agencia

Notícias

Sábado, 30/11/2019 - 17h11

Público-alvo comparece às unidades de saúde da Prefeitura de São Luís no Dia D da segunda fase da campanha de vacinação contra sarampo

Mobilização ocorreu sábado (30) em postos de saúde da capital e também em shoppings onde foram montados postos volantes de imunização para pessoas de 20 a 29 anos; ação reforça política de saúde preventiva da gestão do prefeito Edivaldo

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Público-alvo comparece às unidades de saúde da Prefeitura de São Luís no Dia D da segunda fase da campanha de vacinação contra sarampoA Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semus) promoveu neste sábado (30) o Dia D de vacinação contra o sarampo na capital maranhense. Além da abertura – das 8h ao meio-dia – dos postos de saúde com a presença de técnicos, também foram disponibilizados nos shoppings São Luís e da Ilha e Rio Anil, das 15h às 19h, postos volantes para pessoas de 20 a 29 anos que desejasse se proteger contra a enfermidade. A ação reforça a política de saúde preventiva que vem sendo realizada na gestão do prefeito Edivaldo Holanda Junior.

Para o secretário de Saúde de São Luís, Lula Fylho, que acompanhou os trabalhos nas unidades e nos shoppings, as ações foram um sucesso e atingiram o objetivo. “A população entendeu ao chamamento e compareceu aos postos e unidades volantes. Ressalto que a capital maranhense está fora de qualquer zona de epidemia da doença, no entanto, obedecendo a uma determinação do Ministério da Saúde e seguindo uma política municipal, promovemos uma grande mobilização que, sem dúvida, mantém a cidade em zona confortável de proteção”, disse.

Somado ao Dia D, também foi realizado – pela manhã – oferta de atendimentos em diversas áreas (ginecologia, clínica geral, oftalmologia e cardiologia) no Centro de Especialidades Médicas no bairro Filipinho. A unidade promoveu o segundo trabalho do gênero em menos de um mês. No dia 9 de novembro deste ano, a estrutura foi abertura para receber homens, em especial, que objetivavam acesso a procedimentos preventivos contra o câncer de próstata.

Quanto ao Dia D, de acordo com o setor de Imunização da Semus, foram vacinadas pessoas entre 20 e 29 anos de idade e encerrou a segunda fase da campanha contra a enfermidade. A primeira fase aconteceu entre os dias 7 e 25 de outubro e englobou crianças entre seis meses e menores de cinco anos de idade.

Em vários pontos da cidade, houve registro de grande concentração de público, em busca das doses. Um dos locais foi o Centro de Saúde da Liberdade. Desde cedo, muita gente buscou os serviços. O mesmo aconteceu no Bairro de Fátima.

O auxiliar de Serviços Gerais, Francisco Borges, de 22 anos, morador do Lira, esteve no Centro de Saúde do Bairro de Fátima, se submeteu a consultas (avaliação clínica) e recebeu o reforço contra o sarampo. “Eu soube da campanha pela televisão e vim logo cedo me consultar e aproveitei para me vacinar também”, disse.

Ainda segundo o setor de Imunização da Semus, a vacina foi aplicada para quem perdeu a carteira de vacinação e não se recorda ou não tem o registro de aplicação do reforço contra o sarampo. Além de unidades, técnicos da Semus também estiveram nos últimos dias em terminais de integração e faculdades.

A Semus esclarece que, mesmo após a campanha, as doses ainda estarão disponíveis, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, nas unidades de saúde da capital maranhense.

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem