agencia

Notícias

Sexta-feira, 05/07/2019 - 09h23

Idosos atendidos por programa social da Prefeitura de São Luís visitam exposição de arte em passeio cultural

Cerca de 25 idosos do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos puderam conhecer a exposição interativa "Infinitos", em cartaz no Centro Cultural Vale Maranhão; ação integra a política do prefeito Edivaldo para a área social

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Idosos atendidos por programa social da Prefeitura de São Luís visitam exposição de arte em passeio culturalCom o objetivo de promover entre os participantes a integração e a troca de experiências, despertando o interesse pela arte, cerca de 25 idosos do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV), ligado ao Centro de Referência de Assistência Social (Cras) Bequimão vivenciaram, na tarde de quinta-feira (4), uma experiência cultural diferenciada ao participarem da exposição "Infinitos", em cartaz no Centro Cultural Vale Maranhão, no bairro Praia Grande. O SCFV é executado pela Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal da Criança e Assistência Social (Semcas) e integra a política implementada pelo prefeito Edivaldo Holanda Junior para a área social. 

"Para nós é uma alegria trabalhar para proporcionar experiências que muitas vezes serão únicas. Nos meses de maio e junho, as pessoas atendidas pelos nossos serviços viveram a magia do circo em um passeio que, para muitas delas, era a primeira vez. Por orientação do prefeito Edivaldo, a esquipes trabalham de forma a ofertar um atendimento digno e de qualidade, e nossa parceria com as 54 organizações conveniadas como Centro Comunitário da Radional e Adjacência que levou o grupo a esta exposição", afirma a secretária da Semcas, Andréia Lauande.

Durante a visita, os idosos interagiram com as obras expostas começando pelo 'Jardim Suspenso', uma instalação espelhada que interage com o vento e o sol e que reflete no que está em volta do público. Já o 'Tubo' - obra que mais agradou aos idosos - leva o público para dentro de um telescópio espelhado de 12 metros que reproduz essa paisagem de infinitas formas. O visitante ainda pode viver outras experiências nas obras 'Auto Íris' e 'Água'.

Maria do Livramento Cantanhede, 64 anos, considera ter vivido algo singular. "Nós já fizemos outros passeios e participamos de outra exposição, mas essa é totalmente diferente, uma experiência que eu posso chamar de nova, já que nós interagimos com os elementos mostrados, muito, muito diferentes", comentou Maria do Livramento, que participa do SCFV há três anos.

SERVIÇO

O serviço tem como objetivo fortalecer as relações familiares e comunitárias, além de promover a integração e a troca de experiências entre os participantes, valorizando o sentido de vida coletiva. O SCFV possui um caráter preventivo, pautado na defesa e afirmação de direitos e no desenvolvimento de capacidades dos usuários. São desenvolvidas atividades culturais, de lazer, esportivas, pedagógicas, de formação social, entre outras, através de oficinas, palestras, dinâmicas, jogos coletivos, confraternizações eventuais e passeios.

São atendidas mais de cinco mil pessoas organizadas em 224 grupos distribuídos em 60 bairros de São Luís. O serviço conta com a parceria de rede socioassistencial de 54 organizações conveniadas com a Semcas. No grupo do Bequimão são atendidos 35 idosos e 25 crianças.

EXPOSIÇÃO 

É a primeira vez que as cinco obras são expostas em conjunto, na mostra "Infinitos", despertando uma relação imersiva, que mexe com a percepção do visitante. As obras já passaram por diversos países como Alemanha, Áustria, Bélgica, Canadá, Colômbia, Coreia do Sul, Dinamarca, Espanha Holanda e Rússia. O trabalho da dupla Cantoni-Crescenti, com participação de Raquel Kogan dialoga com a ideia de infinito, que é traduzido de diferentes maneiras. A exposição vai até 27 de julho.

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem