agencia

Notícias

Sexta-feira, 14/06/2019 - 17h23

Gestão do prefeito Edivaldo promove grande ação de limpeza no bairro Madre Deus

Ação Bota-fora Madre Deus iniciou nesta sexta-feira (14) e segue até terça-feira (17) com o objetivo de combater o descarte irregular na região do Centro de São Luís; ação faz parte da política de resíduos sólidos da gestão do prefeito Edivaldo

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Prefeitura já recolheu toneladas de resíduos em ações de bota-fora na capitalA Prefeitura de São Luís, por meio do Comitê Gestor de Limpeza Urbana, segue reforçando os serviços de limpeza por toda a cidade e iniciou, nesta sexta-feira (14), o Bota-fora Madre Deus. A ação de recolhimento de resíduos volumosos segue no bairro até a terça-feira (17), e tem o objetivo de combater o descarte irregular na região do Centro de São Luís. A ação faz parte da política de resíduos sólidos colocada em prática pela gestão do prefeito Edivaldo Holanda Junior.

Por determinação do prefeito Edivaldo, o Comitê Gestor de Limpeza Urbana ampliou as ações bota-fora nos bairros em 2019. O resultado deste trabalho é o recolhimento de mais de 1.300 toneladas de resíduos volumosos em mais de 50 bairros da capital. Este ano, as ações bota-fora já foram realizadas nos bairros de Fátima, Radional, Vera Cruz, Santa Cruz, Forquilha, Bequimão, Jardim América, Turu, Cidade Olímpica, Residencial Alexandra Tavares entre outras localidades.

A presidente do Comitê Gestor de Limpeza Urbana, Carolina Moraes Estrela, destaca a importância desta ação. "O bota-fora é mais um dos serviços de limpeza urbana executados pela gestão do prefeito Edivaldo com o objetivo de manter a cidade limpa e evitar o surgimento de focos de doenças, a ocorrência de acúmulos de água e a poluição ambiental. Neste período de chuvas intensas este trabalho foi ampliado e ao longo do ano manteremos estas ações, pois elas coíbem o descarte irregular pela cidade", disse.

BOTA-FORA

Durante o bota-fora, agentes de limpeza fazem o recolhimento dos resíduos volumosos de porta a porta. Antes, são realizadas reuniões com as comunidades, informando a data em que a ação será executada e como os moradores devem fazer o manejo do resíduo para o descarte.

A ação é bem recebida nos bairros onde é executada. Neste fim de semana a ação chegou ao Centro da cidade, atendendo especificamente os moradores da Madre Deus e bairros do entorno. O morador Wendel Ferreira Bastos não perdeu a oportunidade de fazer um "faxinão" em casa, como ele mesmo disse. "Eu tinha uns móveis velhos em casa e não sabia o que fazer. Então, quando fui avisado do bota-fora, separei tudo e coloquei na calçada. Até ajudei os agentes a carregar para a caçamba", afirmou.

RESÍDUOS VOLUMOSOS

Diferente do resíduo doméstico comum, os resíduos volumosos não são recolhidos pelo serviço de coleta domiciliar porta a porta, cabendo ao cidadão fazer a destinação ambientalmente adequada, conforme determina a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) - Lei Federal nº 12.305/2010 - e a Lei Municipal nº 6.321/2018.

Em São Luís, para garantir o descarte correto destes resíduos estão sendo implantados Ecopontos por toda a cidade. Já são 12 em pleno funcionamento e o 13º já está com as obras em fase final. Outros Ecopontos estão sendo licenciados para terem as obras iniciadas. 

SAIBA MAIS

O que são resíduos volumosos?
Os chamados resíduos volumosos são aqueles que apresentam grandes volumes e dificuldade de manejo. São compostos principalmente por móveis, eletrodomésticos, pneus, sucatas, entulhos de obras, restos de poda e capina etc. Estes resíduos não são recolhidos pelo serviço de coleta domiciliar porta a porta, cabendo ao cidadão fazer a destinação ambientalmente adequada, conforme prevê a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) – Lei Federal 12.305/2010.

Como o cidadão deve fazer o descarte destes resíduos?
Em São Luís, os resíduos volumosos devem ser entregues de forma voluntária pela população em um dos 12 Ecopontos já entregues pela Prefeitura. Os Ecopontos ficam localizados nos bairros Parque Amazonas, Bequimão, Habitacional Turu, Angelim, Jardim América, Jardim Renascença, Residencial Esperança, Cidade Operária (Unidades 101 e 205), São Francisco, Anil e São Raimundo. Os Ecopontos funcionam de segunda-feira à sábado, das 7h às 19h.

Números
- 1.313,14 toneladas recolhidas pelas ações bota-fora em São Luís
- 51 bairros já foram beneficiados pela ação

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem