agencia

Notícias

Quarta-feira, 10/07/2019 - 08h21

Prefeitura de São Luís realiza grande mobilização de combate ao Aedes aegypti na Cidade Olímpica e áreas adjacentes

A Semana de Mobilização no Combate ao Aedes aegypti será realizada até sábado (13), quando acontece o Dia D da ação, com diversas ações de saúde, educativas e culturais em parceria com a Agência Executiva Metropolitana do Governo do Estado

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

A Semana de Mobilização no Combate ao Aedes aegypti será realizada até sábado (13), quando acontece o Dia D da ação
A Prefeitura de São Luís iniciou nesta semana uma grande campanha de mobilização no combate à infestação do Aedes aegypti, na região da Cidade Olímpica. Com ações preventivas e educativas, a campanha soma-se às ações permanentes da gestão do prefeito Edivaldo Holanda Junior que visam conscientizar a população acerca do problema e envolvê-los nas atividades de eliminação do mosquito transmissor da dengue, zika vírus e chikungunya, para impactar na redução do índice de infestação do vetor nessa região da capital. A Semana de Mobilização no Combate ao Aedes aegypti será realizada até sábado (13), quando acontece o Dia D da ação, com diversas ações de saúde, educativas e culturais, na Associação de Moradores da Cidade Olímpica, das 8h às 12h, sob a coordenação geral da Secretaria Municipal de Saúde (Semus).

O secretário municipal de Saúde, Lula Fylho, destacou a importância da mobilização nessa região da cidade. "A campanha vem reforçar o trabalho que já realizamos na cidade, a partir da orientação do prefeito Edivaldo, no combate aos Aedes, dando maior ênfase às áreas mais suscetíveis. A mobilização tem como propósito engajar a população na guerra contra o inseto, para que os moradores sejam também agentes multiplicadores das ações preventivas, visando à redução das doenças transmitidas por esse vetor", observou Lula Fylho.

Em São Luís, a programação contempla toda a área da Cidade Olímpica com diversas atividades educativas e preventivas. Desta segunda (8) até quinta quarta (10), as equipes reforçam as atividades de rotina em todas as áreas distritais da capital e ampliam a concentração dos agentes de endemias na Cidade Olímpica, para realizarem a cobertura de todos os imóveis da localidade.

As atividades da campanha abrangem também outras localidades da região próximas à Região Metropolitana próximas à Cidade Olímpica, como Jardim Tropical, Mata, Residencial Santana, São Brás, Macaco, Residencial Isac Lucena e Residencial Olímpico, todos pertencentes ao município de São José de Ribamar e que fazem limite com São Luís. São parceiros da prefeitura na ação os municípios da Região Metropolitana, entre eles São José de Ribamar, Paço do Lumiar e Raposa.

Na programação, rodas de conversa na Sala de Espera de todos os postos de saúde do bairro, para sensibilizar e orientar os moradores sobre as formas de prevenir a infestação do inseto. Nesta quinta (11) e sexta (12), serão intensificadas as visitas dos agentes de endemias às casas e comércios do bairro, para fazer a inspeção e o tratamento no local. O mesmo serviço será estendido aos pontos considerados suscetíveis à proliferação do mosquito, como borracharias, ferros velhos, sucatas e cemitério. Na mesma data também será feita distribuição de cartazes para fixação nos estabelecimentos comerciais do local.

Na culminância da campanha, das 8h às 12h do sábado (13), além do trabalho de limpeza geral da área com retirada de pontos de descarte irregular de resíduos, retirada de bagulhos volumosos feito pelo serviço de "bota fora" e nebulização espacial da Cidade Olímpica e áreas adjacentes, estão previstas ainda abordagem educativa com feirantes, carroceiros e transeuntes da localidade.

As ações sociais serão concentradas na Associação de Moradores da Cidade Olímpica, com palestras sobre educação ambiental e os cuidados com lixo; apresentação de vídeo motivacional, oficinas diversas; exposição da feira de artesanato; ações na área da beleza, recreação infantil e rodas de conversa sobre empoderamento feminino e participação no mercado de trabalho.

Na área da saúde, a culminância da ação contará ainda com serviços de consultas nas áreas de clínico geral, ginecologia, fisioterapia, além testes rápidos de glicemia, HIV, sífilis e hepatites; aferição da pressão arterial, avaliação antropométrica, orientação nutricional, distribuição de medicamentos da Farmácia Básica, exames de imagem e laboratoriais, encaminhamento para consultas especializadas, além de imunização humana e animal e ações educativas sobre hanseníase, tuberculose e de vigilância sanitária e ambiental.

A campanha conta com o apoio do Comitê Gestor de Limpeza Urbana, secretarias municipais de Obras e Serviços Públicos (Semosp), Desenvolvimento Metropolitano (Sadem), Segurança com Cidadania (Semusc), Cultura (Secult), Trânsito e Transporte (SMTT), Instituto Municipal da Paisagem Urbana (Impur), Agência Metropolitana do Estado, Exército, Correios, entre outros órgãos municipais, estaduais e federais.

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem