agencia

Notícias

Quarta-feira, 12/02/2020 - 09h03

Prefeitura de São Luís conclui mais uma oficina de culinária no Museu da Gastronomia Maranhense

Desta vez, capacitação teve como ingrediente principal o buriti; primeira-dama Camila Holanda acompanhou o encerramento da atividade, uma iniciativa da gestão do prefeito Edivaldo

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Prefeitura de São Luís conclui mais uma oficina de culinária no Museu da Gastronomia Maranhense

A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Turismo (Setur), concluiu nesta terça-feira (11), mais uma oficina de culinária realizada no Centro de Capacitação em Culinária Típica, localizada no Museu da Gastronomia Maranhense, Centro Histórico. Desta vez, o buriti foi o produto genuinamente maranhense trabalhado pelos participantes da oficina. A primeira-dama, Camila Holanda, participou do encerramento da capacitação que integra as estratégias da gestão do prefeito Edivaldo Holanda Junior para fortalecer a gastronomia local e, ao mesmo tempo, promover a geração de renda.

“Faço questão de estar presente nas oficinas realizadas pela Prefeitura de São Luís para presenciar este momento de estímulo à nossa culinária. Além de divulgar um produto tipicamente maranhense, estas oficinas fortalecem nossos vínculos culturais. A culinária é um dos traços mais fortes de uma sociedade e de um povo. E este trabalho será mais um legado da gestão do prefeito Edivaldo Holanda Junior”, destacou a primeira-dama do município, Camila Holanda.

Em oito meses de funcionamento, o Centro já certificou 220 pessoas que participaram de 12 oficinas. As oficinas são desenvolvidas durante dois dias, sendo que no primeiro os participantes recebem informações turísticas sobre a cidade para contextualizarem a importância da culinária e do produto trabalhado.

Como tem acontecido nas oficinas anteriores, foram desenvolvidas três receitas sob a supervisão da instrutora do Senac, Naiara Amorim. O Senac é parceiro institucional do Museu da Gastronomia Maranhense.

“A gestão do prefeito Edivaldo tem valorizado a cultura maranhense e a culinária é um elemento desse conjunto. O Museu da Gastronomia Maranhense é uma demonstração do compromisso do prefeito com a história e cultura da cidade”, enfatizou a secretária municipal de Turismo, Socorro Araújo.

Segundo a secretária Socorro Araújo, as oficinas são um trabalho de comunidade a partir do momento que atrai pessoas de todos os bairros do município e até mesmo da região metropolitana. Na oficina passada, que trabalhou a jaca como produto, dois turistas estrangeiros fizeram parte da turma.

Além de permitir mais diversidade para os profissionais e diletantes da culinária, as oficinas estão colaborando para empreendedores ampliar seu leque de produtos. Vilma Cavalcante Ferreira, comerciante que atua no ramo da doceria no município de Raposa, participou pela primeira de uma oficina promovida pelo Museu da Gastronomia Maranhense. “Minha linha de trabalho são os produtos maranhenses. Adquirindo mais conhecimento de receitas, posso abrir mais meu campo de atuação e consequentemente melhorar meu rendimento”, afirma a doceira.

 Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem