agencia

Notícias

Sexta-feira, 28/06/2019 - 16h16

Feirinha São Luís encerra período junino e faz alerta contra trabalho infantil neste domingo (30)

O cantor César Nascimento é uma das atrações culturais deste domingo na Feirinha que incentiva a economia criativa e atrai grande público para a Praça Benedito Leite; evento é uma ação exitosa da gestão do prefeito Edivaldo

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Feirinha São Luís encerra período junino e faz alerta contra trabalho infantil neste domingo (30)A Feirinha São Luís cresce e se renova a cada domingo na Praça Benedito Leite, onde acontece de 8h às 15h, incentivando a economia criativa por meio da oferta de produtos agroecológicos provenientes de pequenos agricultores da zona rural de São Luís, além de artesanato, gastronomia e turismo. Na programação cultural deste domingo farão a alegria do público o cantor César Nascimento, Grupo Mixirico com show junino e Tutuca Viana. Se apresentam ainda o Grupo Cativos da Capoeira e a anfitriã Banda da Feirinha. A Feirinha é executada pela Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento (Semapa) e foi criada pela gestão do prefeito Edivaldo Holanda Junior.

Neste domingo (30), as secretarias municipais da Criança e Assistência Social (Semcas), Semapa, Cultura (Secult) e Saúde (Semus), por meio do Centro de Referência Especializado em Saúde do Trabalhador (Cerest), irá desenvolver uma programação especial na Feirinha São Luís, em alusão ao dia 12 de junho - Dia Mundial de Luta contra o Trabalho Infantil. A atividade irá marcar o encerramento da campanha realizada no mês de junho e que tem como tema: "Criança não deve trabalhar, infância é pra sonhar".

"Esse fluxo intenso de pessoas e de economia é gerado a partir do incentivo desse programa iniciado na gestão do prefeito Edivaldo, que tem cuidado em todos os detalhes para que a cada domingo seja uma nova e boa experiência para quem circula aqui pela praça", destacou o secretário da Semapa, Ivaldo Rodrigues.

O programa, que foi vencedor da etapa estadual do Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor na categoria Inclusão Produtiva e Apoio ao Microempreendedor Individual, proporciona emprego e renda diretamente para mais de 250 famílias. Pelo evento já passaram cerca de um milhão de pessoas desde a primeira edição, gerando um capital circulante em torno de R$ 35 milhões.

A mistura de ritmos, cores e sabores atraem cada vez mais os turistas e os moradores da cidade, que têm a oportunidade de experimentar o melhor de São Luís, como o casal de advogados Luana Saboia, ludovicense e Thayrid Loureiro, cearense. "Achei muito legal, evidencia a cultura maranhense, destacando o setor da agricultura, com muitos produtos cultivados na capital mesmo, o que muita gente ainda não sabe. Além do artesanato, tudo muito interessante, com grande fluxo de pessoas. Admiro muito a cultura maranhense, e gosto muito dessa terra, tanto que trouxe ele para vir morar aqui" disse Luana.

"Estou achando maravilhoso, é um movimento onde vemos a cultura tipicamente maranhense, como gastronomia, economia, produção artesanal. Está de parabéns a cultura local que é muito forte e bem evidenciada nesse espaço realizado pelo poder público. Vim pela primeira vez, e nesse período é bem especial por poder vivenciar a cultura junina no espaço. Com certeza indicarei para os meus amigos virem conhecer também", acrescentou Thayrid.

APRESENTAÇÕES CULTURAIS

A alegria e energia do público fazem do evento um lugar único na cidade. Com atrações dos mais diversos ritmos, já se apresentaram na Feirinha mais de 600 atrações artísticas. Durante o período junino desta temporada, os artistas e grupos locais apresentaram toda a diversidade da cultura maranhense.

Neste domingo serão realizadas também duas apresentações culturais especiais do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV), uma ação em alusão ao Dia Mundial de Luta Contra o Trabalho Infantil. Subirão ao palco o Grupo de crianças e adolescentes do Centro de Convivência Circo Escola e da Vila Luizão com a apresentação "Direitos em Movimento".

CAMPANHA CONTRA O TRABALHO INFANTIL

A secretária da Semcas, Andréia Lauande destaca a importância de realizar uma ação contra o trabalho infantil na Feirinha São Luís e o desafio que é o enfrentamento ao problema. "Nós temos que desmontar culturalmente essa prática. Para algumas pessoas, o trabalho de crianças e adolescentes foi naturalizado, e nós precisamos sensibilizar que lugar de criança é na escola, brincando, no esporte. Na Semcas, a prevenção e combate é realizado o ano todo. Então estarmos presente nesse espaço que já é um sucesso na cidade, além de marcar a culminância da campanha realizada em parceria com outros órgãos, marca também como a gestão do prefeito Edivaldo está unida contra o trabalho infantil", explicou Andréia Lauande.

De janeiro a abril de 2019, em São Luís, o CadÚnico registrou 115 crianças e adolescentes em situação de trabalho infantil. Além dos números do CadÚnico, o Serviço de Abordagem Social da Semcas identificou 43. O público identificado é encaminhado para o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV), que atualmente possui 234 pessoas oriundas das identificações feitas.

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem