agencia

Notícias

Domingo, 08/09/2019 - 10h54

Prefeito Edivaldo Holanda Junior participa de inauguração do Parque do Rangedor

Na ocasião, o prefeito Edivaldo plantou uma árvore do espaço, simbolizando um dos aspectos mais importantes da área que alia preservação ambiental e integração comunitária

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Prefeito Edivaldo Holanda Junior participa de inauguração do Parque do RangedorO prefeito Edivaldo Holanda Junior participou da solenidade de inauguração do Parque do Rangedor, entregue pelo governador Flávio Dino, na tarde deste sábado (7). A Entrega do novo espaço de lazer, esporte e entretenimento da capital, localizado na Avenida Eduardo Magalhães, é parte das comemorações pelo aniversário de 407 anos de São Luís, celebrado neste domingo (8). Na ocasião, o prefeito plantou uma árvore do espaço, simbolizando um dos aspectos mais importantes da área que alia preservação ambiental e integração comunitária.

"Estamos comemorando 407 anos de São Luís marcados por entregas de grande importância, sendo o Parque do Rangedor mais um equipamento de proteção do meio ambiente e convivência social, garantindo mais qualidade de vida à população, para que tenham lazer gratuito e de qualidade, que é um direito fundamental do cidadão. E o parque será mais um espaço para que as pessoas exerçam, em um mesmo lugar, vários direitos simultâneos, além de representar o compromisso que temos no modelo de investimentos com desenvolvimento sustentável", afirmou o governador Flávio Dino, no ato de inauguração.

O prefeito Edivaldo Holanda Junior também destacou os aspectos ambientais e sociais que serão promovidos pelo novo espaço. "Nossa cidade ganha, nesta data tão festiva em que comemoramos o seu aniversário de 407 anos, mais um importante equipamento público de lazer para livre usufruto da população. Sempre digo que o governador Flávio Dino é um grande parceiro da nossa gestão e um amigo de São Luís e, hoje, temos aqui mais uma constatação dessa afirmação, ao entregar para a nossa cidade esse belíssimo espaço de lazer e convivência social, aliada com a preservação do meio ambiente local", observou o prefeito Edivaldo.

O Parque do Rangedor tem oito praças com equipamentos de esporte e playgrounds. A principal praça é a do esporte, onde há duas quadras poliesportivas, uma quadra de areia e uma de tênis, além de academia e parquinho para as crianças. Há, ainda, pista para caminhada e ciclovia de 3,5 km. O espaço também conta com um Batalhão de Polícia Ambiental e uma vila de food trucks, além de estacionamento com cerca de 500 vagas. O local disponibiliza ainda espaços como a Praça do Amor.

Como parte da programação de inauguração do espaço, foram realizadas aulas experimentais de tênis com a participação de atletas de projetos sociais; torneios rápidos de futebol de areia, com a participação de atletas do projeto social Unidos pela Paz; participação de jovens do Projeto Liberdade com Basquete, com a presença da jogadora Iziane; jogo de basquete com atletas do Projeto Basquete de Cadeirante; além de outras atividades como jogos de tabuleiro, passeio ciclístico com o grupo pedal, aulas rápidas de funcional, academia ao ar livre com instrutores e presença dos idosos do Projeto Alonga Vida.

Diversas atividades infantis também foram realizadas, como mostra do que pode ser aproveitado e feito no local, como contação de histórias com fantoches Cia Cambalhotas, pintura facial, presença de personagens infantis, entre outras atividades.

No ato, o governador informou que, em 120 hectares do Parque, apenas uma pequena parte foi utilizada, algo em torno de 7%, para os espaços de esporte e lazer. Segundo ele, essa parte estava degradada pelo desmatamento que o parque sofria há décadas, o que comprometeu 44% da área total.

SÍTIO DO RANGEDOR

O Sítio do Rangedor foi uma Estação Ecológica, mas devido à quantidade de áreas que sofriam ataques com queimadas criminosas, despejo de lixo e prática ilegal de caça, o Governo do Maranhão, por meio da Lei Estadual nº 10.455/2016, aprovada na Assembleia Legislativa, estabeleceu uma nova categoria ao local: a de Parque Ambiental, que pôde receber as intervenções nas áreas já degradadas.

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem