agencia

Notícias

Sexta-feira, 20/03/2020 - 08h01

Defesa Civil da Prefeitura de São Luís adota novas condutas para seguir com trabalho de atendimento de emergência nas áreas de risco

Cancelamento de reuniões e oficinas, além de outras medidas em consonância com o decreto municipal foram adotadas pelo órgão que não parou suas atividades essenciais

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Defesa Civil adota novas condutas para seguir com trabalho de atendimento de emergência nas áreas de riscoA Superintendência da Defesa Civil de São Luís, órgão vinculado à Secretaria Municipal de Segurança com Cidadania (Semusc), continuará com os atendimentos de emergência nas áreas de riscos da capital maranhense. O trabalho, no entanto, segue com novas condutas, observando as orientações do Decreto Municipal Nº 54.890 assinado pelo prefeito Edivaldo Holanda Junior e que que dispõe sobre as medidas de prevenção ao novo coronavírus (Covid-19) em São Luís. O serviço, que é considerado como essencial à população por justamente trabalhar com prevenção à catástrofes, também levará orientações aos moradores, sem convocar reuniões para evitar aglomerações, sobre prevenções ao contágio pelo vírus. Até o momento São Luís e os demais municípios do Maranhão não registraram nenhum caso da doença.

"O monitoramento de áreas de risco é um serviço essencial da Prefeitura de São Luís e o prefeito Edivaldo tem acompanhado toda a situação decorrente das últimas chuvas, buscando providenciar assistência social e vistorias técnicas aos imóveis das famílias afetadas. Também é questão de segurança fazer nossa parte e ajudar a prevenir o coronavírus levando orientações às comunidades", afirma o secretário municipal de Segurança com Cidadania, Heryco Coqueiro.

Segundo a superintendente da Defesa Civil, Elitania Barros, as reuniões nos Núcleos da Defesa Civil já estão sendo desmobilizadas. Na quarta-feira (18) as ações se concentraram em fazer a retirada de alguns moradores do bairro Jaracati, em parceria com a Secretaria Municipal de Urbanismo e Habitação (Semurh), e a colocação de lona plástica na comunidade do Piancó.

OFICINAS SUSPENSAS

Por conta do decreto da Prefeitura, também foram suspensas  as oficinas artesanais promovidas pela Secretaria Municipal de Segurança com Cidadania por meio da Guarda Municipal e Defesa Civil  nas comunidades mapeadas como áreas de riscos, no Centro de Atenção Integral à Saúde do Idoso (Caisi) e em eventos sociais.

Em caso de emergência, a população poderá acionar a Defesa Civil do Município através dos canais de comunicação já disponibilizados pela Prefeitura para o comunicado urgente de ocorrências. Os números são: o (98) 3212-8473,  o 153 (ligando de um número da operadora Oi), o  190 do Centro Integrado de Operações de Segurança  (Ciops) e o número (98) 98822 5352, pelo aplicativo de troca de mensagens WhatsApp.

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem