agencia

Notícias

Sábado, 25/01/2014 - 11h32

Prefeito executa o maior programa habitacional da história de São Luís

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Secretário Diogo Lima e prefeito Edivaldo Holanda Júnior durante entrega de títulos no CoroadinhoO prefeito Edivaldo Holanda Júnior conseguiu fazer com o que programa Minha Casa, Minha Vida tivesse uma implementação recorde em São Luís no ano passado. Além de assegurar as condições para a entrega de 6500 unidades e de estar no momento construindo 8 mil, a Prefeitura de São Luís contratou ano passado mais de dez mil unidades habitacionais.

"É um grande avanço, uma grande conquista. Não podemos perder as oportunidades que as parcerias com o governo federal propiciam. Podemos dizer que temos hoje o maior programa habitacional da história de nossa cidade", comemora Edivaldo Holanda Júnior.

Os números apresentados pela Secretaria de Urbanismo e Habitação justificam a avaliação do prefeito. "Ainda temos em análise três mil unidades e uma grande expectativa de que sejam aprovadas", informa o Secretário da pasta, Diogo Lima. Para se ter uma idéia, diz Diogo, "em 2013 foram contratadas mais unidades habitacionais que nos últimos quatro anos anteriores".

CONTEMPLADOS

No início deste mês, 1.400 sorteados no programa Minha Casa Minha Vida, participantes do primeiro e segundo sorteios, foram convocados pela Prefeitura para regularização de documentação. Os convocados devem comparecer à Central de Atendimento Social (localizada no São Francisco), das 8h às 16h, portando todos os documentos pessoais e de seus dependentes. Com a regularização cadastral, os sorteados serão encaminhados para os novos empreendimentos já em construção (Santo Antônio I e II, Vila Maranhão, Amendoeira e Luís Bacelar).

A diretriz dada pelo prefeito Edivaldo Holanda Júnior foi de assegurar a entrega das unidades que estão sendo concluídas para as pessoas que já foram sorteados e ainda não receberam seus imóveis. "Agimos com total transparência para recuperar a credibilidade do programa, entregando as casas e apartamentos para aquelas famílias que foram sorteadas", assegurou o prefeito. "Novos sorteios só após conseguirmos contemplar todo o cadastro que hoje dispomos", completou.

MERCADO

O volume de investimentos na área é um dos fatores de aquecimento da economia na área da construção. "A construção dos conjuntos habitacionais movimenta a nossa economia, gera oportunidades de emprego e, portanto, geração de renda", salienta Diogo.

REGULARIZAÇÃO FUNDIÁRIA

Ainda na área de habitação, o prefeito Edivaldo Holanda Júnior entregou 757 títulos de propriedade para moradores da área do Coroadinho. Uma nova frente de entrega de títulos de propriedade ocorrerá no Itaqui-Bacanga, abrangendo os bairros Vila Mauro Fecury I e II, Vila Nova, Ilha da Paz, Vila Ariri e Vila São Raimundo, na área pertencente ao município. Já está garantida a regularização de outros 300 títulos aos moradores dos bairros Mauro Fecury I e Vila Nova e de 100 títulos às famílias da Mauro Fecury II. A meta do prefeito Edivaldo é entregar até o final do seu mandato 10.000 títulos de propriedade de terra, por meio do projeto Minha Casa é Legal.