agencia

Notícias

Terça-feira, 28/01/2020 - 16h27

Prefeitura de São Luís inicia segunda fase do programa Informante Anfitrião

Nesta etapa, 20 adolescentes foram selecionados para serem monitores em 10 pontos turísticos da cidade; programa é executado pela gestão do prefeito Edivaldo

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Prefeitura de São Luís dá continuidade e programa Informante Anfitrião entra na segunda faseA Prefeitura de São Luís realizará, nesta quinta-feira (30), às 14h, no auditório do Museu da Gastronomia Maranhense, a assinatura do Termo de Compromisso com os 20 adolescentes e seus representantes legais para dar início à segunda fase do programa Informante Anfitrião, executado pela gestão do prefeito Edivaldo Holanda Junior. Nesta etapa, os selecionados passam a ser monitores e replicadores de informações em 10 pontos turísticos da cidade.

Os alunos receberão um kit do projeto, que inclui itens como camisa, mochila e squeeze. Nesta ocasião, a Secretaria Municipal de Turismo (Setur), Secretaria Municipal da Criança e Assistência Social (Semcas) e a Fundação Municipal de Patrimônio Histórico (Fumph), que são as responsáveis pelo programa, irão assinar um Termo de Cooperação Técnica para a realização das atividades em conjunto.

INFORMANTE ANFITRIÃO

Ao todo, cerca de 60 adolescentes passaram dois meses recebendo capacitações turísticas e sociais para serem selecionados e participarem desta segunda etapa. Foram 20 selecionados para atuar em pontos estratégicos do Centro histórico. Ao mesmo tempo que contribuem para o turismo, eles aprendem habilidades como atendimento ao público, além de estarem aptos a repassarem informações sobre a cidade.

Os selecionados vão iniciar as atividades nos pontos turísticos no dia 3 de fevereiro, sendo monitores e repassando informações de terça a sexta-feira, das 14h às 18h. Às segundas, eles participarão de momentos pedagógicos junto às três secretarias responsáveis para receberem capacitação permanente durante o período de atuação. 

Os pontos de atuação do programa são a Central de Informações Turísticas, a Igreja da Sé, o Museu de Arte Sacra, o Museu do Reggae, o Museu da Gastronomia Maranhense, a Casa do Maranhão, a Casa das Festas, o Museu do Tambor de Crioula, o Centro de Pesquisa de História Natural e Arqueologia do Maranhão e a Biblioteca Pública Benedito Leite. 

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem