agencia

Notícias

Segunda-feira, 03/06/2019 - 08h33

Semana do Meio Ambiente terá ações de reforço à política ambiental implantada na gestão do prefeito Edivaldo

Uma ampla programação realizada de 4 a 7 de junho visa conscientizar e sensibilizar a população acerca da necessidade da preservação do meio ambiente, área que tem recebido incentivos da gestão do prefeito Edivaldo

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

 

Praça Gonçalves Dias foi uma das que receberam ações de plantio de mudas na gestão EdivaldoCom o desenvolvimento de uma gama de ações executadas na gestão do prefeito Edivaldo Holanda Junior, visando à preservação e à proteção do meio ambiente na capital, a Prefeitura de São Luís vai celebrar a Semana do Meio Ambiente, de 4 a 7 de junho, com uma ampla programação de atividades para conscientizar e sensibilizar a população acerca da necessidade do engajamento de todos nos cuidados com a natureza local e de suas responsabilidades com o planeta. Na ocasião, serão realizadas palestras e apresentações culturais abordando a temática; oficinas de reutilização de materiais recicláveis, exibição de filmes educativos, plantio de mudas nativas, entre outras atividades. A abertura do evento acontece às 14h do dia 4 de junho, no auditório da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semmam), órgão que coordenará as atividades alusivas à data.

A semana é um momento para refletir e pensar novas ações, mas também de apontar os avanços na área a partir das política colocada em prática na gestão do prefeito Edivaldo. Urbanização e arborização de praças, o plantio de novas mudas em canteiros centrais, rotatórias, escolas, espaços públicos e outros logradouros da cidade; a implantação de 12 Ecopontos para coleta seletiva de resíduos sólidos, reduzindo o acúmulo de lixões e o impacto ao meio ambiente local; o recolhimento regular de pneus velhos e outros materiais inservíveis e o fechamento do Aterro da Ribeira são algumas das ações executadas com essa finalidade e que propiciaram a São Luís um ambiente mais limpo e mais aprazível.

As ações da Semana do Meio Ambiente serão realizadas em parceria com a Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema), o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais (Ibama) e o Conselho Municipal do Meio Ambiente (Comuma), com as participações do Instituto Municipal da Paisagem Urbana (Impur), as secretarias municipais de Educação (Semed), Esporte e Lazer (Semdel), Segurança com Cidadania (Semusc), Agricultura Pesca e Abastecimento (Semapa) e o Programa Todos por São Luís.

A titular da Semmam, Maluda Fialho, destacou a iniciativa como uma importante estratégia no processo de educação ambiental da população. "Os problemas ambientais só serão superados quando mudarmos nossos paradigmas e com uma ação conjunta entre o poder público, todos os setores da sociedade e o engajamento da população. A proposta da Prefeitura para Semana do Meio Ambiente é de uma programação que leve as pessoas a refletirem como podem contribuir com a preservação do meio ambiente. É um convite a serem partícipes da gestão do nosso bem maior: os recursos naturais. A gestão do prefeito Edivaldo tem investido muito e avançado no processo de educação ambiental, promovendo ações significativas para a preservação do meio ambiente local", observou a secretária Maluda Fialho.

Como parte das atividades alusivas à Semana do Ambiente, a programação será aberta no dia 4 de junho, às 14h30, na sede da Semmam (Renascença) com as palestras "Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável" e "O processo de profissionalização de resíduos sólidos em São Luís", que abordará os avanços conquistados na área da coleta de resíduos implementada na gestão do prefeito Edivaldo, esta última proferida pela presidente do Comitê Gestor de Limpeza Urbana, Carolina Estrela. Também será realizada a homenagem "Mulher na preservação do meio ambiente" e, ainda apresentação cultural.

No dia 5, a programação segue com atividades realizadas no Parque do Bom Menino, entre elas está a feira de produtos orgânicos e artesanatos confeccionados com material reciclado; oficinas de origami e de reutilização de produtos recicláveis. No local acontece ainda, das 8h às 12h, o Circuito Saúde, que ofertará aos visitantes serviços de aferição de pressão arterial, avaliação nutricional, testes rápidos de glicemia e HIV, vacinação humana e animal, consultas médicas nas especialidades de clinico geral e ginecologia. As ações de saúde serão promovidas por meio do programa Todos por São Luís, colaborador do evento.

Já no dia 6 de junho, a programação contempla exibição de filmes educativos ambientais, no Cine Lume do Office Tower, no Renascença. A atividade é destinada a alunos da rede pública de ensino.

As atividades alusivas à Semana do Meio Ambiente encerram com a palestra "A Importância da Preservação do Meio Ambiente", ministrada a alunos da Unidade de Educação Básica (U.E.B.) São Raimundo, seguida de plantio de mudas nativas na área da escola, com a participação dos estudantes.

 

A realização da Semana do Meio Ambiente soma-se a outras estratégias desenvolvidas na gestão do prefeito Edivaldo para promover melhorias ao meio ambiente do município e fazer da capital uma cidade ambientalmente mais sustentável. Ao longo da gestão já foram implementadas dezenas de ações nesse sentido.

O plantio de novas mudas em diversos espaços públicos da cidade tem promovido melhorias ao meio ambiente local e contribuído para deixar a cidade mais verde e florida. Foi o que aconteceu nas praças Deodoro, Panteon, Pedro II, Gonçalves Dias, do Pescador e muitas outras localizadas nos bairros da capital, que foram reestruturadas na gestão do prefeito Edivaldo e ganharam novo aspecto urbanístico para o bem-estar dos moradores.

Segundo o presidente do Impur, Fábio Henrique Carvalho, só este ano foi realizado o plantio de aproximadamente 800 mudas, distribuídas em espaços como avenidas dos Holandeses, que ganhou mais de 100 mudas de diferentes espécies; Castelo Branco, Colares Moreira, entorno da Lagoa da Jansen e praças em bairros. No complexo Deodoro, por exemplo, foi realizada uma grande operação de transplantio de árvores já na fase adulta para revitalizar o paisagismo do espaço, que hoje está totalmente restaurado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), em parceria com a Prefeitura de São Luís.

No local foram replantadas cerca de 30 árvores de médio porte com até seis metros e 18 palmeiras imperiais com até 10 metros. A Praça Dom Pedro II também passou por reestruturação urbanística e paisagística, com o plantio de palmeiras imperiais e espécies regionais que conferiram ao espaço um ambiente ainda melhor ao bem-estar público, tornando-se um dos locais mais frequentados atualmente por turistas e moradores.

A Praça Gonçalves Dias, um dos mais importantes e belos logradouros do Centro Histórico de São Luís, também conhecida como Largo dos Amores, foi outra a passar por intervenções para a revitalização total do aspecto. No espaço foram plantadas 60 mudas de palmeiras reais, 20 palmeiras imperiais, além de mudas de flores típicas da região, ao longo dos canteiros do largo. A ação imprimiu mais beleza ainda ao ambiente de um dos principais cartões postais do Centro Histórico da capital maranhense. 

A operação de plantio de novas mudas também foi realizada em diversos outros espaços da capital, totalizando mais 200 novas árvores que agora passam a embelezar áreas como o Rio Anil, Centro, Cohatrac, Forquilha, Cohab, Anjo da Guarda, Planalto Anil III, Cohama, entre outros. "Todas essas intervenções contribuíram para deixar a cidade ainda mais bela e ambientalmente mais aprazível", frisou o presidente do Impur, Fábio Henrique Carvalho.

Ambientalmente melhorados, os espaços agora são frequentados por centenas de pessoas diariamente, como a estudante Tayla Miclele, 14 anos, que admira a beleza e a história da Praça Gonçalves Dias. "Com as novas plantas a praça ficou ainda mais bonita do que já é. Foi muito importante a revitalização paisagística desse espaço que um dos mais apreciados da cidade", relatou.

O estudante Joel Amorim, 20 anos, também aprovou os projetos de reestruturação paisagística dos espaços públicos de São Luís. "Preservar o meio ambiente é fundamental para termos qualidade ambiental e de vida. E iniciativas como esta são louváveis para a cidade e para as pessoas que nela vivem", observou.

A recepcionista de restaurante, Thaysa Guynnever, 20 anos, também destaca a importância de arborização dos espaços. "A iniciativa de melhorar o paisagismo das praças foi excelente porque as pessoas frequentam esses locais principalmente por suas belezas paisagísticas", concluiu ela.

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem

Confira a programação da Semana do Meio Ambiente 2019 (Clique aqui)