agencia

Notícias

Sexta-feira, 21/02/2020 - 08h25

Educadores das unidades escolares da Prefeitura de São Luís participam de Jornada Pedagógica

Gestão do prefeito Edivaldo realiza o encontro nos sete núcleos em que são divididas as escolas da rede; entre as atividades estão avaliação das ações já desenvolvidas, palestras, seminários e formações

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Gestores, coordenadores e professores das unidades escolares da Prefeitura participam de Jornada PedagógicaPara planejar e organizar o trabalho escolar para o ano letivo de 2020, acontece até sexta-feira (21), a Jornada Pedagógica nas escolas da Prefeitura de São Luís. Entre as diversas atividades desenvolvidas pela gestão do prefeito Edivaldo Holanda Junior nos sete núcleos em que são divididas as unidades escolares da rede, estão avaliação das ações já desenvolvidas, palestras, seminários e formações. 

De acordo com o secretário municipal de Educação, Moacir Feitosa, a Jornada Pedagógica é um momento extremamente importante e rico, onde serão definidas estratégias que irão nortear o trabalho nas unidades de ensino. “São várias as pautas levantadas para discussão, este é um momento de planejamento, de troca de experiência, onde gestão, coordenação e professores pensam juntos no caminho a seguir”, disse.

Na quinta-feira (20), a jornada aconteceu na Unidade de Educação Básica (U.E.B.) Justo Jansen, Rua das Crioulas, Centro. A gestora da U.E.B., Soraya Pinheiro, destacou a importância da Jornada Pedagógica, que esse ano contou com a participação da coordenadora do Programa Mais Alfabetização (PMALFA/Semed), Rúbia Oliveira, apresentando o programa para os professores. “A Jornada Pedagógica é essencial para que nós, como escola e equipe, possamos interagir, trocar nossas ideias e montar um planejamento eficaz para atender os nossos estudantes”, afirmou Soraya.

Para a professora Aline Santos, do 1° ano da U.E.B. Justo Jansen, a Jornada Pedagógica é um momento que toda equipe tem para planejar e visualizar aquilo que querem passar para os seus alunos durante o ano. “Saio dessas formações, desses planejamentos, com muitas ideias, com outra visão. É algo muito enriquecedor para mim como professora, me incentiva a buscar sempre o melhor para os meus alunos”, afirmou a professora Aline.

Na terça-feira (18), à noite, no auditório da Ordem dos Advogados do Brasil Secção Maranhão (OAB-MA), foi realizada a Jornada Pedagógica da modalidade Educação de Jovens e Adultos, que aconteceu em forma de seminário com o tema “A Contemporaneidade na Educação de Jovens e Adultos”. De acordo com a superintendente em exercício da Superintendência da Área de Educaçao de Jovens e Adultos (Saeja/Semed), Raquel Indiara, o seminário enfatizou a utilização de novas metodologias de aprendizagem à luz da nova proposta curricular e diretrizes da Base Nacional Comum Curricular (BNCC). “O seminário reuniu diversos atores do processo de ensino e aprendizagem, que refletiram sobre as mudanças curriculares que passarão a nortear a sua prática”, pontuou.

JORNADA COLETIVA

Na terça-feira (18) também, e quarta-feira (19), na Unidade de Educação Básica Rosália Freire, os professores do Núcleo Itaqui-Bacanga desenvolveram uma Jornada diferente. As atividades teóricas e práticas foram realizadas de forma coletiva com a temática “Sistemática de Avaliação da Aprendizagem da Rede Pública Municipal de Ensino de São Luís”. 

De acordo com a diretora do Núcleo Itaqui-Bacanga, Lúcia Oliveira, este é o primeiro ano que acontece a Jornada Coletiva. “Já é uma experiência exitosa, juntar as pessoas, muitas cabeças pensando juntas, o resultado é positivo, espírito de colaboração, faz muita diferença, o foco principal é o aprendizado dos estudantes”, disse.

A técnica de acompanhamento do Núcleo Itaqui-Bacanga, Silvana Silva, fala que a Jornada Coletiva garante a formação de uma maneira mais uniforme. “É necessário para quem está no chão da escola fortalecer este momento de formação. Percebemos que com a Jornada feita de forma coletiva, a participação dos professores aumentou, todos estão felizes com esse trabalho em conjunto, estamos fortalecidos”, falou.

Para a gestora da Unidade Integrada (U.I.) Rosa Mochel Martins, Maria da Paz, é um momento em que “socializamos conhecimento, e a partir daí se fala uma só linguagem no núcleo, na rede. É um colega ajudando o outro e fortalecendo a rede”.

A coordenadora pedagógica da U.E.B. Raimundo Chaves, Élida de Jesus Sousa, disse que esse momento inicial é superimportante. “É o primeiro passo em busca de uma educação de qualidade. Estamos aqui com o intuito de promover a melhor educação para nossas crianças”.  

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem