agencia

Notícias

Sexta-feira, 14/06/2019 - 15h18

Com ações de fortalecimento e incentivo à leitura gestão do prefeito Edivaldo celebra Dia Municipal do Livro

Data é comemorada em 15 de junho, momento em que a gestão do prefeito Edivaldo destaca projetos e programas que reforçam a formação de leitores com ações que integram as pastas de Educação e Cultura

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Gestão do prefeito Edivaldo incentiva a leitura com programas e bibliotecas nas unidades de ensino

A gestão do prefeito Edivaldo Holanda Junior tem investido em ações de estímulo à leitura como ferramenta de educação e cultura. E para celebrar o Dia Municipal do Livro, 15 de junho, a administração municipal realiza ações para destacar o trabalho realizado na área por meio de projetos e programas desenvolvidos na rede municipal com o propósito de formar uma nova geração de leitores. As ações colocadas em prática já renderam à Prefeitura de São Luís menções positivas e premiações em nível nacional, a exemplo do Troféu Baobá de Literatura, concedido recentemente ao projeto 'Contadoras de História', umas das iniciativas implantadas na gestão do prefeito Edivaldo.

"O conhecimento é transformador, é o maior patrimônio que alguém pode ter. Por entendermos a importância da leitura na construção de cidadãos conscientes e preparados para o mundo, temos investido na ampliação dos meios pelos quais o estímulo a essa prática seja vivenciada plenamente, desde muito cedo, envolvendo todos os nossos alunos, da Educação Infantil ao Ensino Fundamental", destacou o prefeito Edivaldo, ressaltando ainda a alegria de ver o projeto 'Contadoras de História' sendo premiado nacionalmente por seu aspecto inovador de fazer da literatura instrumento de inclusão e socialização.

O projeto foi ganhador da 3ª edição do Troféu Baobá de Literatura, cuja premiação ocorreu no dia 27 de abril, em São Paulo. O prêmio, instituído pelos Coletivos de Contadores de Histórias Grupo Paulistano Línguas Encantadas e Encantantes e Grupo Paulista Contadores do Reino, reconhece iniciativas e personalidades que fortalecem as artes literárias e narrativas, contribuindo para a valorização do livro e o gosto pela tradição oral. A delegação que representou São Luís foi convidada para abrir a solenidade de entrega do prêmio.  

Com ações de fortalecimento e incentivo à leitura gestão do prefeito Edivaldo celebra Dia Municipal do Livro

ESTÍMULO 

Com o propósito de estimular o hábito de ler, a maioria das escolas da rede municipal dispõe, hoje, de cantinhos da leitura, onde são disponibilizados exemplares infanto-juvenis e realizadas rodas de leitura como forma de incentivar a prática dentro das escolas e fora delas.

Atualmente a rede de ensino municipal conta com cerca de 190 bibliotecas, entre fixas, móveis e minibibliotecas. Elas estão distribuídas em escolas dos núcleos Centro, Anil, Turu/Bequimão, Cidade Operária, Coroadinho, Itaqui/Bacanga e zona rural. As 98 escolas da Educação Infantil contam hoje com minibibliotecas.

Outro projeto implementado na gestão do prefeito Edivaldo para estimular a prática da leitura é o Carro Biblioteca. De forma itinerante, os veículos transformados em bibliotecas levam acervo de livros e desenvolve também momentos de contação de histórias para crianças da Educação Infantil e Fundamental da rede. 

"A leitura é fundamental para o desenvolvimento cognitivo das crianças. Por orientação do prefeito Edivaldo, os projetos de estímulo a essa prática são prioridade em toda e rede municipal de ensino. Essas atividades, além de divertirem as crianças, desenvolvem as habilidades sociais e emocionais, a capacidade intelectual e o raciocínio lógico aplicado a todas as situações do cotidiano e a todas as ciências", pontuou o secretário municipal de Educação, Moacir Feitosa.

 FORTALECENDO A PRÁTICA DA LEITURA 

Para marcar o Dia Municipal do Livro, durante a semana a Prefeitura de São Luís, por meio da Semed preparou uma programação especial para celebrar a data. Palestras e atividades nas escolas da rede municipal foram realizadas com o objetivo de fortalecer a prática da leitura em sala de aula e nas comunidades. 

A programação foi iniciada na segunda-feira (10), na sede da secretaria, no bairro São Francisco quando, em parceria com a Paulinas Editora. Na ocasião, o escritor, ator e ilustrador Luciano Pontes ministrou uma palestra sobre a importância da leitura, como estimular esse hábito na vida dos estudantes e ainda deu dicas sobre contação de histórias. A atividade foi direcionada para professores da Educação Infantil e técnicos da Semed.

O prazer de receber um livro é algo que pode mudar a história de vida de quem os recebe. O projeto Resgate e Valorização dos Autores Maranhenses que escrevem para crianças foi implementado pela Educação Municipal com essa finalidade. Com a iniciativa, cerca de cinco mil crianças da Educação Infantil da rede municipal de ensino receberam livros de autores maranhenses. Fazem parte dessa iniciativa os autores Wilson Marques, Marcio Henrique, Sharlene Serra, Natinho Costa, entre outros autores locais.

Conforme Moacir Feitosa, para ajudar na condução das práticas pedagógicas visando ao desenvolvimento das crianças na Educação Infantil e nas creches da rede municipal, são usadas como guias orientadores dos professores livros escolhidos pelo site do Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE), por meio de votação em todo o Brasil. Em São Luís, venceram os títulos "Pé de Brincadeira", para a pré-escola, e "Cadê? Achou!", para a creche. Essa metodologia foi aplicada a partir deste ano, na Educação Infantil da rede municipal.

Há ainda o projeto "Transformando o A em Tagarelar", desenvolvido pelo Núcleo de Enriquecimento para Estudantes com Características de Altas Habilidades e Superdotação (NEECAHS). Por meio dessa iniciativa já foram revelados escritores mirins na rede municipal, que lançaram duas coletâneas e livros. O projeto é desenvolvido também na versão itinerante como forma de incentivar outros estudantes da rede.

 

 FEIRA DO LIVRO

Espaço já consagrado de difusão do conhecimento, fomento à leitura e impulsionador do mercado livreiro na capital, a Feira do Livro de São Luís (FeliS) é outra iniciativa realizada pela Prefeitura de São Luís, por meio das secretarias de Cultura (Secult) e Educação (Semed), com o propósito de incentivar o gosto pela leitura. Já foram realizadas 12 edições do projeto, sendo que metade delas foi promovida na gestão do prefeito Edivaldo.

No evento, as múltiplas formas de incentivo à prática da leitura e de fomento ao conhecimento ganham espaços, contemplando todas as idades e gostos. Estandes de comercialização de livros, lançamentos de títulos e ambientes como a Casa do Escritor, o Café Literário, Planetário, Cine FeliS, Espaço Mulher, Espaço Criança, Espaço da Juventude, Espaço Criança Semed, Carro Biblioteca, Casa do Professor são alguns dos espaços criados na Feira do Livro para dar vazão ao gosto pela literatura em suas mais variadas vertentes e abrir discussões sobre temas diversos.  

FORMAÇÃO

A formação de professores na área também tem sido uma prioridade na gestão do prefeito Edivaldo, como forma de fortalecimento das práticas pedagógicas de estímulo à leitura nas escolas municipais. O curso de Literatura Infantil para professores da rede e capacitação para utilização das bibliotecas móveis são alguns deles ministrados aos educadores.

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem