agencia

Notícias

Quinta-feira, 30/05/2019 - 19h22

Prefeitura acompanha instalação da Procuradoria da Mulher na Câmara Municipal de São Luís

O novo espaço dialoga com o trabalho realizado pela gestão do prefeito Edivaldo no que diz respeito às garantias de direitos e defesa das mulheres; a primeira-dama Camila Holanda participou da solenidade ao lado de outras autoridades

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Prefeitura acompanha instalação da Procuradoria da Mulher na Câmara Municipal de São LuísA Prefeitura de São Luís acompanhou, nesta quinta-feira (30), a instalação da Procuradoria da Mulher na Câmara Municipal. O espaço é fruto do Projeto de Resolução n 13/2017, de autoria da vereadora Bárbara Soeiro e é voltado para o planejamento de políticas públicas para as mulheres no âmbito municipal. A instituição do novo espaço dialoga com o trabalho realizado pela gestão do prefeito Edivaldo Holanda Junior na defesa dos direitos das mulheres na cidade de São Luís. Participaram da solenidade a primeira-dama Camila Holanda e, representando o prefeito Edivaldo, a coordenadora municipal da Mulher, Vânia Albuquerque.

A primeira-dama Camila Holanda destacou os avanços da Prefeitura em relação às políticas públicas voltadas para as mulheres. "Hoje temos uma forte articulação dos órgãos públicos para garantir o respeito aos direitos das mulheres. A gestão do prefeito Edivaldo tem avançado nessa luta. Hoje, por exemplo, 65% dos cargos da gestão municipal são ocupados por mulheres. Na área da saúde, o Hospital da Mulher, que estava deteriorado antes da atual gestão passou a ser referência em atendimento especializado. Considerando estas e outras conquistas, venho neste dia reafirmar que o poder público municipal está a postos para avançar ainda mais na luta pela garantia de mais respeito às mulheres", frisou Camila Holanda.

A gestão do prefeito Edivaldo tem ampliado de forma significativa os serviços de atenção às mulheres em situação de violência doméstica no município. Os avanços são resultado do esforço da gestão municipal e o trabalho continua com iniciativas como a implantação do Centro de Referência de Atendimento à Mulher em Situação de Violência (CRAMSV), abrigado na Casa da Mulher Brasileira, resultado de parceria entre os governos federal, estadual e municipal e, ainda, o trabalho da Patrulha Maria da Penha, destacamento da Semusc formado por 20 guardas municipais femininas que estão sendo capacitadas para atuarem ao lado da patrulha composta por policiais militares femininas do Governo Estado.

A coordenadora municipal da Mulher, Vânia Albuquerque, enfatizou que a Procuradoria da Mulher na Câmara Municipal, será um espaço para o fortalecimento de parcerias em prol das mulheres. "Aqui em São Luís temos uma rede que é referência no país. Por meio de políticas intersetoriais em áreas com educação, saúde, assistência social, entre outras, estamos avançando no fortalecimento desta rede de proteção aos direitos das mulheres", destacou a coordenadora, que está a frente de ações como a promoção de diálogos nas comunidades para a desnaturalização da violência e o debate de outros temas que envolvem o empoderamento feminino e o enfrentamento às mais diversas formas de violência. Mais de 300 rodas de conversas já foram realizadas pela Coordenadoria Municipal da Mulher.

Também representando o poder público municipal, participaram da solenidade de instalação da Procuradoria da Mulher o secretário municipal de Segurança com Cidadania, Héryco Coqueiro; e o secretário municipal extraordinário de Assuntos Políticos, Nonato Chocolate.

A Procuradoria da Mulher no âmbito municipal terá a missão de coordenar ações voltadas para preservação dos direitos das mulheres, assim como trabalhar políticas públicas e até encaminhar para autoridades competentes casos de violência contra este público. Além de operar administrativamente, o órgão deverá promover ações itinerantes em diversas regiões da capital levando ao público feminino informações importantes sobre seus direitos.

A Procuradoria da Mulher da Câmara será presidida pela vereadora Bárbara Soeiro (PSC) e terá como vice-presidente a vereadora Concita Pinto. "É importante que os poderes estejam articulados e integrados para, juntos, desenvolvermos este trabalho. A contribuição da Prefeitura de São Luís, por exemplo, tem sido e será ainda mais importante para o desenvolvimento das políticas voltadas à garantia de direito das mulheres", disse a parlamentar.

Com a primeira-dama Camila Holanda e a coordenadora Municipal da Mulher, Vânia Albuquerque, dividiram a mesa de abertura da solenidade de instalação da Procuradoria da Mulher - presidida pelo presidente da Câmara Municipal, Osmar Filho - a secretária de Estado da Mulher, Ana Mendonça; a deputada estadual e procuradora da Mulher da Assembleia Legislativa do Maranhão, Helena Duailibe; a delegada de polícia Kazumi Tanaka, da Coordenação de Delegacias da Mulher; a coordenadora estadual do Projeto Justiça, representante do Conselho Nacional de Justiça, Cláudia Gouveia; a presidente do Conselho Municipal da Condição Feminina de São Luís, Silvia Leite; e a presidente Estadual da União Brasileira de Mulheres, Thaís Campos.

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem