agencia

Notícias

Quarta-feira, 24/06/2020 - 21h13

Prefeitura de São Luís inicia reforma do Mercado da Vila Bacanga e avança com obra de cobertura do São Francisco

Gestão municipal implementa maior pacote de reformas de mercados da história de São Luís e mantém obras ainda nos mercados do Coroadinho, Anil, Monte Castelo, Santo Antônio, Praia Grande, Cohab e Bom Jesus

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Gestão do prefeito Edivaldo inicia cobertura do Mercado do São Francisco e abre nova frente de trabalho na Vila Bacanga

A Prefeitura de São Luís segue ampliando e avançando com as frentes do São Luís em Obras no eixo mercado. Nesta semana, a Prefeitura de São Luís deu início à construção da cobertura do Mercado do São Francisco. Avançando com as frentes de obras, a Prefeitura também iniciou esta semana as obras do Mercado da Vila Bacanga, onde será executada ampla reforma. Com o São Luís em Obras, o gestor está executando intervenções urbanísticas e de infraestrutura por toda a cidade, desde a reforma de espaços públicos, pavimentação e drenagem profunda e superficial e construção de pontes, entre outras.

“Estamos com várias obras de reforma e reconstrução de mercados públicos em andamento, o maior volume da história da capital. No Coroadinho, os serviços estão em fase de acabamento e avançamos com os serviços em outros bairros como a Cohab, Mercado das Tulhas, na Praia Grande, do Anil, Monte Castelo, Santo Antônio, Bom Jesus e São Francisco, onde começamos os trabalhos de cobertura. Logo, vamos devolver à população mercados públicos totalmente modernizados, com acessibilidade e conforto para os feirantes e clientes. Na Vila Bacanga, iniciamos a reforma nesta semana e vamos executar importantes melhorias para aquele equipamento público”, disse o prefeito Edivaldo.

No caso do Mercado do São Francisco, nesta semana foi iniciada a construção da cobertura, com a instalação das treliças de aço, estruturas metálicas que vão dar sustentação ao telhado. Esta operação requer a utilização de um guindaste mecânico, com capacidade para içar até 30 toneladas, para levar as peças metálicas ao topo das pilastras de concreto, onde estão sendo fixadas uma a uma.

São cerca de 13 treliças em cada lateral da estrutura, com inclinação para o interior do mercado, além de um vão central triangular, que também será coberto, compondo com os telhados de caída lateral, uma cobertura total similar à letra W em perfil.

Enquanto isso, as equipes da Prefeitura intensificam os trabalhos de acabamento do mercado. Na parte interna, estão sendo finalizados os boxes, instalações elétricas, hidráulicas, sanitárias e reboco das paredes de alvenaria. Também está sendo feito o reboco cimentado das paredes externas. Passada esta etapa, as equipes devem iniciar os trabalhos de reforma total do piso.

VILA BACANGA

Na área Itaqui-Bacanga, um dos maiores polos habitacionais da capital, que integra dezenas de bairros, a Prefeitura de São Luís deu início, nesta semana, à reforma ampla do Mercado da Vila Bacanga. O local está sendo totalmente reformado, desde a cobertura, reboco, dois portões de acesso, construção de bancadas e novos banheiros.

“O mercado estava em uma situação muito precária, os banheiros sem qualquer condição de utilização, telhados danificados, enfim uma série de problemas. Espero que a reforma resolva todos esses problemas”, disse o feirante Elinaldo Cutrim Santos, com 30 anos de experiência no ramo, que foi instalado em barracas cedidas pela Prefeitura, em uma praça próxima ao local da obra, assim como os demais feirantes do Mercado da Vila Bacanga.

Nesta semana foi iniciada a demolição das bancadas centrais, feitas de alvenaria e cerâmica, que serão totalmente reconstruídas em nova padronagem. As equipes da Prefeitura também estão desmontando todo o telhado do mercado e dos boxes, para que toda a cobertura seja refeita, pois a estrutura original era de boxes individuais, construídos pelos próprios feirantes, cada um com um tipo de cobertura, em níveis diferentes.

Agora, o telhado do mercado será totalmente padronizado e nivelado à mesma altura, assim como os boxes. Na área de circulação de pessoas, será refeito todo o piso, instalações sanitárias, hidráulicas e elétricas. Será padronizado o revestimento cerâmico de todo o mercado, incluindo os boxes, as bancadas centrais e a área administrativa.

MERCADOS

Além do mercado do bairro São Francisco e, agora iniciada, a obra na Vila Bacanga, a Prefeitura desenvolve projetos de reforma e construção de mercados em vários bairros, como no Anil, onde foi iniciada a construção da cobertura, na semana passada. O equipamento integra pacote de obras que ocorrem ainda nos mercados das Tulhas, na Praia Grande, Santo Antônio, Bom Jesus, Monte Castelo, Coroadinho e Cohab.

Os trabalhos são coordenados pela Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos (Semosp). “Todas estas obras de reforma e reconstrução tratam de intervenções importantes que vão resgatar o interesse da coletividade no quesito saúde pública, pois estes equipamentos urbanos não estavam em condições de atendimento às normas sanitárias vigentes. São importantes espaços públicos, que geram emprego e renda, sendo essencial promover mais qualidade de vida aos feirantes e usuários. Com estas reformas, as vendas certamente vão aumentar, pois atrairão maior público. Então, sem dúvida, esta é uma série de intervenções urbanísticas feitas de forma simultânea, ou seja, algo nunca visto antes na história recente da cidade”, ponderou o secretário da Semosp, Antonio Araújo.

O programa São Luís em Obras foi lançado pelo prefeito Edivaldo no início de agosto de 2019 e inclui obras de infraestrutura com pavimentação, macrodrenagem, construção de pontes, requalificação de espaços públicos, reforma de postos de saúde e de escolas, requalificação de logradouros na área central da cidade, além da reforma e construção de mercados, entre muitas outras ações por toda a cidade. A iniciativa é a maior já empreendida na capital nas últimas décadas.

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem