agencia

Notícias

Quinta-feira, 29/08/2019 - 12h28

Prefeitura destina setor de Gratuidade do Terminal da Praia Grande para atendimento exclusivo a pessoas com deficiência

Demais parcelas da população que têm direito ao transporte gratuito serão atendidos nos postos dos terminais da Cohama-Vinhais, Cohab-Cohatrac e São Cristóvão

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Setor de Gratuidade do Terminal da Praia Grande passará a atender apenas pessoas com deficiênciaPara proporcionar um melhor atendimento e comodidade às pessoas com deficiência atendidas pela Coordenação de Gratuidade da Secretaria Municipal de Trânsito e Transporte (SMTT), a Prefeitura de São Luís vai destinar, a partir do dia 2 de setembro, o setor de Gratuidade do Terminal da Praia Grande para atender exclusivamente a este público. Já os aposentados, idosos acima de 65 anos e idosos entre 60 e 64 anos, que atualmente utilizam os serviços naquele setor do Terminal da Praia Grande, passarão a ser atendidos nos postos localizados nos terminais da Cohama-Vinhais, Cohab-Cohatrac e São Cristóvão também a partir dessa data. A ação do poder público municipal visa dar mais comodidade a estas parcelas da população. 

No Terminal da Praia Grande, o espaço físico do setor será ampliado e totalmente melhorado para garantir a acessibilidade aos beneficiários com deficiência física no momento de solicitar a gratuidade do serviço de transporte público. "A ação demarca o comprometimento do prefeito Edivaldo em garantir mais facilidade e comodidade às pessoas com deficiência, por necessitar esse público de maior atenção com relação à sua locomoção. Por isso, o setor de Gratuidade da Praia Grande ficará agora exclusivamente para prestar atendimento a essas pessoas", explicou o titular da SMTT, Canindé Barros.

Conforme o secretário, atualmente o posto de atendimento do terminal da Praia Grande atende cerca de 300 pessoas por dia, sendo que 60% delas são pessoas com deficiência. O restante são pessoas buscando informações, idosos solicitando o passe livre ou mesmo para revalidar seu benefício. No local também funciona o setor de Perícia Médica, onde os beneficiários são avaliados pelos médicos peritos para a aquisição do benefício. "Essa mudança é fundamental para que a pessoa com deficiência tenha um espaço com mais comodidade, conforto e rapidez no seu atendimento", frisou Canindé.

Os postos de gratuidade nos outros terminais de integração já fazem esse trabalho direcionado ao atendimento de pessoas idosas, além do atendimento ao aposentado do estado e do município de São Luis. Porém, algumas pessoas desconhecem o atendimento e acabam se deslocando para o Terminal da Praia Grande, ocasionando grande demanda tornando dificultoso o atendimento às pessoas com deficiência, problema que será senado agora ao tornar o espaço exclusivo para esse público.

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem