agencia

Notícias

Sexta-feira, 19/07/2019 - 15h07

Prefeito Edivaldo empossa novos servidores e reforça o trabalho na área da Assistência Social

Concurso é o segundo da história da Assistência Social em São Luís; foram empossados novos servidores para as áreas de assistência social, psicologia e direito da Semcas em mais um passo importante no avanço do setor

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Prefeito Edivaldo empossa novos servidores e reforça o trabalho na área da Assistência SocialO prefeito Edivaldo Holanda Junior empossou, nesta sexta-feira (19), novos servidores aprovados no último concurso público para a área da Assistência Social do município, o segundo da história da Assistência Social em São Luís. Com a inclusão desses profissionais ao quadro de funcionários da Semcas, a Prefeitura de São Luís reforça o trabalho voltado à população em situação de vulnerabilidade social da capital e fortalece as políticas públicas do setor, desenvolvidas na atual gestão, que tem registrado grandes avanços nos últimos anos.

O ato de assinatura do termo de posse foi realizado no auditório do Palácio de La Ravardière, em cerimônia que contou também com a presença do vice-prefeito, Júlio Pinheiro, e das secretárias municipais da Criança e Assistência Social (Semcas) Andréia Lauande  e da Administração  Mittyz Rodrigues (Administração).

Na ocasião, o prefeito Edivaldo Holanda Junior destacou que, mesmo em um cenário de retrocesso vivenciado na atual política socioassistencial brasileira, a gestão municipal caminha no sentido contrário e avança ainda mais para fortalecer a política social do município e transformar a vida das pessoas por meio de iniciativas fundamentais à garantia de direitos e ao bem-estar das populações mais necessitadas.

"Este é um momento muito especial para a nossa gestão. Dar posse a esses profissionais para prover uma área prioritária como a Assistência Social nos proporciona imensa alegria, pois entendemos a importância do trabalho que o setor desempenha em favor dos menos favorecidos. Ainda há muito a ser feito, mas se voltarmos os olhos para trás e lembramos como encontramos a área, podemos ver agora nitidamente o quão avançamos. Além das inúmeras ações socioassistenciais que executamos, a realização desse concurso público para ampliar o quadro de trabalhadores na área é mais um importante legado que deixamos para o município e para os beneficiários da políticas públicas sociais de modo geral em nossa cidade", afirmou o prefeito Edivaldo, acrescentando ainda que, além desses profissionais, também deu posse na última semana a novos auditores fiscais da área fazendária do município e autorizou esta semana a convocação de mais 64 aprovados no concurso da Educação, todas com o propósito de reforçar o trabalho voltado ao desenvolvimento da cidade e em benefício da população.

A inclusão dos novos servidores ao quadro de funcionários da Assistência Social integra a política de valorização do servidor e do serviço público municipal, visando garantir maior eficácia no desempenho das ações. Foram empossados novos servidores para as áreas de assistência social, psicologia e direito. Os profissionais vão atuar nos Centros de Referência de Assistência Social (Cras), Centros de Referência Especializada de Assistência Social (Creas), nas unidades de acolhimento institucional, entre outras entidades sociais mantidas pela Prefeitura de São Luís.

O vice-prefeito Júlio Pinheiro também destacou o comprometimento da gestão com a qualidade do atendimento prestado à população. "Temos uma premissa fundamental na gestão, que é tratar a coisa pública com responsabilidade e transparência. E mesmo no cenário econômico e social delicado que vivemos, a gestão mostra que está na contramão do desmonte que a política social vivencia atualmente em nível nacional e busca cada vez mais avançar em área prioritárias como a assistência social", enfatizou.

A titular da Semcas, Andréia Lauande, destacou que este é o segundo concurso realizado na história da Secretaria. "Um fato que demarca o comprometimento do prefeito Edivaldo Holanda com a política de assistência social do município. Com ele à frente da Prefeitura, vemos pela primeira vez a área ser tratada com total prioridade e importância, garantindo, com isso, avanços significativos em vários aspectos da política municipal de assistência social", frisou Andréia Lauande, acrescentando que o certame disponibilizou vagas também para a formação de cadastro de reserva. O processo constou de prova objetiva, dissertativa e avaliação de títulos.

Representando os servidores empossados, o assistente social Carlos Danilo Silva Rodrigues destacou em seu discurso a importância da cooperação que os novos profissionais integrados ao quadro vão desempenhar. "Em nome de todos quero expressar nossa felicidade e gratidão pela oportunidade de integrar o quadro da assistência social e participar desse momento que é um projeto de vida para todos nós. Este feito denota a importância da política social para o município, que busca valorizar o trabalho desses profissionais em tempos de desmontes das garantias sociais conquistadas. Reafirmamos aqui nosso compromisso em trabalhar com ética, zelo e compromisso para serviço social do município", disse ele.

A assistente social Nívea Castro, 32 anos, que também tomou posse no ato desta manhã, falou da felicidade de integrar o quadro de servidores da Semcas. "Todos que chegaram até aqui têm total competência para contribuir com a gestão com seu conhecimento e suas experiências. Sei que temos desafios pela frente, mas temos conhecimento e disposição para enfrentá-los", relatou.

 

A psicóloga Raphaela Antunes, 26 anos, corrobora com o pensamento da nova colega de trabalho. "É um sonho que todos nós sempre almejamos. Além de ser uma realização pessoal poder contribuir com nosso trabalho para o desenvolvimento da assistência social no município, é algo que nos proporciona muita satisfação", disse.

O advogado Vinícius Furtado Amorim, 37 anos, também tomou posse para a área jurídica da Semcas. "Minhas expectativas com o cargo são as melhores possíveis e espero contribuir com os meus conhecimentos para a realização de um trabalho cada vez melhor no órgão", concluiu ele.

AVANÇOS

A secretária pontuou os avanços conquistados na área, destacando ações como o aumento de 90 para 370 o número de vagas nas instituições de acolhimento, a ampliação do número de equipamentos sociais, com a criação de cinco novos Cras instalados nos bairros do Coroadinho, Cidade Operária, Bequimão, Vinhais e Cohab; a implantação de dois Creas, sendo um no Turu e outro no Coroadinho; inauguração dois Centros-Dias na Cidade Operária, voltados aos públicos adulto e infantil; e a reativação do Circo Escola.

Ainda entre as iniciativas implementadas na gestão do prefeito Edivaldo estão a criação da Residência Inclusiva, do Abrigo Institucional para população em situação de rua; a implantação de três casas lares, executadas por meio de convênio com o Instituto Pobres Servos da Divina Providência, ampliando para seis o número de instituições dessa modalidade. Implantou ainda o Centro de Convivência da Vila Luizão, a Casa do Bairro, no Desterro; aumentou de sete para dez o numero de Conselhos Tutelares, além da entrega de novas sedes com equipamentos e carros. Por conta desse aspecto, São Luís foi uma das primeiras capitais a atender a resolução do Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente (Conanda), que prevê um Conselho Tutelar para cada 100 mil habitantes.

Também como parte das ações visando à ampliação do serviço e fortalecimento da área sociossistencial, a gestão realizou ainda a informatização das unidades de atendimento, aquisição de 250 equipamentos para os Cras, Creas, Conselhos Tutelares, Casa de Passagem, Abrigo para a população de rua, Residência Inclusiva, Casa de Acolhida e para a sede da Semcas. Implantou também a Central de Acolhimento, que passou a ser responsável pelas demandas de acolhimento institucional e familiar do município.

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem