agencia

Notícias

Quarta-feira, 11/02/2015 - 17h56

Prefeitura garante atendimento de urgência e emergência no Carnaval

Um hospital de campanha que vai funcionar na Passarela do Samba, no Anel Viário, a partir desta quinta-feira (12), para atender às ocorrências do Circuito da Folia

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

A Prefeitura de São Luís e o Governo do Estado firmaram uma parceria para garantir o atendimento de urgência e emergência à população, durante o Carnaval. Como resultado da parceria será montado, pelas secretarias estadual e municipal de Saúde, um hospital de campanha que vai funcionar na Passarela do Samba, no Anel Viário, a partir desta quinta-feira (12), para atender às ocorrências do Circuito da Folia.

A secretária municipal de Saúde, Helena Duailibe diz que as estatísticas de anos anteriores mostram que durante as festas de Momo o número de atendimentos duplica e, por isso, é indispensável reforçar as escalas de plantão e aumentar o número de profissionais. "O Prefeito Edivaldo determinou que toda a estrutura seja reforçada para assegurar que as pessoas que necessitarem de atendimento de urgência e emergência durante o Carnaval possam contar com os serviços da rede municipal. Estamos trabalhando de forma articulada", disse.

O hospital de campanha da Passarela vai realizar o primeiro atendimento de todas as ocorrências e, de acordo com a gravidade, o paciente será referenciado imediatamente para outras unidades. Os Socorrões serão referências para os casos graves, de média e alta complexidade. As ocorrências de menor relevância clínica serão encaminhadas para as UPAs, Unidades Mistas e Prontos Socorros. Para assegurar o atendimento pré-hospitalar e a remoção de pacientes, a população vai contar com o Samu, que terá uma frota de 15 ambulâncias funcionando regularmente.

A Superintendente de Assistência à Rede da Secretaria Municipal de Saúde, Sabrina Furtado Cunha, explica que o hospital de campanha está totalmente equipado e vai contar com equipes multiprofissionais, além do suporte da rede de urgência e emergência, que estará de plantão 24 horas.

"Toda a estrutura foi bem planejada e vai funcionar tendo como base o sistema de classificação de risco de paciente, para garantir o atendimento de toda a demanda com eficiência, agilidade e de forma humanizada", disse.