tiveram oportunidade de, pela primeira vez, se encantarem com a magia do circo. Entre os objetivos da ação, promover a integração e uma tarde diferente na rotina dos público beneficiado com os serviços executadas pela Secretaria Municipal da Criança e Assistência Social (Semcas).

O secretário municipal de Urbanismo e Habitação Mádison Leonardo, articulador da ação junto ao circo, esteve presente na apresentação representando o prefeito Edivaldo. "A gestão do prefeito Edivaldo se preocupa em, além de melhorar os serviços públicos, promover ações voltadas para a humanização. Nesta tarde agradável, foi muito bom reunir tantas pessoas e dar a elas a oportunidade de, ao lado de suas famílias, desfrutar de um momento de lazer", ressaltou o secretário.

Participaram da atividade famílias de crianças, adolescentes e idosos de equipamentos sociais como os Centros de Referência de Assistência Social (Cras) e os Centros de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), a Casa do Bairro, o Circo Escola, os Centros Dia Adulto e Infantil, a Casa de Passagem e a Casa de Acolhida Temporária, e de unidades vinculadas à Secretaria Municipal de Saúde, como o Centro de Atenção Psicossocial Infanto Juvenil (CAPSi).

O secretário adjunto da Criança e Assistência Social, Rodrigo Desterro, reforçou o objetivo da atividade. "A intenção da gestão do prefeito Edivaldo é dar oportunidade para que esse público possa participar de uma programação diferenciada. Chamar os familiares é uma forma de reforçar um dos objetivos do nosso trabalho em alguns desses equipamentos que trabalham com os serviços de convivência e fortalecimento de vínculos", destacou o secretário adjunto da Semcas.

Para o diretor do circo, Ben Hur Vieira, ações como essa são importantes para a preservação da cultura circense. "Essa é uma iniciativa louvável da Prefeitura de São Luís, que hoje traz ao circo pessoas que nunca tiveram oportunidade de apreciar esta arte. É como ações como essa que a arte circense se perpetua e vive, mesmo depois de tantos anos. Agradecemos à Prefeitura por essa parceria e por esta oportunidade de fazer com que o nosso trabalho possa emocionar muitos corações", disse.

As famílias puderam assistir atrações nacionais e internacionais que incluíram apresentações com diferentes personagens, como palhaços, transformers, malabaristas, trapezistas, acrobatas e, também, atrações como o pêndulo espacial e o famoso globo da morte com cinco motos. No local, acessibilidade e toda segurança desejável na estrutura com lona anti-chamas, além de cadeiras confortáveis, praça de alimentação e banheiros climatizados.

FAMÍLIAS

A ação promoveu a aproximação das famílias. Bernardete Ferreira acompanhou o filho Samuel, 11 anos, que tem autismo e é atendido pelo Centro de Atenção Psicossocial Infanto Juvenil (CAPSi), no Turu. "Foi muito bom participar desta tarde agradável e poder trazer meu filho ao circo e o meu sobrinho, que nunca tinham vindo", disse. "Os motoqueiros no globo da morte foi o que eu mais gostei. Foi uma tarde muito legal", contou Samuel Ferreira, 11 anos.

Crianças do Circo Escola, onde são desenvolvidas atividades como as de artes circenses, também participaram da iniciativa da gestão municipal. "Eu gostei demais das malabaristas. No Circo Escola a gente participa de umas atividades bem legais e foi muito bom ver de perto como eles fazem", destacou Carla Santos, 11 anos.

Idosos atendidos pelo Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCVF) também foram convidados e participaram da programação. "Eu já tinha vindo ao circo, mas é sempre bom participar de um momento como esse, ainda mais ao lado da família. Achei muito bacana e gostei de tudo", contou Maria da Anunciação Sousa, 66 anos, atendida pelo Cras do João de Deus.

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem