agencia

Notícias

Segunda-feira, 20/01/2014 - 17h25

Prefeitura prioriza ações de combate a dengue em áreas de risco

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Com a aproximação do período chuvoso, a Prefeitura de São Luís vai intensificar as ações de combate a dengue para evitar o aumento de casos da doença. A Secretaria de Saúde (Semus) está finalizando o Levantamento de Índice Rápido de Infestação pelo Aedes Aegypti (LIRA), referente ao mês de janeiro e, a partir dos resultados vai eleger atividades prioritárias para as áreas de risco.

O coordenador do Programa Municipal de Combate a Dengue, Pedro Tavares, explica que o último índice apurado em 2013 mostrou que é preciso continuar em alerta. "Apesar de todo o trabalho que vem sendo feito pela Prefeitura, em todos os levantamentos fica evidente que ainda há em São Luís condições favoráveis à proliferação do mosquito Aedes Aegypti, transmissor da doença, porque ele se reproduz em depósitos com água parada e não há o devido cuidado da população em eliminar esses criadouros", explica.

Entre as ações de combate a dengue realizadas pela Semus uma das mais importantes é a nebulização espacial, através do carro fumacê que percorre as localidades onde há maior índice de infestação. De janeiro a outubro de 2013 a nebulização espacial atingiu 345 localidades, com 6.956 quarteirões borrifados.

Essa atividade é complementada por visitas domiciliares feitas pelos agentes de endemias, que vistoriam tanques, piscinas e reservatórios que possam ter focos do mosquito, removem criadouros do Aedes Aegypti e fazem borrifação in loco, quando necessário. Em 2013,o Programa Municipal de Combate a Dengue visitou 1.371.753 imóveis em São Luís, realizando tratamento em 577.385 depósitos.

Com a chegada das chuvas a Semus vai ampliar também o trabalho de educação em saúde para levar à população informações sobre como evitar a dengue. "Nós já realizamos rotineiramente palestras, eventos educativos em escolas e orientações a moradores, mas o combate efetivo da dengue só vai acontecer se contarmos com o envolvimento de toda a população para garantir redução nas estatísticas", finaliza Pedro Tavares.

SERVIÇO

AJUDE A COMBATER A DENGUE

- Mantenha caixas d'água e tanques limpos constantemente e bem tampados. O mesmo vale para poços artesianos ou qualquer outro tipo de reservatório de água.

- Não deixe a água da chuva acumular em lajes e varandas.

- Elimine os pratinhos sob os vasos de planta.

- Vasilhas que servem para animais (gatos, cachorros) beberem água não devem ficar mais do que um dia com a água sem trocar.

- Não acumule pneus em casa.

- Garrafas ou outros recipientes semelhantes (latas, vasilhas, copos) devem ser armazenados em locais cobertos e sempre de cabeça para baixo. Se não forem usados devem ser embrulhados em sacos e descartados no lixo (fechado).

- Acondicione bem o lixo e mantenha a lixeira bem fechada.

- Não descarte lixo em terrenos baldios.