agencia

Notícias

Quarta-feira, 09/10/2019 - 17h27

Prefeitura de São Luís capacita servidores para manipulação de drone usado pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente

Equipamento foi adquirido pela gestão do prefeito Edivaldo e será usado na concessão de licenças ambientais e em ocasiões onde houver dificuldade de acesso para promover fiscalizações

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Prefeitura capacita servidores para manipulação de drones usados pela Secretaria Municipal de Meio AmbienteCom objetivo de aumentar a efetividade de suas ações e aprimorar a utilização do Sistema de Aeronaves Remotas Pilotadas (PRPAS), denominado popularmente de drones, a  Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semmam) promoveu, na quarta-feira (9), a capacitação da segunda turma do corpo técnico do órgão. A ação soma-se a outras implementadas pela gestão do prefeito Edivaldo Holanda Junior que tem investido de forma frequente em capacitação e qualificação dos servidores municipais a fim de promover atendimento qualificado à população.  

O equipamento será amplamente adotado pela Semmam na concessão de licenças ambientais e em ocasiões onde houver dificuldade de acesso para promover fiscalizações.  A facilidade em obter imagens reais dos locais de fiscalização e da documentação necessária para o licenciamento ambiental é apontada pelos técnicos como principal elemento de elevação de resultados.

“O drone será muito útil, principalmente para utilização em locais de difícil acesso para os fiscais. Também vai garantir que o trabalho seja feito de forma mais rápida e eficiente, economizando assim o dinheiro público”, disse a secretária da Semmam, Maluda Fialho.

As equipes vão utilizar neste primeiro momento os modelos Phanton, com alcance de até cinco mil metros em linha reta ou para cima. Com câmeras acopladas, os aparelhos serão monitorados por operadores treinados com uso de aplicativos.

Por questões de segurança, a aula foi realizada na região da Lagoa da Jansen e comandada pelo instrutor Guilherme Silva, de uma empresa especializada na utilização deste tipo de tecnologia. Segundo Silva, foram repassadas informações sobre a legislação que normatiza o uso de drones, fiscalizado pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC). “Nosso objetivo é apresentar a funcionalidade do aparelho, demonstrando sua capacidade de obtenção de dados”, explicou Guilherme Silva.

Analistas, técnicos ambientais e estagiários estavam entusiasmados em participar do curso destinado à manipulação segura e efetiva dos drones em ações de fiscalização e levantamento de dados necessários à concessão de licenciamento ambiental.

Para o servidor Maurício de Sousa, a importância dos equipamentos nas atividades do dia a dia é incomparável. “A iniciativa é muito importante e nos insere na era contemporânea, onde o servidor pode se utilizar da tecnologia para elevar sua efetividade”, comentou Maurício.

Na opinião do analista ambiental João Marinho de Souza, da Semmam, a utilização do equipamento além de trazer mais conforto nas atividades das equipes, vai permitir obter dados com maior precisão. De acordo com ele, o uso de drones nas operações de fiscalizações também vai evitar acidentes em locais onde o acesso apresente obstáculo e risco ao servidor.

Além de drone, a gestão do prefeito Edivaldo Holanda Junior adquiriu ainda outros equipamentos como GPSs e máquinas fotográficas que garantirão mais efetividade nas ações realizadas pela Semmam produzindo imagens e vídeos em alta resolução que irão instruir os procedimentos ambientais. 

Durante o ano, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente emite centenas de licenças. O documento é um procedimento administrativo que fornece dados de localização e outras características do empreendimento, vinculando suas atividades aos recursos ambientais.  A partir do levantamento fotográfico obtidos com o drone será possível fazer previsões das potencialidades poluidoras e de degradação do ambiente.

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem