agencia

Notícias

Quinta-feira, 06/02/2020 - 14h23

Prefeito Edivaldo vistoria obras do Mercado das Tulhas, um dos quatro que está sendo reformado pelo programa São Luís em Obras

Requalificação do espaço está na etapa de acabamentos; passam também por melhorias os mercados da Cohab, São Francisco e Coroadinho

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Prefeito Edivaldo vistoria obras do Mercado das Tulhas que entra na fase final da reformaO prefeito Edivaldo Holanda Junior vistoriou nesta quinta-feira (6) a reforma do Mercado das Tulhas, no bairro Praia Grande, localizado no coração do Centro Histórico de São Luís, um dos pontos mais visitados por turistas e ludovicenses que buscam lazer, artesanato, gastronomia e outras expressões culturais. No local já foram concluídas as etapas de reforço das estruturas de sustentação e reconstrução dos sistemas elétricos e hidrossanitários, telhado e piso. Falta ainda o revestimento cerâmico das paredes dos boxes, instalação do piso das áreas internas e outros detalhes de acabamento. 

“O programa São Luís em Obras tem avançado cada vez mais e, no Mercado das Tulhas, os trabalhos estão bastante adiantados e em breve vamos devolvê-lo para os feirantes e entregar à comunidade este ponto histórico. O mercado, que há muito tempo precisava de manutenção, passa por uma reforma completa, em parceria com o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN). Estamos também com obras em outros mercados, a exemplo do Coroadinho, que também está com obras adiantadas e na próxima semana há previsão de iniciar a colocação do telhado. Há também os mercados da Cohab e do São Francisco, que já iniciaram as obras e brevemente veremos as estruturas sendo levantadas”, disse o prefeito Edivaldo, que estava acompanhado da primeira-dama, Camila Holanda.

Também acompanharam o prefeito na vistoria o superintendente do IPHAN no Maranhão, Maurício Itapary, o vice-prefeito Julio Pinheiro; secretário de Obras e Serviços Públicos, Antonio Araújo; o titular da Secretaria Municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento, Ivaldo Rodrigues e o subprefeito do Centro Histórico, Jéferson Viegas..

O superintendente do IPHAN no Maranhão, Maurício Itapary, destacou a parceria com a Prefeitura de São Luís no desenvolvimento de projetos de revitalização do Centro Histórico e a preocupação com a preservação do patrimônio arquitetônico do local. “Este projeto foi aprovado pela equipe técnica do IPHAN e está sendo executado conforme as nossas orientações, assim como todas as demais obras que foram realizadas na região, em sintonia perfeita com as ações da Prefeitura, que tem sido uma grande parceira na preservação desta riqueza cultural”, comentou Itapary.

A importância do mercado para a cidade e para a população foi destacada pelo vice-prefeito Julio Pinheiro. “Este é um espaço de valor histórico muito grande para São Luís. Esta reforma é fruto de um diálogo amplo realizado com os feirantes, no sentido de garantir qualidade dos serviços e mais conforto para os usuários, visitantes, melhorando o ambiente de trabalho e propiciando atração de novos negócios para o Centro da cidade. Chegamos a uma fase avançada da reforma do mercado, agora na etapa de acabamento, para que a gente possa entregar este equipamento único, que reúne aspectos valiosos da cultura e da história da cidade, cumprindo ainda um papel importante no sentido da atração do turismo e desenvolvimento do comércio”, avaliou o vice-prefeito.

A obra segue o cronograma de execução para entregar no prazo determinado. "No que se refere às instalações, está quase concluída a parte de instalações elétricas, hidráulicas e sistema contra incêndio. Vamos partir, agora, para concluir a parte de acabamento. Trata-se de um mercado de grande valor histórico e tomamos o cuidado com a preservação das características originais, deste que é o primeiro mercado público da capital, que está sendo totalmente revitalizado, dentro das normas técnicas e sanitárias atuais”, destacou o secretário Antonio Araújo.

A vice-presidente da Associação dos Feirantes da Praia Grande, Aradiana Pacheco Cruz, contou está acompanhando a reforma do mercado desde o início e trabalhando na conscientização dos feirantes sobre a importância da feira, pois o benefício será de todos, incluindo usuários e turistas. "O mercado é um ponto turístico famoso de São Luís, mas entre os feirantes havia uma preocupação com o aspecto geral e a conservação do local, que deixava muito a desejar, isto é, tinha muitos pontos precisando de manutenção e isto causava má impressão. Agora, com esta reforma ampla, nós ficaremos mais seguros, à vontade para apresentar o mercado para turistas e visitantes em geral”, declarou Aradiana Pacheco. Ela disse ainda que há mais de 40 anos o Mercado das Tulhas não passava por uma reforma estrutural tão ampla como a que está ocorrendo atualmente.

MERCADO

Construído no início do século XIX, o Mercado da Praia Grande, também conhecido como Mercado das Tulhas, ou Casa das Tulhas, era inicialmente um conjunto de barracas destinadas a celeiro público, no Centro de São Luís.

Hoje, o local é tombado pelo Governo Federal, e de área considerada Patrimônio Cultural da Humanidade pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco). Por conta disto, o projeto de manutenção e reparação da edificação segue padrões rígidos para manter os elementos construtivos originais do espaço, conservando um bem cultural que faz parte do Conjunto Arquitetônico e Paisagístico da Cidade de São Luís.

No Mercado da Praia Grande, o telhado está sendo desmontado e o piso demolido. A obra prevê ainda a recuperação do sistema de esgoto e de abastecimento de água, além da reforma dos banheiros. O mercado possui pontos comerciais em todo seu entorno como lojas, restaurantes, bares, lojas de artesanato e ateliê de pintura.

O objetivo das obras na Casa das Tulhas é melhorar os serviços prestados ao público consumidor, garantindo a segurança aos frequentadores e trabalhadores do local, visando à acessibilidade e conforto e promovendo a revisão e modernização das redes de instalações de todo a área do mercado.

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem